Diferenças entre edições de "Axel Oxenstierna"

352 bytes adicionados ,  14h53min de 8 de novembro de 2019
 
== Da morte de Gustavo Adolfo à Paz de Vestfália ==
Com a morte de Gustavo Adolfo, o trono passou para a sua filha [[Cristina da Suécia|Cristina]] de apenas seis anos de idade;. Oxenstierna assumiu, portanto, o controlocargo dade política,tutor da estratégiajovem bélicaCristina, e da administração do país. Em [[12igualmente de Janeiro]]regente de [[1633]] foi confirmado como plenipotenciário sueco em territóriodo imperialreino, com a faculdade de administrar e controlar todas as forças suecas eexercendo o territóriocontrolo controladoda pelas mesmas. O seu primeiro objectivo foi o reforçopolítica, da aliançaestratégia combélica os príncipes protestantes alemães desmoralizados depoise da morteadministração do rei,país. com a criação, em [[1634]], da [[Liga de Heilbronn]], que contava ademais com a participação de [[França]].
<ref>{{Citar livro |autores=Gudrun Wessnert, Magda Korotyńska, Tina Rodhe, et al |título=Familjen Ratzbergers guide till Gamla Stan |idioma=sueco |local=Estocolmo |editora=Bonnier Carlsen |ano=2015 |páginas=188 |página=141|capítulo=Axel Oxenstierna|isbn=9789163874765}}</ref>
Em [[12 de Janeiro]] de [[1633]] foi confirmado como plenipotenciário sueco em território imperial, com a faculdade de administrar e controlar todas as forças suecas e o território controlado pelas mesmas. O seu primeiro objectivo foi o reforço da aliança com os príncipes protestantes alemães desmoralizados depois da morte do rei, com a criação, em [[1634]], da [[Liga de Heilbronn]], que contava ademais com a participação de [[França]].
 
Apesar de a posição das forças protestantes parecer difícil pela ameaça de uma contra-ofensiva imperial, Oxenstierna soube estar à altura da situação, conquistando a confiança tanto dos chefes militares como a dos príncipes e estadistas aliados; o [[Cardeal de Richelieu]] qualificou-o como uma "''inesgotável fonte de bem ponderados conselhos''". Enquanto os grandiosos planos de Gustavo Adolfo previam, além do engrandecimento da Suécia, uma substancial reforma da estrutura do Império, Oxenstierna, com substancial realismo, abandonou este projecto, perseguindo em troca uma política directa de consolidação da potência sueca; por isto os seus esforços dirigiram-se no sentido de obter para a Suécia compensações adequadas pelos sacrifícios realizados.