Diferenças entre edições de "Usuário:Lechatjaune/Testes"

63 107 bytes removidos ,  11h08min de 26 de novembro de 2019
limpando para começar outra demonstração
(rv)
(limpando para começar outra demonstração)
Etiqueta: Esvaziamento
==Listas==
*Quanto ao escopo:
**Listas de escopo '''plenamente específico, isto é,''' sua completeza é clara e não depende do recorte da Wikipédia, exemplo: [[Lista de medalhas brasileiras nos Jogos Olímpicos]] e [[Laureados com o Nobel]].
**Listas de escopo '''parcialmente específico''', isto é, sua completeza não é plenamente atestável externamente, exemplo: [[Lista de exploradores polares]] e [[Lista de áreas metropolitanas mais populosas do Peru]].
**Listas de escopo '''inespecífico''', isto é, sua completeza é indeterminável, exemplos: [[Lista de posições sexuais]] e [[Lista de brasileiros naturalizados]].
 
*Quanto à função:
**Listas que servem como um '''verbete em si'''. Exemplo [[Lista de códigos telefónicos]] e [[Tábua de integrais]].
**Lista de tópicos '''todos relevantes''' e com expectativa de existência do artigo, exemplo: [[Laureados com o Nobel]] e [[Lista de campeões da Fórmula 1]]
**Lista '''guada-chuva''', isto é, formada de tópicos não necessariamente notórios, mas cuja citação é pertinente, exemplo: [[Prêmios L'Oréal-UNESCO para mulheres em ciência]] e [[Lista de Pokémon]].
**Lista do tipo '''categoria expandida''', como discografias, filmografias e bibliografias. O que permite, por exemplo, lista as obras por nome original em pt e pt-br.
**Listas de '''curiosidades''', como [[Lista de mortes incomuns]], [[Lista de pessoas consideradas pai ou mãe de um campo científico]] e listas de nascimento e morte em cada dia do ano.
**Listas de '''navegação''', isto é, que não têm conteúdo próprio ou exclusivo. Exemplo: [[Índice de artigos de geografia]] e [[Resumo de religião]].
 
Nos meus exemplos, ficaria assim:
{| class="wikitable"
!
! Plenamente específico
! Parcialmente específico
! Inespecífico
|-
| Verbete em si ||[[Lista de códigos telefónicos]]
 
[[Lista de medalhas brasileiras nos Jogos Olímpicos]]
| ||[[Tábua de integrais]]
|-
| Todos relevantes ||[[Laureados com o Nobel]]
|[[Lista de exploradores polares]]
 
[[Lista de áreas metropolitanas mais populosas do Peru]]
|
|-
| Guarda-chuva ||[[Prêmios L'Oréal-UNESCO para mulheres em ciência]]
 
[[Lista de Pokémon]]
| ||[[Lista de posições sexuais]]
|-
| Categoria expandida || || ||
|-
| Curiosidades || || ||[[Lista de mortes incomuns]]
 
[[Lista de pessoas consideradas pai ou mãe de um campo científico]]
|-
| Navegação || || ||[[Índice de artigos de geografia]]
 
[[Resumo de religião]]
|-
|}
 
Estas listas podem servir de guarda-chuva para completar a informação
quando não se pretende criar um artigo sobre cada entrada como em .
==Votos em ECs==
 
 
 
{{#invoke:Lechat|contavotos|eliminar=2|redirect=0|fundir=0|manter=5}}
{{#invoke:Lechat|contavotos|eliminar=2|redirect=0|fundir=0|manter=1}}
{{#invoke:Lechat|contavotos|eliminar=6|redirect=0|fundir=0|manter=0}}
{{#invoke:Lechat|contavotos|eliminar=6|redirect=2|fundir=3|manter=2}}
{| class="wikitable"
!Eliminar
!Redirecionamento
!Fundir
!Manter
!2/3 para eliminar e ≥4?
!2/3 contra eliminar e ≥4?
!Resultado
!Regra
|-
|6||2||3||2||[[Imagem:Red x.svg|15px|link=]]||[[Imagem:Red x.svg|15px|link=]]||Mantida (inconclusiva)||3.4
|}
 
 
#apagar=10, redirect=1, fundir=1, manter=3: {{#invoke:Lechat|contavotos|eliminar=10|redirect=1|fundir=1|manter=3}}
#apagar=8, redirect=3, fundir=1, manter=3: {{#invoke:Lechat|contavotos|eliminar=8|redirect=2|fundir=1|manter=3}}
#apagar=8, redirect=1, fundir=3, manter=3: {{#invoke:Lechat|contavotos|eliminar=8|redirect=1|fundir=3|manter=3}}
#apagar=8, redirect=0, fundir=0, manter=7: {{#invoke:Lechat|contavotos|eliminar=8|redirect=0|fundir=0|manter=7}}
#apagar=0, redirect=10, fundir=0, manter=5: {{#invoke:Lechat|contavotos|eliminar=0|redirect=10|fundir=0|manter=5}}
 
 
 
{{Ambox
|tipo = conteúdo
|imagem = [[File:Woman-power emblem.svg|40px]]
|texto = Esta enciclopédia '''carece de editoras mulheres''', o que compromete sua credibilidade e [[Wikipédia:Escopo|abrangência]]. Por favor, ajuda a aumentar a diversidade do projeto, fomentando conteúdo mais completo e [[WP:NPOV|imparcial]]. <br />—<small>Ver também [[viés de gênero na Wikipédia]].</small>}}
==PU==
 
:{| class="wikitable"
|-
|
* {{âncora|n1}} Proibido o anúncio de empresas, mas é permitido citar a empresa em que trabalha. Exemplos:
** [[Imagem:Red x.svg|15px|link=]] Meu nome é Carlos, trabalho da Graxaim Serviços de Limpeza. Entre em contato por email carlos{{@}}graxim_Services.com para um orçamento.
** [[Imagem:Crystal Clear action apply-ie.png|15px|link=]] Meu nome é Carlos, trabalho da Graxaim Seviços de Limpeza.
|-
|
* {{âncora|n2}} Proibido o anúncio de serviços profissionais, mas é permitido descrever objetivamente seu domínio profissional e acadêmico.Exemplos:
** [[Imagem:Red x.svg|15px|link=]] Meu nome é Carlos, sou advogado. Contato por email: carlos{{@}}bons_advogados.com.br
** [[Imagem:Crystal Clear action apply-ie.png|15px|link=]] Meu nome é Marta, sou advogada e wikipedista.
** [[Imagem:Crystal Clear action apply-ie.png|15px|link=]] Meu nome é Marta, sou química e professora no Instituto Jimmy Wales.
|-
|
* {{âncora|n3}} Proibida a propaganda de credos religiosos, mas é permitido expressar frases religiosas de forma educada, sem tomar conta do foco da página. Exemplos:
** [[Imagem:Red x.svg|15px|link=]] Meu nome é César, sou temente a Deus e fiel da Igreja Católica Apostólica Romana.
** [[Imagem:Crystal Clear action apply-ie.png|15px|link=]] O fim está próximo, converta-se à nossa Igreja. Ímpios queimarão no Inverno.
** [[Imagem:Crystal Clear action apply-ie.png|15px|link=]] Sou temente a Deus e odeio o ateísmo.
|-
|
* {{âncora|n4}} Proibida propaganda de partidos políticos ou candidatos, mas é permitido expressar sua posição ou visão política. Exemplos:
** [[Imagem:Red x.svg|15px|link=]] Olá, sou a Júlia e peço sua atenção para a nossa causa nas próximas eleições.
** [[Imagem:Red x.svg|15px|link=]] Abaixo a [[lei da gravidade]] e o [[sistema solar]]! Fora [[neutrino]]s!
** [[Imagem:Crystal Clear action apply-ie.png|15px|link=]] Olá, sou a Júlia. Sou afiliada ao Partido dos Wikipedistas Angolanos e gosto de escrever sobre [[liberdade de expressão]].
|-
|
* {{âncora|n5}} Proibido anúncios de grupos de usuários externos à Wikipédia como [[Friendster]], [[Facebook]], [[Twitter]], fóruns, blogs etc, mas é permitido colocar ligações para seu próprio perfil em redes sociais e meios de contato, ligações para redes sociais utilizadas para comunicação de voluntários Wikimedia, ligações internas para outros wikipedistas ou para projetos da Wikipédia.
** [[Imagem:Red x.svg|15px|link=]] Meu nome é Lucas, sou enfermeiro e wikipedista. Participo do grupo Amigos do Forró no [[Diaspora (rede social)|Diaspora]]. Participe você também.
** [[Imagem:Crystal Clear action apply-ie.png|15px|link=]] Meu nome é Lucas, sou enfermeiro e wikipedista, eis meus contatos no [[facebook]] e [[Twitter]]. Pode também me contatar pelo email lucas{{@}}dominio.org
|-
|
* {{âncora|n6}} Proibido usar exclusivamente para fazer denúncias ou como meio de protestos de qualquer natureza, apesar de serem permitidas manifestações, opiniões, propostas e a exposição de novas ideias para a Wikipédia.
** [[Imagem:Red x.svg|15px|link=]] Meu nome é Sofia. Estou farta de tanta corrupção na política, o atual prefeito deveria ter vergonha na cara e renunciar.
** [[Imagem:Crystal Clear action apply-ie.png|15px|link=]] Meu nome é Sofia. Eu desaprovo o atual livro de estilo de Wikipédia.
|-
|
* {{âncora|n7}} Proibido listas usuários com quem tenha tido desavenças ou para criticá-los, mas é permitido construir uma lista de contatos.
** [[Imagem:Red x.svg|15px|link=]] Meus ''velhos amigos'': {{blue|Pedro Feliz}} e {{blue|Joana Pédia}}
** [[Imagem:Crystal Clear action apply-ie.png|15px|link=]] Dúvidas de edição: {{blue|Pedro Feliz}} e {{blue|Joana Pédia}}. Fórmulas matemática: {{blue|Carla Sousa}}
|-
|
* {{âncora|n8}} Proibido manter artigos que foram apagados após votados pela comunidade}<small><br /> segundo a regra nº 5 de [[Wikipedia:Eliminação rápida]], que diz: ''Páginas de aparecimento recorrente que a comunidade decide eliminar sempre que reaparece.'' </small>
|-
|
* {{âncora|n9}} Desaconselhável esboçar artigos, testar ferramentas ou afins, use sua página de testes para isso. É permitido fazer uma lista das tarefas em que esteja empenhado.
|-
|
* {{âncora|n10}} para inserir informação falsa, por exemplo, um usuário que não é administrador usar um userbox de administrador; ou alterar o título da página a fim de parecer pertencer ao domínio principal.
|}
 
'''
 
==Fourier==
*[[Sinal discreto]]
*[[Amostragem de sinal]]
*[[Frações parciais]]
*[[Função de ordem exponencial]]
*[[Função contínua por partes]]
 
https://tools.wmflabs.org/ptwikis/Matriz_acessos?cat=!Artigos_m%C3%ADnimos_sobre_matem%C3%A1tica&catdeep=0
 
Oficina:
*[[Dulce Whitaker]], [[Dulce Consuelo Andreatta Whitaker]], [http://cnpq.br/pioneiras-da-ciencia-do-brasil6], [http://www.bv.fapesp.br/pt/pesquisador/91128/dulce-consuelo-andreatta-whitaker/],
*[[Maria Auxiliadora Coelho Kaplan]], [http://www.abc.org.br/?Maria-Auxiliadora-Coelho-Kaplan], [http://cnpq.br/pioneiras-da-ciencia-do-brasil6]
*[[Maria Brasília Leme Lopes]]
*[[Elisa Esther Habbema de Maia]]
*[[Ross Ihaka]]
 
 
== Tabela ==
http://www.scielo.br/pdf/es/v35n127/v35n127a02.pdf
 
Refe <ref name=reamat>[https://www.ufrgs.br/reamat/TransformadasIntegrais/livro-tl/tdptes-tabelas_de_transformadas_de_laplace.html Tabela de transformadas de Laplace] em [https://www.ufrgs.br/reamat/TransformadasIntegrais/ Transformadas integrais - Um Livro Colaborativo], mantido pelo [[Instituto de Matemática e Estatística da Universidade Federal do Rio Grande do Sul|Instituto de Matemática e Estatística]] da [[Universidade Federal do Rio Grande do Sul]]</ref>
 
<ref name=reamat_prop>[https://www.ufrgs.br/reamat/TransformadasIntegrais/livro-tl/tdptes-tabela_de_propriedades_da_transformada_de_laplace.html Tabela de propriedades da transformada de Laplace] em [https://www.ufrgs.br/reamat/TransformadasIntegrais/ Transformadas integrais - Um Livro Colaborativo], mantido pelo [[Instituto de Matemática e Estatística da Universidade Federal do Rio Grande do Sul|Instituto de Matemática e Estatística]] da [[Universidade Federal do Rio Grande do Sul]]</ref>
 
{| class="wikitable"
|-
! Função
! Domínio tempo <br> <math>f(t) = \mathcal{L}^{-1}\{F(s)\}</math>
! Domínio {{math|s}} <br> <math>F(s) = \mathcal{L}\{f(t)\}</math>
! Região de convergência
! Referência
 
|- style="text-align:center;"
| [[Função delta de Dirac|Delta de Dirac]]
|| <math> \delta(t) </math>
|| <math> 1 </math>
|| Todo {{math|''s''}}
|| <ref name=reamat_prop/>
 
|- style="text-align:center;"
| Impulso deslocado
|| <math> \delta(t - \tau) </math>
|| <math> e^{-\tau s} </math>
|| {{math|Re(''s'') > 0}}
|| <ref name=reamat_prop/><ref name="riley">{{Citation |edition=3rd |page=455 |first1=K. F. |last1=Riley |first2=M. P. |last2=Hobson |first3=S. J. |last3=Bence |title=Mathematical methods for physics and engineering |publisher=Cambridge University Press |year=2010 |isbn=978-0-521-86153-3}}</ref>
 
|- style="text-align:center;"
| [[Função degrau]]
|| <math> u(t) </math>
|| <math> { 1 \over s } </math>
|| {{math|Re(''s'') > 0}}
|| <ref name=reamat/>
 
|- style="text-align:center;"
| Degrau unitário deslocado
|| <math> u(t - \tau) </math>
|| <math> \frac{1}{s} e^{-\tau s} </math>
|| {{math|Re(''s'') > 0}}
|| <ref name=reamat_prop/><ref>{{citation |title=Mathematical Handbook of Formulas and Tables |chapter= Chapter 33: Laplace transforms |edition=3rd |first1=S. |last1=Lipschutz |first2=M. R. |last2=Spiegel |first3=J. |last3=Liu |series=Schaum's Outline Series |publisher=McGraw-Hill |page=192 |year=2009 |isbn=978-0-07-154855-7}}</ref>
 
|- style="text-align:center;"
| [[função rampa]]
|| <math> t \cdot u(t)</math>
|| <math>\frac{1}{s^2}</math>
|| {{math|Re(''s'') > 0}}
|| <ref name=reamat/>
 
|- style="text-align:center;"
| {{math|''n''}}-ésima potência de {{math|''t''}} (para inteiro{{math|''n''}})
|| <math> t^n \cdot u(t) </math>
|| <math> { n! \over s^{n + 1} } </math>
|| {{math|Re(''s'') > 0}} <br /> ({{math|''n'' > −1}})
|| <ref name=reamat/>
 
|- style="text-align:center;"
| {{math|''q''}}-ésima potência <br /> (para um complexo {{math|''q''}})
|| <math> t^q \cdot u(t) </math>
|| <math> { \Gamma(q + 1) \over s^{q + 1} } </math>
|| {{math|Re(''s'') > 0}} <br /> {{math|Re(''q'') > −1}}
||<ref name=reamat/> <ref>{{citation |title=Mathematical Handbook of Formulas and Tables |chapter= Chapter 33: Laplace transforms |edition=3rd |first1=S. |last1=Lipschutz |first2=M. R. |last2=Spiegel |first3=J. |last3=Liu |series=Schaum's Outline Series |publisher=McGraw-Hill |page=183 |year=2009 |isbn=978-0-07-154855-7}}</ref>
|- style="text-align:center;"
| [[Radiciação|Raiz enésima]]
|| <math> \sqrt[n]{t} \cdot u(t) </math>
|| <math> { 1 \over s^{\frac{1}{n}+1} } \Gamma\left(\frac{1}{n} + 1\right) </math>
|| {{math|Re(''s'') > 0}}
|| Veja {{math|1=''q'' = 1/''n''}} acima.
 
|- style="text-align:center;"
| {{math|''n''}}-ésima potência vezes [[função exponencial]]
|| <math>t^{n} e^{-\alpha t} \cdot u(t) </math>
|| <math>\frac{n!}{(s+\alpha)^{n+1}}</math>
|| {{math|Re(''s'') > −''α''}}
|| <ref name=reamat/>
 
|- style="text-align:center;"
| {{math|''n''}}-ésima potência <br /> vezes exponencial
|| <math>(t-\tau)^n e^{-\alpha (t-\tau)} \cdot u(t-\tau) </math>
|| <math> \frac{n! \cdot e^{-\tau s}}{(s+\alpha)^{n+1}} </math>
|| {{math|Re(''s'') > −''α''}}
|| <ref name=reamat/>
 
|- style="text-align:center;"
| [[função exponencial]]
|| <math> e^{-\alpha t} \cdot u(t) </math>
|| <math> { 1 \over s+\alpha } </math>
|| {{math|Re(''s'') > −''α''}}
|| <ref name=reamat/>
 
|- style="text-align:center;"
| [[Transforma de Laplace bilateral]] <br>[[função exponencial]]
|| <math> e^{-\alpha|t|} </math>
|| <math> { 2\alpha \over \alpha^2 - s^2 } </math>
|| {{math|−''α'' < Re(''s'') < ''α''}}
|| {{carece de fontes}}
 
|- style="text-align:center;"
| Aproximação exponencial
|| <math>( 1-e^{-\alpha t}) \cdot u(t) </math>
|| <math>\frac{\alpha}{s(s+\alpha)} </math>
|| {{math|Re(''s'') > 0}}
|| <ref name=reamat/>
 
|- style="text-align:center;"
| [[seno]]
|| <math> \sin(\omega t) \cdot u(t) </math>
|| <math> { \omega \over s^2 + \omega^2 } </math>
|| {{math|Re(''s'') > 0}}
|| <ref name=reamat/><ref name="bracewell">{{Citation |last=Bracewell |first=Ronald N. |title=The Fourier Transform and its Applications |edition=2nd |year=1978 |publisher=McGraw-Hill Kogakusha |page=227 |isbn=978-0-07-007013-4}}</ref>
 
|- style="text-align:center;"
| [[cosseno]]
|| <math> \cos(\omega t) \cdot u(t) </math>
|| <math> { s \over s^2 + \omega^2 } </math>
|| {{math|Re(''s'') > 0}}
|| <ref name=reamat/><ref name="bracewell"/>
 
|- style="text-align:center;"
| [[Seno hiperbólico]]
|| <math> \sinh(\alpha t) \cdot u(t) </math>
|| <math> { \alpha \over s^2 - \alpha^2 } </math>
|| {{math|Re(''s'') > |α|}}
|| <ref name=reamat/><ref name="williams">{{Citation | last=Williams |first=J. |title=Laplace Transforms |series=Problem Solvers |page=88 |publisher=George Allen & Unwin |year=1973 |isbn=978-0-04-512021-5 }}</ref>
 
|- style="text-align:center;"
| [[hyperbolic cosine]]
|| <math> \cosh(\alpha t) \cdot u(t) </math>
|| <math> { s \over s^2 - \alpha^2 } </math>
|| {{math|Re(''s'') > |α|}}
|| <ref name="williams"/>
 
|- style="text-align:center;"
| exponentially decaying <br /> sine wave
|| <math>e^{-\alpha t} \sin(\omega t) \cdot u(t) </math>
|| <math> { \omega \over (s+\alpha )^2 + \omega^2 } </math>
|| {{math|Re(''s'') > −''α''}}
|| <ref name="bracewell"/>
 
|- style="text-align:center;"
| exponentially decaying <br /> cosine wave
|| <math>e^{-\alpha t} \cos(\omega t) \cdot u(t) </math>
|| <math> { s+\alpha \over (s+\alpha )^2 + \omega^2 } </math>
|| {{math|Re(''s'') > −''α''}}
|| <ref name="bracewell"/>
 
|- style="text-align:center;"
| [[natural logarithm]]
|| <math> \ln (t) \cdot u(t) </math>
|| <math> \frac{-\ln(s)-\gamma}{s} </math>
|| {{math|Re(''s'') > 0}}
|| <ref name="williams"/>
 
|- style="text-align:center;"
| [[Bessel function]] <br> of the first kind, <br /> of order ''n''
|| <math> J_n( \omega t) \cdot u(t)</math>
|| <math>\frac{ \left(\sqrt{s^2+ \omega^2}-s\right)^{n}}{\omega^n \sqrt{s^2 + \omega^2}}</math>
|| {{math|Re(''s'') > 0}} <br /> ({{math|''n'' > −1}})
|| <ref name="williams"/>
 
|- style="text-align:center;"
| [[Error function]]
|| <math> \operatorname{erf}(t) \cdot u(t) </math>
|| <math> \frac{e^{s^2/4}}{s} \left(1 - \operatorname{erf} \left(\frac{s}{2}\right)\right)</math>
|| {{math|Re(''s'') > 0}}
|| <ref name="williams"/>
 
|-
|}
 
 
 
== RAR ==
*[http://www.rarenergia.com.br/ Site oficial da empresa] - [https://www.webcitation.org/6VtLwmY4N Versão arquivada]
*[http://impromptu.sul21.com.br/tag/rar-energia/ Reportagem no Sul 21]
*[http://www.e-farsas.com/empresa-de-porto-alegre-promete-um-motor-que-funciona-com-gravidade.html e-farsas]
*[https://www.if.ufrgs.br/novocref/?contact-pergunta=uma-maquina-gravitacional-maravilhosa-que-produz-energia-a-partir-de-coisa-alguma CREF UFRGS]
*[http://www.megacurioso.com.br/energia/40215-empresa-gaucha-e-pioneira-ao-buscar-gerar-energia-atraves-da-gravidade.htm MegaCurioso]
*[http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI343608-17773,00-INFINITA+BUSCA+PELA+ENERGIA+INFINITA.html Revista Galileo]
*[http://www.hypeness.com.br/2014/01/empresa-brasileira-desenvolve-maquina-que-gera-energia-usando-a-gravidade/ Hypeness]
*[http://polibiobraga.blogspot.com/2013/11/renato-ribeiro-apresenta-o-seu-motor.html Políbio Braga]
*[https://catracalivre.com.br/geral/criatividade/indicacao/empresa-brasileira-anunciou-desenvolvimento-de-maquina-que-gera-energia-usando-apenas-a-gravidade/ Catraca Livre]
*[http://softwarelivre.org/portal/fisl/novas-tecnologias-para-geracao-de-energia-livre FISL]
 
== PD==
#[[Abílio_Marçal]], [[Abílio_Marçal/Arquivo]], [[Talk:Abílio_Marçal/Arquivo]]
#[[Associação_Nova_Dimensão]], [[Associação_Nova_Dimensão/Arquivo]], [[Talk:Associação_Nova_Dimensão/Arquivo]]
#[[Campeonato_Nacional_Centro]], [[Campeonato_Nacional_Centro/Sul_x_Norte/_Nordeste_de_1969]], [[Talk:Campeonato_Nacional_Centro/Sul_x_Norte/_Nordeste_de_1969]]
#[[Talk:Centro_Interunidades_de_História_da_Ciência_(CHC/USP)]]
#[[Digfish]], [[Digfish/Desastre_de_Tânger_(1437)]], [[Talk:Digfish/Desastre_de_Tânger_(1437)]]
#[[Faculdade_Campos_Elíseos]], [[Faculdade_Campos_Elíseos/arquivo]], [[Talk:Faculdade_Campos_Elíseos/arquivo]]
#
#[[Lei_12.562]], [[Lei_12.562/11]], [[Talk:Lei_12.562/11]]
#[[Lista_de_intérpretes_de_samba-enredo]], [[Lista_de_intérpretes_de_samba-enredo/Arquivo]], [[Talk:Lista_de_intérpretes_de_samba-enredo/Arquivo]]
#[[Lista_de_ninjutsus_de_Naruto]], [[Lista_de_ninjutsus_de_Naruto/Arquivo/1]], [[Talk:Lista_de_ninjutsus_de_Naruto/Arquivo/1]]
#[[Lista_de_ninjutsus_de_Naruto]], [[Lista_de_ninjutsus_de_Naruto/Arquivo/2]], [[Talk:Lista_de_ninjutsus_de_Naruto/Arquivo/2]]
#[[Lista_de_ninjutsus_de_Naruto]], [[Lista_de_ninjutsus_de_Naruto/Arquivo/3]], [[Talk:Lista_de_ninjutsus_de_Naruto/Arquivo/3]]
#[[Lista_de_ninjutsus_de_Naruto]], [[Lista_de_ninjutsus_de_Naruto/Arquivo/4]], [[Talk:Lista_de_ninjutsus_de_Naruto/Arquivo/4]]
#[[Lista_de_ninjutsus_de_Naruto]], [[Lista_de_ninjutsus_de_Naruto/Ninjutsu_elementais/Por_fazer]], [[Talk:Lista_de_ninjutsus_de_Naruto/Ninjutsu_elementais/Por_fazer]]
#[[Talk:Lista_de_ninjutsus_de_Naruto/Ninjutsus_da_Kekkei_Genkai_Seis_Braços]]
#[[Marrovi]], [[Marrovi/2015]], [[Talk:Marrovi/2015]]
#[[Projeto:Página_principal]], [[Projeto:Página_principal/PP-5B]], [[Talk:Projeto:Página_principal/PP-5B]]
#[[Técnicas_de_luta_de_Dragon_Ball]], [[Técnicas_de_luta_de_Dragon_Ball/Atualizar_lista]], [[Talk:Técnicas_de_luta_de_Dragon_Ball/Atualizar_lista]]
 
 
 
==Refs==
 
=Carlos=
 
{{Info/Político
|imagem = Carlos Bolsonaro Flickr Picture 2015.jpg
|imagem_tamanho =
|imagem_legenda =
|nome = Carlos Bolsonaro
|título = [[Vereador]] do [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]]
|mandato = 1 de janeiro de 2001 <br/> em exercício (2017-2020)
|nascimento_data = {{dni|lang=br|7|12|1982}}
|nascimento_local = [[Resende (Rio de Janeiro)|Resende]], [[Rio de Janeiro]], [[Brasil]]
|nome_completo = Carlos Nantes Bolsonaro
|nome_pai =[[Jair Bolsonaro]]
|nome_mãe = Rogéria Nantes Braga
|alma_mater = [[Universidade Estácio de Sá]]
|prémio =
|partido = [[Partido Social Cristão|PSC]]
|religião = [[Evangélico]]
|profissão = [[Aeronauta]]
|website = [http://www.carlosbolsonaro.com.br carlosbolsonaro.com.br]
}}
'''Carlos Nantes Bolsonaro''' ([[Resende (Rio de Janeiro)|Resende]], [[7 de dezembro]] de [[1982]]) é um [[aeronauta]] e [[político]] brasileiro.<ref name=":0">{{Citar web|url=https://www.carlosbolsonaro.com/biografia |titulo=Carlos Bolsonaro - Biografia|acessodata=2017-05-23|obra=carlosbolsonaro.com.br|primeiro=|ultimo=Carlos Bolsonaro|lingua=pt-br}}</ref> É filho do político e [[Lista de presidentes do Brasil|presidente eleito]] do [[Brasil]], [[Jair Bolsonaro]]
 
É graduado em [[Ciências Aeronáuticas]] pela [[Universidade Estácio de Sá]]. Em [[2000]], aos 17 anos de idade, iniciou sua vida pública ao ser eleito [[vereador]] para a cidade do [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]].<ref name=":0" />
 
Em 2016, foi eleito para o quinto mandato consecutivo de vereador do Rio de Janeiro, tendo sido o mais votado da cidade e o terceiro mais votado do [[Brasil]], com 106.657 votos. Ainda hoje é um dos mais jovens parlamentares da [[Câmara Municipal do Rio de Janeiro]].<ref name=":1">{{Citar web|url=http://g1.globo.com/politica/eleicoes/2016/blog/eleicao-2016-em-numeros/post/com-mais-de-300-mil-votos-suplicy-e-o-vereador-mais-votado-do-pais.html |titulo= Eleição 2016 em números: com mais de 300 mil votos Suplicy é o vereador mais votado do país|acessodata=2017-05-23|obra=g1.globo.com|primeiro=|ultimo=G1|lingua=pt-br}}</ref><ref name=":2">{{Citar web|url=https://www.eleicoes2016.com.br/carlos-bolsonaro/|titulo= Eleições 2016 - Carlos Bolsonaro|acessodata=2017-05-23|obra=eleicoes2016.com.br|primeiro=|ultimo=admin|lingua=pt-br}}</ref><ref name=":17">{{Citar web|url=http://www.valor.com.br/eleicoes2016/4732323/familia-bolsonaro-mostra-forca-nas-urnas-no-rio|titulo=Família Bolsonaro mostra força nas urnas do Rio|acessodata=2017-05-23|obra=valor.com.br|primeiro=Heloisa |ultimo=Magalhães|lingua=pt-br}}</ref> Carlos Bolsonaro também é vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos no [[Rio de Janeiro]].
 
== Biografia ==
Carlos Nantes Bolsonaro, nascido em [[7 de dezembro]] de [[1982]], na [[Academia Militar das Agulhas Negras]], em [[Resende (Rio de Janeiro)|Resende]], filho de [[Jair Bolsonaro]] e de Rogéria Nantes Braga Bolsonaro, é um aeronauta e político brasileiro. Atualmente exerce o mandato de [[vereador]] da cidade do [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]] em quinto mandato consecutivo, tendo sido o mais votado da cidade e o terceiro mais votado do Brasil nas [[Eleições_municipais_no_Brasil_em_2016|Eleições Municipais de 2016]], com 106.657 votos, atrás de Milton Leite ([[DEM]]-[[São Paulo|SP]]) e de [[Eduardo Suplicy]] ([[PT]]-[[São Paulo|SP]]), respectivamente. <ref name=":0" /><ref name=":3">{{Citar web|url=http://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,carlos-bolsonaro-e-o-candidato-a-vereador-mais-votado-do-rio,10000079800|titulo= Carlos Bolsonaro é o candidato a vereador mais votado do Rio|acessodata=2017-05-23|obra=política.estadao.com.br|primeiro=|ultimo= Estado de S. Paulo|lingua=pt-br}}</ref><ref name=":4">{{Citar web|url=http://cariocasdireitos.webnode.com/servi%C3%A7os/desenvolvimento-web/carlo-bolsonaro/|titulo= Carlos Bolsonaro|acessodata=2017-05-23|obra=cariocasdireitos.webnode.com|primeiro=|ultimo=admin|lingua=pt-br}}</ref><ref name=":10">{{Citar web|url= http://www.gazetadopovo.com.br/vida-publica/eleicoes/2016/guia-candidatos/rio-de-janeiro-rj/vereador/carlos-bolsonaro-20120/|titulo=Eleições 2016 – Guia Candidatos/Rio de Janeiro-RJ/vereador/Carlos Bolsonaro|acessodata=2017-05-23|obra=gazetadopovo.com.br|primeiro= |ultimo=Gazeta do Povo|lingua=pt-br}}</ref><ref name=":9">{{Citar web|url= http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/suplicy-e-carlos-bolsonaro-sao-os-vereadores-mais-bem-votados-de-sao-paulo-e-do-rio/|titulo=Suplicy e Carlos Bolsonaro são os vereadores mais bem votados de São Paulo e do Rio|acessodata=2017-05-23|obra=congressoemfoco.uol.com.br|primeiro= |ultimo=Congresso em Foco|lingua=pt-br}}</ref><ref name=":21">{{Citar web|url= https://eleicoes.uol.com.br/2016/noticias/2016/10/02/carlos-bolsonaro-e-o-candidato-a-vereador-mais-votado-no-rio-de-janeiro.htm |titulo=Carlos Bolsonaro é o candidato a vereador mais votado no Rio de Janeiro|acessodata=2017-05-23|obra=eleicoes.uol.com.br|primeiro= |ultimo=UOL |lingua=pt-br}}</ref>
 
Iniciou sua vida pública com apenas 17 anos, com 16.053 votos, e ainda hoje é o mais jovem vereador da Câmara Municipal carioca. Ele é graduado em Ciências Aeronáuticas pela Universidade Estácio de Sá.<ref name=":15">{{Citar web|url=http://www.terra.com.br/istoegente/65/reportagem/rep_bolsonaro.htm
|titulo=Tal pai, tal filho|acessodata=2017-05-23|obra=terra.com.br|primeiro=Luiz Edmundo |ultimo=Araújo|lingua=pt-br}}</ref><ref name=":0" />
 
Os irmãos de Carlos Bolsonaro, [[Flávio Bolsonaro|Flávio]] e [[Eduardo Bolsonaro|Eduardo]] , também atuam na vida pública como parlamentares. O primeiro, como deputado estadual do Rio de Janeiro; e o segundo, como deputado federal por São Paulo. Consta também que seu tio, Renato Bolsonaro, também já atuou na atividade pública, como assessor parlamentar e candidato a prefeito de [[Miracatu]].<ref name=":0" /><ref name=":16">{{Citar web|url=https://www.eleicoes2016.com.br/renato-bolsonaro/|titulo=Eleições 2016 – Renato Bolsonaro|acessodata=2017-05-23|obra=eleicoes2016.com.br|primeiro= |ultimo=Eleições 2016|lingua=pt-br}}</ref><ref name=":24">{{Citar web|url=https://www.msn.com/pt-br/noticias/eleicoes/carlos-bolsonaro-%C3%A9-o-vereador-mais-votado-no-rio/ar-BBwUQft|titulo=Carlos Bolsonaro foi o vereador mais bem votado do Rio de Janeiro|acessodata=2017-05-23|obra=msn.com.br|primeiro=Nicole|ultimo=Fusco|lingua=pt-br}}</ref>
 
O vereador, assim como o seu pai e seus irmãos, tem acumulado controvérsias na carreira política e listado entre aqueles associados a denominada [[extrema direita]]. Contudo, pesquisas e estudos tem apontado uma tendência de ascensão desses grupos políticos no Brasil, um fenômeno alinhado ao que vem ocorrendo em outros países. Seu pai, Jair Bolsonaro, por exemplo, tem sido listrado entre os favoritos nas pesquisas em relação à eleição para [[Presidente da República]].<ref name=":18">{{Citar web|url= https://www.nexojornal.com.br/expresso/2017/05/02/Como-os-cen%C3%A1rios-interno-e-externo-ajudam-a-explicar-Bolsonaro-nas-pesquisas |titulo=Como os cenários interno e externos ajudam a explicar Bolsonaro nas pesquisas|acessodata=2017-05-23|obra=nexojornal.com.br|primeiro=João Paulo |ultimo=Charleoux|lingua=pt-br}}</ref><ref name=":22">{{Citar web|url= http://istoe.com.br/carlos-bolsonaro-e-o-candidato-a-vereador-mais-votado-do-rio/ |titulo=Carlos Bolsonaro é o candidato a vereador mais votado do Rio|acessodata=2017-05-23|obra=Istoé.com.br|primeiro= |ultimo=Estadão Conteúdo |lingua=pt-br}}</ref>
 
O parlamentar já foi filiado ao [[PTB]], ao [[PP]] e, atualmente, é filiado ao [[PSC]].<ref name=":0" />
 
== Atuação ==
Ao longo dos anos, em sua atuação parlamentar, Carlos Bolsonaro tem priorizado questões relativas à segurança pública da cidade do Rio de Janeiro. Contudo, também tem atuado em demais áreas, como, por exemplo, tributária, desportiva, turismo, moradia, educação, saúde, direitos dos deficientes, planejamento familiar, entre outras, por meio das Comissões Parlamentares e da propositura de projetos de lei associados a esses temas. Além disso, assim como seu pai, tem acumulado polêmicas ao longo dos anos, por suas declarações e na sua conduta como parlamentar.<ref name=":0" />
 
Quando assumiu pela primeira vez o posto de Vice-Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos, defendeu a prioridade na discussão da Redução da [[Maioridade penal]] para 16 anos e uma política de planejamento familiar focada no combate a miséria, como meios de contribuir para a segurança pública do município.<ref name=":0" /><ref name=":8" />
 
== Posicionamentos ==
Em 2011, a exemplo do posicionamento de seu pai, [[Jair Bolsonaro]], em relação ao denominado “Kit Gay”, o vereador aprovou o Projeto de Lei nº 1082/11 que versa sobre a proibição da “distribuição, exposição e divulgação de material didático, contendo orientações sobre a diversidade sexual nas escolas de ensino fundamental/infantil”. Para o vereador, o projeto objetiva defender a família, a religião e os bons costumes. Em 2013, numa sessão plenária, o vereador [[Renato Cinco]] protestou contra um panfleto anônimo colocado em sua mesa cujo conteúdo criticava as bandeiras do movimento [[LGBT]], o [[PSOL]] e o [[PT]]; o vereador Carlos Bolsonaro assumiu a autoria do mesmo. Em 2015, apresentou uma polêmica emenda na Casa legislativa municipal que modificava da redação do projeto de lei 1.304/2015 para barrar a presença de representantes de entidades feministas e da comunidade LGBT no Conselho Municipal da Mulher (CODIM-Rio). Em 2017, entrou em atritos com seu colega de partido na Câmara, o vereador e pastor da Assembleia de Deus, Otoni de Paula, devido a esse ter proposto a criação de abrigos para homossexuais vítimas de agressão.<ref name=":0" /><ref name=":7">{{Citar web|url= http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/filho-de-bolsonaro-arruma-encrenca-com-pastor-evangelico/|titulo= Filho de Bolsonaro arruma encrenca com pastor evangélico|acessodata=2017-05-23|obra=veja.abril.com.br|primeiro=Maria Clara|ultimo=Vieira|lingua=pt-br}}</ref><ref name=":6">{{Citar web|url= http://www.huffpostbrasil.com/2015/06/24/filho-de-jair-bolsonaro-vereador-carlos-bolsonaro-quer-banir-fe_a_21684147/|titulo= Filho de Jair Bolsonaro, vereador Carlos Bolsonaro, quer banir feministas e LGBTs do Conselho da Mulher do Rio|acessodata=2017-05-23|obra=huffpostbrasil.com|primeiro=Thiago|ultimo=De Araújo|lingua=pt-br}}</ref><ref name=":13">{{Citar web|url=
http://cinco.renatocinco.com/renato-cinco-condena-panfleto-homofbico-do-vereador-carlos-bolsonaro/|titulo=Renato Cinco condena panfleto homofônico do vereador Carlos Bolsonaro|acessodata=2017-05-23|obra=cinco.renatocinco.com|primeiro=Renato |ultimo=Cinco|lingua=pt-br}}</ref><ref name=":23">{{Citar web|url=https://catracalivre.com.br/geral/cidadania/indicacao/carlos-bolsonaro-foi-o-vereador-mais-bem-votado-no-rio-de-janeiro/ |titulo=Carlos Bolsonaro foi o vereador mais bem votado do Rio de Janeiro|acessodata=2017-05-23|obra=catracalivre.com.br|primeiro= |ultimo=Redação|lingua=pt-br}}</ref>
 
Carlos Bolsonaro também foi contra ao Projeto de Lei que dá meia-passagem somente a estudantes universitários cotistas e do [[ProUni]] que possuírem a carteirinha da [[UNE]], aprovado na [[Câmara_Municipal_do_Rio_de_Janeiro|Câmara Municipal Carioca]].<ref name=":0" />
 
No contexto da discussão do Projeto de Lei do Senado “Escola Sem Partido”, de autoria do senador Magno Malta, o vereador carioca apresentou Projeto de Lei 867/2014, que proíbe professores da rede escolar municipal de doutrinarem ideologicamente seus alunos. Além disso, a obrigação de informar os alunos do direito que eles têm de não serem influenciados por posições políticas assumidas pelo respectivo professor.<ref name=":0" /><ref name=":11">{{Citar web|url=https://liberdadeparaensinar.wordpress.com/tag/carlos-bolsonaro/|titulo=MLE em audiência pública sobre o PL “escola sem partido” carioca|acessodata=2017-05-23|obra=liberdadeparaensinar.wordpress.com|primeiro= |ultimo=Liberdade para Ensinar|lingua=pt-br}}</ref><ref name=":8">{{Citar web|url= http://mail.camara.rj.gov.br/APL/Legislativos/scpro1316.nsf/f6d54a9bf09ac233032579de006bfef6/5573ae961660b4cd83257ceb006bc7d4?OpenDocument|titulo=Projeto de lei nº 867/2014 - cria, no âmbito do sistema de ensino do município, o “programa escola sem partido”|acessodata=2017-05-23|obra=camara.rj.gov.br|primeiro= |ultimo=Carlos Bolsonaro|lingua=pt-br}}</ref>
 
O vereador também teve sancionado pelo prefeito do Rio de Janeiro, [[Eduardo Paes]], a Lei 5.304/2011, de autoria do parlamentar, que versa sobre transplante de [[medula óssea]]. Entre outros assuntos, trata da criação do programa de cadastramento para as gestantes em repartições hospitalares públicas e com orientações sobre a importância do recolhimento do cordão umbilical. Com a lei, após o nascimento, o material será armazenado para soluções de possíveis problemas futuros, tanto para benefício próprio ou de outrem, quando existir compatibilidade genética de qualquer paciente. Também cria o programa de cadastramento para as gestantes em repartições hospitalares públicas com orientações sobre a importância do recolhimento do cordão umbilical.<ref name=":0" />
Na área tributária, o vereador tem reiteradamente se manifestado contra a criação ou aumento de tributos municipais. Foi um dentre 12 vereadores, de um total de 51, que votou contra a criação da Taxa de Iluminação Pública. Também votou contra as taxas extras sobre a utilização dos elevadores nos condomínios, tendo votado contra por duas oportunidades no projeto de lei 3417/2002 que criaria essas taxas.<ref name=":0" />
 
Único Parlamentar que votou contrário à criação do [[Bolsa-Família]] carioca, pois acredita que depois de sua implementação, ficará instituído o [[voto de cabresto]] e o desestímulo ao trabalho, pois caso contrário, os beneficiários perderão seus auxílios.<ref name=":0" />
Fez parte da aprovação do [[Plano_Diretor_Municipal|Plano Diretor da Cidade]], num esforço para estruturação e organização urbana, além de, segundo ele, evitar a criação de novas [[favelas|Favela]].<ref name=":0" />
Na área da saúde, foi membro da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência, liberando recursos de seu orçamento anual para a Entidade Referência em reabilitação de pessoas com problemas físicos, a Associação Brasileira Beneficente de Reabilitação — ABBR. Também tem atuado em favor da ampliação da oferta de atendimento dessas especialidades na rede municipal carioca. Quando atuou como Vice-Presidente da Comissão de Direitos Humanos, destinou sua verba parlamentar para a Secretaria Municipal de Saúde para programas de combate a miséria e ampliação de procedimentos de [[Laqueadura|Laqueaduras]] e [[Vasectomia|Vasectomias]] pelo [[SUS]].<ref name=":0" />
 
Ainda na área da saúde, foi contra a contratação pelo município de médicos estrangeiros sem aprovação regular do revalida, no contexto do programa “Mais médicos” do governo federal. Para tanto, apresentou o Projeto de Lei 430/13 aprovado na Câmara Municipal e vetado pelo Prefeito.<ref name=":0" />
O vereador tem em diferentes oportunidades criticado aumento de gasto e a falta de transparência na Câmara Municipal. Foi um dos que votaram contra o aumento do número de vereadores na Câmara Municipal do Rio de Janeiro e do aumento das verbas parlamentares. Em 2011, foi um dos parlamentares contra a aquisição de 51 veículos para uso dos vereadores, na época a escolha tinha sido um [[Volkswagen Jetta]] 2012. Ainda em seu primeiro mandato, também foi autor da Lei Orgânica nº 10/2001 que revogou as votações secretas na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, de modo a proporcionar mais transparência nas decisões tomada pela Casa Legislativa.<ref name=":0" /><ref name=":5">{{Citar web|url=https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/426723/noticia.htm?sequence=1|titulo= Câmara tentará recuperar dinheiro de carros|acessodata=2017-05-23|obra=O Globo|primeiro=Selma|ultimo=Schmidt|lingua=pt-br}}</ref><ref name=":20">{{Citar web|url= http://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2017-01-02/prefeito-vai-ter-que-buscar-apoio-entre-os-vereadores.html |titulo=Prefeito vai ter que buscar apoio entre os vereadores|acessodata=2017-05-23|obra=odia.ig.com.br|primeiro=Alexandre |ultimo=Brum|lingua=pt-br}}</ref>
 
== Controvérsias ==
Em 2009, dirigindo após tomar dois [[Chope|chopes]], segundo o próprio vereador, Carlos Bolsonaro teve a carteira de habilitação apreendida, após se recusar a passar por um teste com bafômetro numa blitz policial durante a madrugada.<ref name=":12">{{Citar web|url=http://www.jb.com.br/rio/noticias/2009/08/13/depois-de-dois-chopes-vereador-foge-do-bafometro-e-perde-habilitacao/|titulo=Depois de dois chopes vereador foge do bafômetro e perde habilitação|acessodata=2017-05-23|obra=jb.com.br|primeiro= |ultimo=Jornal do Brasil|lingua=pt-br}}</ref>
<ref name=":12" />
 
== Aprovação ==
Em 2017, num levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa Social, Carlos Bolsonaro apareceu em segundo lugar, com 11% dos votos, na pesquisa para intenção de voto para [[Governador]] do [[Rio de Janeiro|Estado do Rio de Janeiro]] em 2018. Em primeiro lugar, foi apontado o atual senador [[Romário]] ([[PSB]]-[[Rio de Janeiro|RJ]]) em primeiro lugar, com 17%.<ref name=":14">{{Citar web|url=
http://www.ocongressista.com.br/2017/05/carlos-bolsonaro-aparece-em-segundo.html
|titulo=Carlos Bolsonaro aparece em segundo lugar em pesquisa para governo do RJ|acessodata=2017-05-23|obra=ocongressista.com.br|primeiro=Wilson |ultimo=Oliveira|lingua=pt-br}}</ref><ref name=":19">{{Citar web|url= http://diariodorio.com/romario-e-carlos-bolsonaro-na-lideranca-em-pesquisa-para-governador-do-rio/|titulo=Romário e Carlos Bolsonaro na liderança em pesquisa para governo do Rio|acessodata=2017-05-23|obra=diariodorio.com|primeiro=Quintino |ultimo=Gomes Freire|lingua=pt-br}}</ref>
 
== Ver também ==
* [[Lista_de_vereadores_da_cidade_do_Rio_de_Janeiro_(2017-2020)|Vereadores da cidade do Rio de Janeiro (2017-2020)]]
 
{{referências|col=2}}
 
== Ligações externas ==
* {{Link|pt|2=http://www.carlosbolsonaro.com.br |3=Página oficial}}
* [https://br.linkedin.com/in/carlos-bolsonaro-b5a9bab8 Carlos Bolsonaro] no [[Linkedin]]
* {{facebook|cbolsonaro}}
* {{twitter|carlosbolsonaro}}
 
 
 
O '''Caso Carlos Bolsonaro''' refere-se ao episódio em que , postou no dia 25 de setembro de 2018 em sua conta do [[Instagram]] a imagem de um homem ensanguentado de braços atados com um saco na cabeça e a [[hashtag]] #EleNão.<ref name=":0">{{Citar periódico|ultimo=País|primeiro=El|data=2018-09-27|titulo=Carlos Bolsonaro será denunciado por apologia à tortura na Câmara do Rio|url=https://brasil.elpais.com/brasil/2018/09/26/politica/1537997982_557864.html|jornal=EL PAÍS|lingua=pt-br}}</ref> <ref name=":2">{{Citar web|url=https://exame.abril.com.br/brasil/comissao-de-etica-do-rio-aciona-filho-de-bolsonaro-apos-postagem/|titulo=Comissão de Ética do Rio aciona filho de Bolsonaro após postagem {{!}} EXAME|acessodata=2018-10-21|obra=exame.abril.com.br|lingua=pt-BR}}</ref> A hashtag remete ao [[movimento EleNão]], [[Manifestação|manifestações populares]] lideradas por mulheres que ocorreram em diversas regiões do [[Brasil]] e do mundo, tendo como principal objetivo protestar contra a candidatura à presidência da República do deputado federal [[Jair Bolsonaro]], pai de Carlos Bolsonaro e se tornaram o maior protesto já realizado por mulheres no Brasil e a maior concentração popular durante a campanha da [[eleição presidencial no Brasil em 2018]].<ref name=":1">{{Citar periódico|ultimo=Toledo|primeiro=José Roberto de|autorlink=José Roberto de Toledo|data=29-09-2018|titulo=Um protesto histórico, menos na tevê|url=http://piaui.folha.uol.com.br/um-protesto-historico-menos-na-teve/|jornal=[[Revista Piauí]]}}</ref><ref>{{Citar periódico|ultimo=Coletta|primeiro=Carla Jiménez, Heloísa Mendonça, Regiane Oliveira, Marina Rossi, Ricardo Della|data=2018-09-30|titulo=Mulheres quebram o jejum das ruas no Brasil com manifestações contra Bolsonaro|url=https://brasil.elpais.com/brasil/2018/09/30/politica/1538270819_523141.html|jornal=EL PAÍS}}</ref><ref>{{citar web|url=https://brasil.elpais.com/brasil/2018/09/29/politica/1538226863_062834.html|título=Mulheres lideram multidão contra Bolsonaro em São Paulo, Rio e Recife|data=30 de setembro de 2018|acessodata=30 de setembro de 2018|publicado=El País|autor=}}</ref><ref>{{citar web|url=https://exame.abril.com.br/brasil/15-imagens-que-resumem-os-atos-a-favor-e-contra-jair-bolsonaro-pelo-brasil/|título=15 imagens que resumem os atos a favor e contra Jair Bolsonaro pelo Brasil|data=30 de setembro de 2018|acessodata=30 de setembro de 2018|publicado=Exame|autor=Mariana Fonseca}}</ref>
 
O evento aconteceu no contexto da [[Campanha presidencial de Jair Bolsonaro em 2018|campanha presidencial de seu pai]], candidato de extrema-direita, conhecido por sua simpatia pela [[ditadura militar no Brasil (1964–1985)]]<ref name="Folha Poder" /><ref name="nyt" /><ref name=":3">{{Citar periódico|ultimo=Londoño|primeiro=Ernesto|data=2018-4-14|titulo=Right-Wing Presidential Contender in Brazil Is Charged With Inciting Hatred|url=https://www.nytimes.com/2018/04/14/world/americas/brazil-president-candidate-hate.html|jornal=The New York Times|lingua=en|acessodata=2018-8-6}}</ref><ref name=":4">{{Citar web|url=https://www.sueddeutsche.de/politik/brasilien-es-fehlt-der-glaube-1.4085827|titulo=Brasiliens Demokratie ist reif für die Intensivstation|data=2018-08-08|acessodata=2018-8-11|jornal=Süddeutsche Zeitung|ultimo=Herrmann|primeiro=Boris|lingua=de|issn=0174-4917|wayb=20180809111413}}</ref><ref name=":5" /> e pela defesa das práticas de [[Tortura no Brasil|tortura]] por aquele regime,<ref name="uol">{{citar web|url=http://jovempanfm.uol.com.br/panico/defensor-da-ditadura-jair-bolsonaro-reforca-frase-polemica-o-erro-foi-torturar-e-nao-matar.html|titulo=Defensor da Ditadura, Jair Bolsonaro reforça frase polêmica: "o erro foi torturar e não matar"|data=8 de Julho de 2016|publicado=JovemPan}}</ref><ref name="tortura_nunca_mais">{{Citar web|url=https://web.archive.org/web/20140727070825/http://www.torturanuncamais-sp.org/site/index.php/noticias/421-repudio-a-jair-bolsonaro|título=Repúdio a Jair Bolsonaro|data=30 de março de 2011|acessodata=9 de abril de 2011|publicado=Grupo Tortura Nunca Mais São Paulo|autor=}}</ref><ref name="ustra">{{citar web|url=http://extra.globo.com/noticias/brasil/coronel-ustra-homenageado-por-bolsonaro-como-pavor-de-dilma-rousseff-era-um-dos-mais-temidos-da-ditadura-19112449.html|titulo=Coronel Ustra, homenageado por Bolsonaro como ‘o pavor de Dilma Rousseff’, era um dos mais temidos da ditadura|data=18 de abril de 2016|obra=Extra|publicado=Globo|citacao=Homenageado na fala do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) durante a votação do processo de impeachment da presidente Dilma}}</ref> bem como por sua oposição à legalização do [[casamento entre pessoas do mesmo sexo]], e declarações consideradas [[Homofobia|homofóbicas]],<ref name=":6" /><ref name="usnews" /><ref name="washingtonpost" /> [[Misoginia|misóginas]] e [[Sexismo|sexistas]],<ref name="TheGuardian" /><ref name="usnews" /><ref name="washingtonpost" /> [[Racismo|racistas]]<ref name="Gavin Fernando" /><ref name="usnews" /><ref name="washingtonpost" /> e anti-refugiados.<ref name=":7" />
 
O caso causou ampla repercussão nas redes sociais e na imprensa.<ref name=":0" /><ref name=":2" /><ref>{{Citar periódico|data=2018-09-27|titulo=Filho de Bolsonaro será denunciado por apologia a tortura e homofobia|url=http://midiabahia.com.br/slide/2018/09/27/filho-de-bolsonaro-sera-denunciado-por-apologia-a-tortura-e-homofobia/|jornal=Mídia Bahia|lingua=pt-BR}}</ref><ref>{{Citar periódico|titulo=Jean Wyllys aciona o Ministério Público contra Carlos Bolsonaro após publicação no Instagram|url=http://cbn.globoradio.globo.com/media/audio/215531/jean-wyllys-aciona-o-ministerio-publico-contra-car.htm|lingua=pt-br}}</ref><ref>{{Citar web|url=https://www.bahianoticias.com.br/noticia/227130-com-alusao-a-tortura-filho-de-bolsonaro-rebate-movimento-ele-nao.html|titulo=Com alusão a tortura, filho de Bolsonaro rebate movimento 'Ele não'|acessodata=2018-10-21|obra=www.bahianoticias.com.br|lingua=pt-br}}</ref><ref>{{Citar periódico|data=2018-09-26|titulo=Filho de Bolsonaro posta foto com 'homem torturado' {{!}} Tribuna do Paraná|url=https://www.tribunapr.com.br/noticias/politica/filho-de-bolsonaro-posta-foto-com-homem-torturado/|jornal=Tribuna PR - Paraná Online|lingua=pt-BR}}</ref><ref>{{Citar web|url=https://www.bahianoticias.com.br/noticia/227143-foi-a-replicacao-da-foto-de-alguem-que-considera-isso-arte-justifica-carlos-bolsonaro.html|titulo='Foi apenas a replicação da foto de alguém que considera isso uma arte', justifica Carlos Bolsonaro|acessodata=2018-10-21|obra=www.bahianoticias.com.br|lingua=pt-br}}</ref><ref>{{Citar periódico|titulo=Filho de Bolsonaro é acionado na Comissão de Ética do Rio|url=https://www.terra.com.br/noticias/eleicoes/apos-postagem-filho-de-bolsonaro-e-acionado-por-comissao-de-etica-da-camara-no-rio,1dd2e654c36c642ff7339d7a4de9249bctrtsxp7.html|jornal=Terra|lingua=pt-BR}}</ref><ref>{{Citar periódico|titulo=Filho de Bolsonaro divulga foto com simulação de tortura em rede social - Política - Estadão|url=https://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,filho-de-bolsonaro-divulga-foto-com-simulacao-de-tortura-em-rede-social,70002520265|jornal=Estadão|lingua=pt-BR}}</ref><ref>{{Citar periódico|titulo=Criminalista critica uso de imagem de tortura por filho de Bolsonaro|url=https://odia.ig.com.br/eleicoes/2018/09/5578392-criminalista-critica-uso-de-imagem-de-tortura-por-filho-de-bolsonaro.html#foto=1|jornal=O Dia - Eleições|lingua=pt-BR}}</ref><ref>{{Citar periódico|titulo=Carlos Bolsonaro dá resposta após foto polêmica que remete à tortura|url=https://vejasp.abril.com.br/cidades/carlos-bolsonaro-foto-tortura/|jornal=VEJA SÃO PAULO|lingua=pt-BR}}</ref> A hashtag #TorturaNuncaMais que acompanhou as milhares de críticas à publicação tornou-se um das mais populares do Twitter Brasil.<ref>{{Citar web|url=http://opiniaoenoticia.com.br/brasil/carlos-bolsonaro-sera-denunciado-por-apologia-a-tortura/|titulo=Carlos Bolsonaro será denunciado por apologia à tortura {{!}} Opinião e Notícia|acessodata=2018-10-21|obra=opiniaoenoticia.com.br|lingua=pt-BR}}</ref>
 
A imagem foi produzida inicialmente por Ronaldo da Silva Nascimento, de 24 anos,<ref name=":0" /> como forma de protesto à tortura e publicada sob o nome de Ronaldo Creative. Carlos acrescentou à imagam a frase “sobre pais que choram no banheiro”, uma referência a pais de homossexuais. Na publicação, vereador atribuiu a foto ao perfil @direitapvh,<ref>{{Citar periódico|titulo=Carlos Bolsonaro publica na internet imagem que simula tortura|url=https://veja.abril.com.br/brasil/carlos-bolsonaro-internet-imagem-tortura/|jornal=VEJA.com|lingua=pt-BR}}</ref>que faz publicacões pró-[[Donald Trump]] e contra o [[Partido dos Trabalhadores]].<ref>{{Citar periódico|ultimo=País|primeiro=El|data=2018-09-27|titulo=Carlos Bolsonaro será denunciado por apologia à tortura na Câmara do Rio|url=https://brasil.elpais.com/brasil/2018/09/26/politica/1537997982_557864.html|jornal=EL PAÍS|lingua=pt-br}}</ref>
 
Carlos declarou que a imagem seria uma reposta a um grupo gay que teria postado a imagem em oposição à candidatura de seu pai e, por esta razão, fez a adição à imagem. <ref name=":3">{{Citar periódico|titulo=Filho de Bolsonaro divulga foto de apologia à tortura, mas nega violência em rede social|url=https://br.noticias.yahoo.com/filho-de-bolsonaro-divulga-foto-de-apologia-tortura-mas-nega-violencia-em-rede-social-191249295.html|lingua=pt-BR}}</ref><ref>{{Citar web|url=https://blogs.oglobo.globo.com/ancelmo/post/carlos-bolsonaro-usa-foto-de-homem-encenando-tortura-e-faz-brincadeira-de-mau-gosto.html|titulo=Carlos Bolsonaro publica foto de mau gosto e diz que é resposta a grupo gay {{!}} Ancelmo - O Globo|acessodata=2018-10-21|obra=Ancelmo - O Globo|ultimo=Guimarães|primeiro=Ana Cláudia|lingua=pt-BR}}</ref> Depois da ampla comoção causada pela imagem, ele amenizou o tom e alegou que não pretendia insinuar que os aderentes do movimento merecessem “alguma maldade.”<ref name=":3" />
O vereador do Rio de Janeiro, [[David Miranda]] do [[Partido Socialismo e Liberdade]], anunciou denunciaria Carlos por quebra de decoro. David Miranda é ativista dos [[Direitos LGBT no Brasil]] e classifica a postagem como apologia à tortura e à homofobia e disse que bancada do PSOL apoiaria a denúncia.<ref name=":0" />O deputado federal [[Jean Wyllys]] do mesmo partido de Miranda também acionou o Ministério Público do Rio de Janeiro.<ref name=":0" /> Ciro Gomes, então candidato à presidência cobrou providências das autoridades. <ref name=":0" />
 
== Gilson ==
 
'''Gilson da Silva Rebello''' ([[Rio de Janeiro]], {{dtlink|lang=br|11|02|1950}}) é bacharel em [[direito]], [[escritor]] e [[jornalista]] [[Brasil|brasileiro]].
 
Gilson Rebello nasceu na cidade do Rio de Janeiro, viveu durante a infância no subúrbio de [[Irajá (bairro do Rio de Janeiro)|Irajá]] e mais tarde morou na [[Rua do Riachuelo]], no [[Flamengo (bairro do Rio de Janeiro)|Flamengo]], no [[Leme (bairro do Rio de Janeiro)|Leme]] e [[Copacabana]]. Estudante do [[Colégio Pedro II]], participou, em [[1968]], do movimento estudantil e acabou vítima do [[Ato Institucional Número Cinco|AI 5]].
 
Começou no jornalismo, em [[1967]], editando o jornal Vanguarda Estudantil, do Grêmio do Colégio Pedro II, foi, no final da [[década de 1960]], estagiário de [[O Paiz|O Paíz]], de [[O Sol (jornal)|O Sol]], do [[Jornal dos Sports]] e, em [[1970]], do [[Diário de Notícias (Rio de Janeiro)|Diário de Notícias]], onde se firmou na profissão.
 
Trabalhou na [[Última Hora]], em [[O Dia]], [[A Notícia (Rio de Janeiro)|A Notícia]], [[O Globo]] e na [[Filial|sucursal]] carioca de [[O Estado de S. Paulo]] e do [[Jornal da Tarde (São Paulo)|Jornal da Tarde]] bem como na [[Rádio Eldorado (São Paulo)|Rádio Eldorado]]. Foi [[repórter]], [[redator]], editor, [[articulista]], [[Assessor de imprensa|assessor de Imprensa]], Chefe da Assessoria de Comunicação Social do [[Ministério da Educação (Brasil)|Ministério da Educação]] na gestão de [[Murílio de Avellar Hingel|Murílio Hingel]] (1992-1994), e como colunista manteve em vários jornais as colunas Banco de Praça, Bola Fora e Hoje é Dia.
 
Como escritor publicou o primeiro livro, em 1977, o romance, Cotidrama, depois de receber prêmios literários. Apesar de se definir como romancista, lançou também livros de reportagem, ensaios, contos, literatura infantil, poesias e participou de antologias.
 
== Carreira ==
2015/2018 – Consultor, assessor de imprensa e escritor
 
2015/2005 – Editor Executivo do jornal Coletivo e colunista assinando a coluna Hoje é Dia (DF)
 
2007/2005 – Editor Executivo do Jornal da Comunidade (DF)
 
2004/2002 – Editor-Adjunto do jornal Coletivo (DJ) e colunista assinando as colunas Hoje é Dia e Bola Fora (DF)
 
2000/2001 – Redator da Assessoria de Comunicação Social e Editor do jornal da Geap (DF)
 
1999/1997 – Editor do jornal do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras – Crub (DF)
 
1997/1996 – Chefe do Núcleo de Comunicação Social e Editor do jornal da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior – Andifes (DF)
 
1999/1997 – Editor Executivo da Lida – Revista do Ministério do Trabalho (DF)
 
1996/1995 – Consultor para a área de assessorias de Comunicação Social
 
1996 – Redator e editor do Boletim Pacti (Programa de Apoio à Capacitação Tecnológica da Indústria), do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT)
 
1996 – Editor do Divino em Revista
 
1995/1992 – Colunista do Jornal do Aposentado, assinando a coluna Banco de Praça (RJ)
 
1994/1992 – Chefe da Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Educação e do Desporto – MEC (DF)
 
1994/1993 – Editor do Jornal do MEC (DF)
 
1992/1991 – Chefe da Assessoria de Comunicação Social do Instituto dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro (RJ)
 
1992/1991 – Editor do Jornal do Iaserj (RJ)
 
1991/1990 – Pesquisador e escritor contratado pelo jornal O Dia para elaborar o livro O rio de Janeiro de banca em banca – A história dos jornaleiros do Rio de Janeiro (RJ)
 
1990/1988 – Analista de Marketing do Departamento de Marketing do Banco Nacional (RJ)
 
1990/1988 – Editor do Jornal do Guarda-Chuva (RJ)
 
1989 – Redator da campanha eleitoral do candidato ao governo do Estado do Rio, Nelson Carneiro, pelo PMDB (RJ)
 
1988/1986 – Repórter da Rádio Eldorado (RJ)
 
1988/1977 – Repórter do jornal O Estado de S. Paulo, sucursal do Rio de Janeiro (RJ)
 
1988/1977 – Repórter do Jornal da Tarde, sucursal do Rio de Janeiro (RJ)
 
1977/1973 – Repórter do jornal O Globo (RJ)
 
1973/1971 – Repórter do jornal O Dia (RJ)
 
1973/1971 – Repórter do jornal A Notícia (RJ).
 
1972 – Repórter do jornal Última Hora (RJ)
 
1971/1969 – Repórter do jornal Diário de Notícias (RJ)
 
1971 – Repórter e redator do jornal Gil Brandão (RJ)
 
1970/1969 – Repórter estagiário do Jornal dos Sports (RJ)
 
1969 – Editor do jornal O Recado (RJ)
 
1968 – Repórter estagiário do jornal O Sol (RJ)
 
1968 – Repórter estagiário do jornal O Paíz (RJ)
 
1967 – Editor do jornal Vanguarda Estudantil, órgão oficial do Grêmio do Colégio Pedro II (RJ).
 
== Bibliografia ==
2004 – O professor que fez Escola – Antologia, Indec – Juiz de Fora (MG) – Organização: Geraldo Lúcio de Melo (Gerro) e José Eustáquio de Freitas
 
1995 – O Brasil de Itamar – Reportagem, HMP Editora (DF)
 
1993 – O Personagem Principal – Coletânea de entrevistas com escritores, Expressão e Cultura (RJ)
 
1992 – O Rio de Janeiro de Banca de Banca – A história dos jornaleiros do Rio de Janeiro – Ensaio, Editora O Dia (RJ)
 
1990 – O Vilão da História – Literatura Infantil, Editora Campinas (SP), 2ª Edição
 
1989 – Um Minuto Para A Solidão – Romance, Editora Achiamé (RJ)
 
1987 – Ladrão de Defuntos – Antologia Cariocas de todos os contos, Editora Mercado Aberto (RS) – Organização: Jeferson de Andrade
 
1986 – O Vilão da História – Literatura Infantil, Editora Know How (RJ)
 
1987 – Licença Poética – Antologia Histórias de Amor Infeliz, Editora Nórdica (RJ) – Organização: Esdras do Nascimento
 
1984 – No Reino da Cachaça – Romance, Editora Global (SP)
 
1980 – A Guerrilha de Caparaó – Reportagem, Editora Alfa-Ômega (SP)
 
1977 – Cotidrama – Os Dramas do Cotidiano, Editora Cátedra (RJ)
== Prêmios Literários ==
1993 – Prêmio Assis Chateaubriand da Academia Brasileira de Letras para o livro O Personagem principal
 
1984 – Prêmio Guararapes da União Brasileira de Escritores para o romance No Reio da Cachaça
 
1972 – Prêmio Fernando Chinaglia da União Brasileira de Escritores para o romance No Reino da Cachaça
 
1971 – Prêmio Fernando Chinaglia da União Brasileira de Escritores para o livro de poemas Carne & Carnet
 
1970 – Prêmio Fernando Chinaglia da União Brasileira de Escritores para o romance Cotidrama
 
== Referências ==
Biografia e Criação Literária Vol. 5 Entrevista com escritores do Rio de Janeiro e outros – NitPress – Giovanni Ricciardi
 
Crimes que abalaram o Brasil – Editora Globo – Capítulo O mistério do desaparecimento de Carlinhos – Reportagem: Marcelo Faria de Barros e Wilson Aquino – Organização: George Moura e Flávio Araújo
 
Literatos suam a camisa para aparecer – Gustavo Galvão, Correio Braziliense, 7 de julho de 1998
 
O Amor infeliz, nos contos de 24 escritores – O Estado de S. Paulo (SP), 11 de setembro de 1985
 
Reino da Cachaça, povo de ressaca – Ultima Hora, 22 de fevereiro de 1984
 
No reino da cachaça, novo romance – O Fluminense, 24 de fevereiro de 1984
 
Romance sobre o reinado da cachaça e do carnaval – O Estado de S. Paulo (SP), 23 de fevereiro de 1984.
 
No reino da cachaça: o primeiro de uma trilogia de Gilson Rebello – Carlos Menezes – O Globo, 2 de março de 1984
 
Gilson Rebello fala de No Reino da Cachaça – Folha da Tarde – Juiz de Fora, 2 de maio de 1984
 
Meu próximo livro – Jornal da Tarde, 16 de junho de 1983
 
A guerrilha de Caparaó contada pelos principais personagens – Tribunal da Imprensa (RJ), 1 de dezembro de 1980
 
Sierra Maestra em Minas – José Liberato Povoa, Jornal de Minas (MG), 5 de dezembro de 1980
 
Guerrilha de Caparaó é livro – Luta Democrática, 5 de dezembro de 1980
 
A Guerrilha de Caparaó – Folha de Londrina (PR), 27 de novembro de 1980
 
Caparaó: as revelações da guerrilha agora em livro – O Estado de S. Paulo, 21 de novembro de 1980
 
Brizola revela sua ação na guerrilha – Última Hora (RJ), 20 de novembro de 1980
 
As revelações de A Guerrilha de Caparaó, um livro de Gilson Rebello – Jornal da Tarde (SP), 20 de novembro de 1980
 
Caparaó ­– Jornal de Brasília (DF), 20 de novembro de 1980
 
A sobrevivência dos marginais – Salim Miguel, Fatos & Fotos (RJ), 28 de dezembro de 1977
 
Novos escritores repudiam censura e falam de engajamento – Diário da Tarde (MG), Juiz de Fora, 28 de agosto de 1977
 
O drama do cotidiano nos subúrbios da vida – Salvador Pane Baruja, O Globo, 9 janeiro de 1977
 
Cotidrama – Heloneida Studart, Manchete (RJ), 8 de janeiro de 1977
 
Surge um romancista – Domingo Gonzalez Cruz, Tribunal a Imprensa (RJ), 18-19 de dezembro de 1976
 
Os dramas do cotidiano carioca – Salim Miguel, Fatos e Fotos (RJ), 19 de dezembro de 1976
 
Duas visões da violência – Annelise Cabral, Jornal do Brasil (RJ), 14 de dezembro de 1976
 
A favela e o cotidiano de dois repórteres – O Fluminense, 13 de dezembro de 1976
 
O Dia-a-dia do jornal transposto para a ficção – Boletim ABI (RJ), Novembro / Dezembro de 1976
 
A crise do papel – Reportagem Solange Suter – Diário de Notícias (RJ), 18 de outubro de 1974
 
Escritores almoçam na ABI e recebem prêmio de incentivo – O Dia, 28 de janeiro de 1972
 
UBE entrega prêmios do Chinaglia para autores brasileiros – Diário de Notícias (RJ), 28 de janeiro de 1972
 
Poder Jovem: A hora é de união e não permite dividir as forças – O Sol (RJ), 10 de dezembro de 1967
 
 
== ==
*[[usuário:Sarah Pereira Marcelino]]
*[[usuário:Rodrigo Sartori Bogo]]
 
 
==Templates==
 
=== pt-pt / pt-br ===
Prezado leitor,
 
Obrigado por entrar em contacto. A Wikipédia em português é escrita e lida por falantes portugueses, brasileiros, africanos, timorenses e não só. Por isso devemos conviver com todas as variantes da língua e ser tolerantes com as diferenças.
 
Para mais informações, recomendo-lhe a leitura da página [[Wikipedia:Versões da língua portuguesa|Versões da língua portuguesa]].
 
Aproveito para lembrar que, apesar de a Wikipédia lusófona privilegiar o uso das normas do [[Acordo Ortográfico de 1990]] nas suas páginas oficiais (políticas, recomendações, etc.), qualquer usuário é livre de utilizar nas suas edições as regras dos restantes países lusófonos ([[Acordo Ortográfico de 1945]]), não sendo toleradas alterações de uma norma para outra.
 
Os artigos escritos sob o [[Formulário Ortográfico de 1943]], por estar extinto na Wikipédia, devem ser modificados para adequar o artigo ao Acordo Ortográfico de 1990. Para mais informações recomendo-lhe a leitura das páginas [[Wikipedia:Ortografia]] e [[Ajuda:Guia de edição/Acordo ortográfico]].
 
Claro que, como é evidente, está à vontade para emendar erros ortográficos reais e que não derivem das diferenças entre as normas utilizadas na língua portuguesa.
 
Atenciosamente,
 
=== Por que meu CV foi apagado ===
Prezado editor,
 
Obrigado por ter entrado em contato. Lamento que sua experiência na Wikipédia tenha sido frustrante e que seu artigo tenha sido eliminado.
 
Embora a Wikipédia seja uma [[enciclopédia]] de [[Wikipédia:escopo|amplo escopo]], ela mantém um firme compromisso com a qualidade da informação. Todo conteúdo adicionado deve ser corroborado por [[WP:FF|fontes confiáveis e independentes]] do assunto tratado. Tal exigência é ainda mais rigorosa quando se trata de [[WP:BPV|biografia de pessoas vivas]].
 
Verbetes sobre pessoas vivas só devem ser criados quando há informação significativa disponível em fontes independentes do biografado que permitam escrever o texto respeitando o princípio da [[WP:NPOV|neutralidade]] e [[WP:V|verficabilidade]].
 
Com o objetivo de manter a alta qualidade do conteúdo, também temos alguns [[WP:CDN|critérios de notabilidade]].
 
Em caso de dúvida, por favor, não hesite em entrar em contato.
 
Atenciosamente,
 
=== Por que o artigo sobre minha instituição/teoria foi apagado ===
Prezado editor,
 
Obrigado por ter entrado em contato. Lamento que sua experiência na Wikipédia tenha sido frustrante e que seu artigo tenha sido eliminado.
 
Embora a Wikipédia seja uma [[enciclopédia]] de [[Wikipédia:escopo|amplo escopo]], ela mantém um firme compromisso com a qualidade da informação. Todo conteúdo adicionado deve ser corroborado por [[WP:FF|fontes confiáveis e independentes]] do assunto tratado. Uma restrição editorial do projeto é a [[WP:NPI|interdição de pesquisa inédita]], a qual proíbe abordar um assunto sem citar referências independentes que já tenham anteriormente tratado dele.
 
Uma edição será definida como "pesquisa inédita" se sua função for '''propor''' e apresentar ideias ou argumentos, isto é, se esta edição possuir uma das seguintes características, dentre outras que possam ser possíveis:
 
* Introduzir nova teoria ou método;
* Introduzir ideias originais;
* Definir novos termos ou criar [[neologismo]]s;
* Introduzir ou subentender novas definições de termos previamente existentes;
* Introduzir um tema, sem citar fontes fiáveis para tal argumento;
* Introduzir uma análise ou exame de fatos, ideias, opiniões ou temas de forma a favorecer ou defender a posição pessoal do editor, sem atribuir tal análise a uma fonte fiável.
 
Para mais detalhes, veja, por favor, [[Wikipédia:Nada de pesquisa inédita|Nada de pesquisa inédita]] e [[Wikipédia:Pesquisa inédita por síntese]].
 
Com o objetivo de manter a alta qualidade do conteúdo, também temos alguns [[WP:CDN|critérios de notabilidade]].
 
Atenciosamente,
 
=== ===