Abrir menu principal

Alterações

organização
{{Nazismo}}
{{Links ambíguos}}
[[Imagem:Flag of the NSDAP (1920–1945).svg|thumb|Bandeira do [[Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães]]|alt=|374x374px]]
'''Nacional-Socialismo''' ({{lang-de|''Nationalsozialismus''}}), mais comumente conhecido como '''nazismo''', é a [[ideologia]] associada ao [[Partido Nazista]], ao [[Alemanha nazista|Estado nazista]], bem como a outros grupos de [[extrema-direita]].<ref name="Parlamento">{{citar web |url=https://www.bundestag.de/blob/189776/01b7ea57531a60126da86e2d5c5dbb78/parties_weimar_republic-data.pdf |titulo=The political parties in the Weimar Republic |data=Março de 2006 |acessodata=2 de março de 2017 |editor=[[Bundestag|Parlamento da Alemanha]] |citação="Following the failed Munich Beer Hall Putsch of 9 November 1923, Hitler’s arrest and imprisonment and a temporary ban on the party, the right-wing extremist NSDAP, which had tasted little electoral success before 1930, polling between 2.6% and 6.5% of the vote, switched to a pseudo-legal approach."}}</ref><ref name="Fritzsche, Peter 1998" /> Normalmente caracterizado como uma forma de [[fascismo]] que incorpora o [[racismo científico]] e o [[antissemitismo]], o nazismo se desenvolveu a partir das influências de ideias [[Pangermanismo|pangermânicas]], do movimento [[nacionalista]] alemão [[Movimento Völkisch|Völkisch]] e de grupos [[paramilitar]]es [[Anticomunismo|anticomunistas]] chamados [[Freikorps]], que surgiram durante a [[República de Weimar]] após a derrota alemã na [[Primeira Guerra Mundial]]. O termo "nacional-socialismo" surgiu a partir da tentativa de redefinição [[nacionalista]] do conceito de "[[socialismo]]", para criar uma alternativa tanto ao [[Internacional Socialista|socialismo internacionalista]] [[Marxismo|marxista]] quanto ao [[capitalismo]] de [[livre mercado]]. A ideologia rejeitava o conceito de [[luta de classes]], assim como defendia a [[propriedade privada]] e as empresas de alemães.<ref>https://books.google.ca/books?id=1oXbDyeLYXoC&pg=PA16&lpg=PA16&dq=Feldman,+Gerald.+The+Economic+Origins+of+European+Fascism&source=bl&ots=EQvpyEizl7&sig=-Y7OUYWOAg5NMYi2LYLLP8bUO6U&hl=en&sa=X&ved=0ahUKEwi399mk2IPPAhVW5mMKHdKKA_cQ6AEIIjAC#v=onepage&q=anti-capitalist%20enough&f=false</ref>
 
O nazismo apoiava teorias como a hierarquia racial e o [[darwinismo social]], sendo que os [[povos germânicos]] (chamados de [[raça nórdica]]) eram descritos como os mais puros da [[raça ariana]] e eram, portanto, vistos como a "[[raça superior]]". O movimento tinha como objetivo superar as [[Classe social|divisões sociais]] para criar uma [[Monoculturalismo|sociedade homogênea]], ao mesmo tempo em que buscava unidade nacional e [[tradicionalismo]]. Os nazistas tentaram conseguir isto através de uma "[[Volksgemeinschaft|comunidade do povo]]" (''Volksgemeinschaft'') que iria unir todos os [[alemães]] e excluir aqueles considerados como "povos estrangeiros" (''Fremdvölkische''). O nazismo também reivindicava com determinação o que entendia ser territórios historicamente alemães sob a doutrina pangermânica (ou ''[[Heim ins Reich]]''), bem como áreas adicionais para colonização alemã sob a doutrina de ''[[Lebensraum]]''.{{Nazismo}}O [[Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães]] (''Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei'', NSDAP) foi fundado em 5 de janeiro de 1919. No início dos anos 1920, [[Adolf Hitler]] assume o controle da organização e rebatiza-a para Partido Nazista. O Programa Nacional Socialista, aprovado em 1920, apelava por uma [[Grande Reich Germânico|Grande Alemanha]] unida e que negaria [[cidadania]] aos [[judeus]] ou aos seus descendentes, além de apoiar a [[reforma agrária]] e a [[nacionalização]] de algumas indústrias. Em ''[[Mein Kampf]]'', escrito em 1924, Hitler delineou o antissemitismo e o anticomunismo no cerne de sua filosofia política, bem como o seu desdém pela [[democracia]] [[Parlamentarismo|parlamentar]] e sua crença no direito da Alemanha expandir seu território.
 
O [[Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães]] (''Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei'', NSDAP) foi fundado em 5 de janeiro de 1919. No início dos anos 1920, [[Adolf Hitler]] assume o controle da organização e rebatiza-a para Partido Nazista. O Programa Nacional Socialista, aprovado em 1920, apelava por uma [[Grande Reich Germânico|Grande Alemanha]] unida e que negaria [[cidadania]] aos [[judeus]] ou aos seus descendentes, além de apoiar a [[reforma agrária]] e a [[nacionalização]] de algumas indústrias. Em ''[[Mein Kampf]]'', escrito em 1924, Hitler delineou o antissemitismo e o anticomunismo no cerne de sua filosofia política, bem como o seu desdém pela [[democracia]] [[Parlamentarismo|parlamentar]] e sua crença no direito da Alemanha expandir seu território.
 
Em 1933, com o apoio das elites alemãs, Hitler tornou-se [[chanceler alemão|chanceler]] e os nazistas gradualmente estabeleceram um regime [[Unipartidarismo|unipartidário]] e [[totalitário]], onde judeus, opositores políticos e outros elementos vistos como "indesejáveis" eram marginalizados, escravizados, presos e assassinados. Hitler [[expurgo]]u as facções sociais e econômicas mais radicais do partido em meados de 1934, durante a chamada [[Noite das Facas Longas]]. Após a morte do presidente [[Paul von Hindenburg]], o poder político foi concentrado nas mãos do ''[[Führer]]'' (ou "líder"). No entanto, após o [[Holocausto]] e a derrota alemã na [[Segunda Guerra Mundial]], apenas alguns grupos radicais [[Racismo|racistas]], geralmente referidos como [[Neonazismo|neonazistas]], ainda descrevem-se como "nacional-socialistas".
 
== História ==
[[Imagem:Flag of the NSDAP (1920–1945).svg|thumb|Bandeira do [[Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães]]]]
[[Adolf Hitler]] chegou ao poder enquanto líder de um partido político, o [[Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães]] (''Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei'' ou NSDAP). Os termos ''nazi'' ou ''nazista'' são [[acrônimo]]s do nome do partido (vem de '''''Na'''tional'' ''So'''zi'''ali'''st'''''). A Alemanha desse período é também conhecida como "[[Alemanha Nazista]]" ("Alemanha Nazi" <sup>[[Português europeu|PE]]</sup>) e os partidários do nazismo eram (e são) chamados nazistas (nazis <sup>[[Português europeu|PE]]</sup>). O nazismo foi proibido na Alemanha moderna, muito embora pequenos grupos de simpatizantes, chamados [[neonazismo|neonazistas]] (neonazis <sup>[[Português europeu|PE]]</sup>), continuem a existir na Alemanha e noutros países. Alguns [[revisionismo histórico|revisionistas históricos]] disseminam [[propaganda]] que nega ou minimiza o [[Holocausto]] (''ver: [[Negacionismo do Holocausto]]'').
 
23

edições