Diferenças entre edições de "Henri Dunant"

1 byte adicionado ,  20h38min de 24 de outubro de 2019
sem resumo de edição
 
== Família e infância ==
Jean-Henry Dunant nasceu em 818 de maio de 1828 em [[Genebra]]. Foi o primeiro filho de Antoinette Dunant-Colladon e seu marido, o comerciante Jean-Jacques Dunant; ambos [[Calvinismo|calvinistas]] devotos. A casa da família ficava localizada na rua Verdaine, 12, em Genebra. Os pais de Henri possuíam grande influência na cidade e estavam engajados na vida política e social. Seu pai era membro do ''Conseil Représentatif'', um dos ex-ramos legislativos da cidade de Genebra, e cuidava de órfãos e ex-reclusos. Já sua mãe era filha de Henry Colladon, chefe do Hospital de Genebra e prefeito de [[Avully]]. Ela trabalhava no setor de caridade, especialmente com pobres e doentes. Um dos tios maternos de Henri foi o físico [[Jean-Daniel Colladon]]. As atividades de caridade dos pais foram refletidas na educação dos seus filhos: eles incentivaram a responsabilidade social desde cedo em Henry Dunant, e em suas duas irmãs e dois irmãos. Uma experiência marcante para Henry Dunant foi uma viagem com seu pai para [[Toulon]], onde ele teve que testemunhar a tortura de prisioneiros numa cozinha.<ref name=":0" /><ref name=":1">{{Citar web|url=http://operamundi.uol.com.br/conteudo/historia/25151/hoje+na+historia+1910+_+morre+o+humanista+suico+jean_henri+dunant+fundador+da+cruz+vermelha.shtml|titulo=Hoje na História: 1910 - Morre o humanista suíço Jean-Henri Dunant, fundador da Cruz Vermelha|acessodata=2017-12-18|obra=Opera Mundi|lingua=pt-BR}}</ref>
 
==O princípio ==
Utilizador anónimo