Abrir menu principal

Alterações

m
Foram revertidas as edições de Edgarxfg para a última revisão de Chronus, de 05h04min de 27 de setembro de 2019 (UTC)
{{Nazismo}}
{{Links ambíguos}}
'''NazismoNacional-Socialismo''' ({{lang-de|''Nationalsozialismus''}}), mais comumente conhecido como '''nazismo''', é a [[ideologia]] associada ao [[Partido Nazista]], ao [[Alemanha nazista|Estado nazista]], bem como a outros grupos de [[extrema-direita]].<ref name="Parlamento">{{citar web |url=https://www.bundestag.de/blob/189776/01b7ea57531a60126da86e2d5c5dbb78/parties_weimar_republic-data.pdf |titulo=The political parties in the Weimar Republic |data=Março de 2006 |acessodata=2 de março de 2017 |editor=[[Bundestag|Parlamento da Alemanha]] |citação="Following the failed Munich Beer Hall Putsch of 9 November 1923, Hitler’s arrest and imprisonment and a temporary ban on the party, the right-wing extremist NSDAP, which had tasted little electoral success before 1930, polling between 2.6% and 6.5% of the vote, switched to a pseudo-legal approach."}}</ref><ref name="Fritzsche, Peter 1998"/> Normalmente caracterizado como uma forma de [[fascismo]] que incorpora o [[racismo científico]] e o [[antissemitismo]], o nazismo se desenvolveu a partir das influências de ideias [[Pangermanismo|pangermânicas]], do movimento [[nacionalista]] alemão [[Movimento Völkisch|Völkisch]] e de grupos [[paramilitar]]es [[Anticomunismo|anticomunistas]] chamados [[Freikorps]], que surgiram durante a [[República de Weimar]] após a derrota alemã na [[Primeira Guerra Mundial]]. O termo "nacional-socialismo" surgiu a partir da tentativa de redefinição [[nacionalista]] do conceito de "[[socialismo]]", para criar uma alternativa tanto ao [[Internacional Socialista|socialismo internacionalista]] [[Marxismo|marxista]] quanto ao [[capitalismo]] de [[livre mercado]]. A ideologia rejeitava o conceito de [[luta de classes]], assim como defendia a [[propriedade privada]] e as empresas de alemães.<ref>https://books.google.ca/books?id=1oXbDyeLYXoC&pg=PA16&lpg=PA16&dq=Feldman,+Gerald.+The+Economic+Origins+of+European+Fascism&source=bl&ots=EQvpyEizl7&sig=-Y7OUYWOAg5NMYi2LYLLP8bUO6U&hl=en&sa=X&ved=0ahUKEwi399mk2IPPAhVW5mMKHdKKA_cQ6AEIIjAC#v=onepage&q=anti-capitalist%20enough&f=false</ref>
 
O nazismo apoiava teorias como a hierarquia racial e o [[darwinismo social]], sendo que os [[povos germânicos]] (chamados de [[raça nórdica]]) eram descritos como os mais puros da [[raça ariana]] e eram, portanto, vistos como a "[[raça superior]]". O movimento tinha como objetivo superar as [[Classe social|divisões sociais]] para criar uma [[Monoculturalismo|sociedade homogênea]], ao mesmo tempo em que buscava unidade nacional e [[tradicionalismo]]. Os nazistas tentaram conseguir isto através de uma "[[Volksgemeinschaft|comunidade do povo]]" (''Volksgemeinschaft'') que iria unir todos os [[alemães]] e excluir aqueles considerados como "povos estrangeiros" (''Fremdvölkische''). O nazismo também reivindicava com determinação o que entendia ser territórios historicamente alemães sob a doutrina pangermânica (ou ''[[Heim ins Reich]]''), bem como áreas adicionais para colonização alemã sob a doutrina de ''[[Lebensraum]]''.
159 090

edições