Diferenças entre edições de "Adriano Moreira"

2 bytes removidos ,  21h04min de 25 de novembro de 2019
http://app.parlamento.pt/PublicacoesOnLine/OsProcuradoresdaCamaraCorporativa/html/pdf/m/moreira_adriano_jose_alves.pdf and Academia Brasileira de Letras
(https://www.parlamento.pt/DeputadoGP/Paginas/Biografia.aspx?BID=223)
(http://app.parlamento.pt/PublicacoesOnLine/OsProcuradoresdaCamaraCorporativa/html/pdf/m/moreira_adriano_jose_alves.pdf and Academia Brasileira de Letras)
|ministro = [[Ministério do Ultramar|Ultramar]]
|mandato = 1961<br />até 1963
|nascimento_data ={{nowrap|{{dni|lang=br|156|9|1922}}}}
|nascimento_local= [[Grijó (Macedo de Cavaleiros)|Grijó]]
|nacionalidade = {{PRT|o}}
}}
 
'''Adriano José Alves Moreira''' <small>[[Ordem Militar de Nosso Senhor Jesus Cristo|ComC]] • [[Ordem Militar de Nosso Senhor Jesus Cristo|GCC]] • [[Medalha de Serviços Distintos|MOSD]] • [[Antiga, Nobilíssima e Esclarecida Ordem Militar de Sant'Iago da Espada, do Mérito Científico, Literário e Artístico|GCSE]] • [[Ordem do Infante D. Henrique|GOIH]] • [[Ordem do Infante D. Henrique|GCIH]] • [[Medalha da Defesa Nacional|MPDN]] • [[Medalha de D. Afonso Henriques - Mérito do Exército|MPDAHME]] • [[Medalha de Mérito Aeronáutico|MPMA]]</small> ([[Macedo de Cavaleiros]], [[Grijó (Macedo de Cavaleiros)|Grijó de Vale Benfeito]], {{dtlink|lang=br|156|9|1922}}) é um [[advogado]], [[professor universitário]] de [[ciência política]] e [[relações internacionais]] e [[político]] [[Portugal|português]].
 
Estadista e estudioso de assuntos de [[política internacional]], destacou-se pelo seu percurso académico e pela sua ação na qualidade de Ministro do Ultramar, durante o [[Estado Novo (Portugal)|Estado Novo]], ao pôr em prática as teses do lusotropicalismo e ao fazer aplicar uma série de reformas. Foi sob o seu Ministério que foi abolido o [[Estatuto do Indigenato]], que foi aprovado o Código de Trabalho Rural e abolido o regime de contratação. No regime democrático, foi Presidente do [[CDS – Partido Popular|Centro Democrático Social]] ([[1986]]–[[1988]] e, interinamente, [[1991]]–[[1992]]).
798

edições