Diferenças entre edições de "Vira"

2 bytes adicionados ,  17h30min de 15 de novembro de 2019
m (Página marcada que carece de mais fontes)
 
==Origem==
As origens do vira, que alguns situam no ternário da [[valsa]] oitocentista e outros buscam mais atrás, no [[fandango]], parecem ser de remota idade, como defendeu [[Gonçalo Sampaio]] e também [[Sampayo Ribeiro]], que as coloca antes do séc.século XVI e levanta mesmo a hipótese de filiação na [[canção]] que acompanhava o bailado ou [[tordião]].
 
[[Tomaz Ribas]] considera o vira uma das mais antigas danças populares portuguesas, salientando que já [[Gil Vicente]] a ele fazia referência na peça [[Nau d’Amores]], onde o dava como uma dança do [[Minho]]. Note-se, a respeito de filiações e semelhanças, a proximidade do ''Vira de Dois Pulos'' de [[Lagoa]] e Mafra com o [[fandango]].
1

edição