Diferenças entre edições de "Rosa-cruz"

120 bytes removidos ,  15h17min de 22 de novembro de 2019
m
sem resumo de edição
(bot: revertidas edições de 79.169.55.154 ( modificação suspeita : -49), para a edição 56698968 de Douglasboavista)
m
Os manifestos foram publicados num momento em que o domínio científico e tecnológico da natureza levou a um distanciamento entre ciência e a cultura cristã. O principal objetivo e meta dos três escritos era contrariar esta tendência, por meio de uma contínua reforma da ciência, ética e religião. Sua auto-imagem é baseada em uma difusão livre de preconceito e uso do conhecimento de outras culturas ainda não difundidos. Nesta época ainda não havia grupos de rosacruzes organizados. Somente após 140 anos da publicação dos manifestos, a primeira organização Rosacruz foi fundada como ordem [[Maçonaria|paramaçônica]], em 1760, a Ordem Dourada dos Rosacruzes, como um pólo oposto às forças racionais e modernistas. Viriam mais tarde a ser perseguidos na Prússia sob os auspício do reinado de Guilherme II. Após o fim da Ordem Dourada, o rosacrucianismo manteve-se vivo graças à [[Societas Rosicruciana in Anglia]] (S. R. i. A.), de 1865. Além disso, grupos [[Teosofia|teosóficos]] e [[Hermetismo|herméticos]], formados no fim do século XIX, também referidos como "novos rosacrucianistas", ajudaram na difusão do rosacrucianismo.
 
Os Manifestos Rosacruzes anunciaram uma "reforma universal da humanidade", através de uma ciência supostamente mantida secreta por décadas até que o clima intelectual possa recebê-la. As controvérsias surgiram sobre se eram um engano, se a "ordem da Rosacruz” existia como descrito nos manifestos, ou se todo era uma [[metáfora]] disfarçando um movimento que realmente existia, mas de uma forma diferente . Em 1616, [[Johann Valentin Andreae]] designou-o como um "[[ludibrium]]". Ao prometer uma transformação espiritual num momento de grande turbulência, levaram muitas pessoas a iniciar-se na busca do conhecimento esotérico e místico. Filósofos ocultistas do {{séc|XVII}}, como [[Michael Maier]], [[Robert Fludd]], e [Thomas Vaughan (filósofo) Thomas Vaughan] se interessaram pela visão do rosacruz do mundo.<ref>”Yates, Frances A 1972</ref> De acordo com o historiador David Stevenson, influenciou a [[Maçonaria]] quando emergia na [[Escócia]].<ref>The Catholic Historical Review, Vol. 5, No. 2/3 (Jul. - Out., 1919), pp. 265-270 de Joseph A. Murray; Revisão da Nova Inglaterra e dos Illuminati da Baviera por Vernon Stauffer; Vol. LXXXII de Estudos em História, Economia e Direito Público pela Faculdade de Ciência Política; Columbia University Press</ref> Em séculos posteriores, muitas sociedades [[esoterismo|esotéricas]] alegaram derivar movimento rosacruz primordial. O Rosicrucianismo é simbolizado pela chamada [[Rosa-cruz (símbolo)|Rosa-Cruz]]. Existem toda uma série de ordens que foram fundadas no {{séc|XIX}} e XX, que procuravam restabelecer as bases do rosacrucianismo, como é o caso da ordem hermética da aurora dourada, fundada por maçons membros da Sociedade Rosacruciania da [[Inglaterra]], assim como o [[Antiga e Mística Ordem Rosae Crucis|AMORC]], a [[Lectorium Rosicrucianum|Rosacruz Áurea]] e a [[Fraternidade Rosacruz (Max Heindel)|Fraternidade Rosacruz]]. Contudo, estas ordens estão para o rosacrucianismo, como o martinismo criado por [[Papus|Gerard Encausse]], está para [[Louis Claude de Saint-Martin]], não no sentido em que não tinham existido ordens previamente, nesses mesmos preâmbulos, mas sim pelo facto de que são reconstituições históricas de algo que tinha previamente existido, e portanto, nunca 100% fiéis ao movimento original.
 
== Lenda e história ==
Entre o final do {{séc|XIX}} e o início do {{séc|XX}} surgiram várias organizações inspiradas na Tradição da Rosacruz. Existem atualmente diversas e distintas ramificações Rosacrucianas. Apresenta-se de seguida uma breve descrição acerca das mais divulgadas:
 
* ''[[Fraternidade Rosacruz (Max Heindel)|A Fraternidade Rosacruz]]'', no Brasil e em Portugal (inglês, ''The Rosicrucian Fellowship''), foi fundada por [[Max Heindel]] entre 1909 e 1911, nos Estados Unidos. Não reivindica o título de "Ordem Rosacruz", considerando-se apenas uma escola de exposição de suas doutrinas e de preparação para o indivíduo para ingresso em caminhos mais profundos na Ordem espiritual. Segundo eles, a verdadeira Ordem Rosacruz funciona apenas nos planos espirituais. Ao contrário da maioria das demais organizações rosacruzes, as escolas de Max Heindel se consideram indissociáveis do [[Cristianismo]]. Outras organizações rosacruzes também se consideram cristãs, mas não com esta ênfase.
* ''[[Amorc|Antiga e Mística Ordem Rosae Crucis]] (AMORC)'', com sede mundial em São José na [[Califórnia]], [[Estados Unidos|EUA]], foi fundada em 1915, por [[Harvey Spencer Lewis]], nos Estados Unidos. Tem influência do [[Antigo Egito]], de organizações fundadas pelo Faraó {{lknb|Amenófis|IV}} (também conhecido como [[Aquenáton]]) por volta de {{AC|1500|x}}. Tal como está expresso no site oficial da Ordem: ''"A Ordem Rosacruz, AMORC é uma organização internacional de caráter místico-filosófico, que tem por missão despertar o potencial interior do ser humano, auxiliando-o em seu desenvolvimento, em espírito de fraternidade, respeitando a liberdade individual, dentro da Tradição e da Cultura Rosacruz.".'' A [[Antiga e Mística Ordem Rosae Crucis]] é hoje a maior confraria rosacruz no mundo, abrangendo dezenas de países, em diversos idiomas, além de acolher a Tradicional Ordem Martinista (T.O.M.), uma ordem [[Martinismo|martinista]] fundada pelo renomado médico e ocultista francês [[Papus]] (Dr. Gerard Anaclet Vincent Encausse). A sede para os falantes da [[língua portuguesa]] localiza-se na na cidade de [[Curitiba]].
* ''[[Fraternitas Rosae Crucis]] (FRC)'', também com sede mundial nos EUA, que se reivindica a autêntica Ordem Rosa-Cruz fundada em 1614 na [[Alemanha]], mas na verdade foi fundada por Reuben Swinburne Clymer por volta de 1920 e se diz representante de um movimento originalmente fundado por Pascal Beverly Randolph em 1856.
* [[Antiquus Arcanus Ordo Rosæ Rubæ Aureæ Crucis]] (AAORRAC) ?
* [[Ordo Aureæ & Rosæ Crucis]] (Antique Arcanæ Ordinis Rosæ Rubeæ et Aureæ Crucis)(OARC) ?
* [[Fraternidade Rosacruz (Max Heindel)|Fraternidade Rosacruz]] (Associação de Cristãos Místicos) 1909
* [[Sociedade Antroposófica]], 1912
* [[Order of the Temple of the Rosy Cross]], 1912<ref name=Melchior/>
624 860

edições