Diferenças entre edições de "Backstreet Boys"

9 265 bytes adicionados ,  19h38min de 26 de novembro de 2019
m
continuação.
m (continuação.)
Etiquetas: Inserção de predefinição obsoleta Possível mudança indevida de nacionalidade
| site = {{URL|http://www.backstreetboys.com}}
}}
'''Backstreet Boys''' (frequentemente abreviado como '''BSB''') é um grupo vocal norte-americanomasculino [[Estados Unidos|estadunidense]] formado em [[Orlando|Orlando, Flórida]] em 1993. O grupo consiste nos integrantes [[AJ McLean]], [[Howie Dorough]], [[Brian Littrell]], [[Nick Carter]] e [[Kevin Richardson]]. Eles começaram a ficar famosos com seu álbum de estreia internacional, ''[[Backstreet Boys (álbum)|Backstreet Boys]]'' (1996). No ano seguinte, lançaram seu segundo álbum internacional, ''[[Backstreet's Back]]'' (1997), sendo este seu álbum de estreia nos Estados Unidos. Eles subiram ao estrelato com seu álbum ''[[Millennium (álbum de Backstreet Boys)|Millennium]]'' (1999), alcançando sucesso mundial que se manteve com seu álbum seguinte, ''[[Black & Blue]]'' (2000).
 
Após um hiato de dois anos, eles se reagruparam e lançaram um álbum de retorno ''[[Never Gone]]'' (2005). Após a conclusão do ''Never Gone Tou''r em 2006, Richardson deixou o grupo para buscar outros interesses.<ref>{{citar web|URL=http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u61755.shtml|título=Cantor anuncia saída do grupo Backstreet Boys|autor=|data=24 de junho de 2006|publicado=Folha de S.Paulo|acessodata=14 de janeiro de 2018}}</ref> O grupo então lançou dois álbuns como um quarteto: [[Unbreakable (álbum de Backstreet Boys)|Unbreakable]] (2007) e [[This Is Us]] (2009).
Eles são o grupo pop de maior sucesso comercial no mundo e, de acordo com o [[Guinness Book]], a ''Maior Boy band de Todos os Tempos'' com mais de 140 milhões de álbuns vendidos.<ref>{{citar web|url=http://www.imdb.com/name/nm1477802/bio|título=Backstreet Boys - Biography|autor=|data=|publicado=[[IMDb]]|acessodata=7 de maio de 2012}}</ref> O grupo recebeu uma estrela na [[Calçada da Fama|Calçada da Fama de Hollywood]] em 22 de abril de 2013.<ref name="F5"/>
 
== BiografiaHistória ==
 
===1993–1995: Formação e primeiros anos===
 
===1996–1997: Crescimento de popularidade e ''Backstreet's Back''===
{{Artigo principal|Backstreet Boys (álbum){{!}}Backstreet Boys|We Wanna Be with You Tour|Backstreet Boys (álbum de 1997){{!}}Backstreet Boys (97)|Backstreet's Back}}
O grupo terminou de gravar seu primeiro álbum, ''[[Backstreet Boys (álbum)|Backstreet Boys]]'', no período de março a junho de 1996, e foi lançado internacionalmente em 6 de maio,<ref name="Backstreet Boys: Backstreet Boys (international version)">{{citar web|url=http://www.swisscharts.com/showitem.asp?interpret=Backstreet+Boys&titel=Backstreet+Boys&cat=a |título=Backstreet Boys: Backstreet Boys (international version) |publicado=swisscharts.com |acessodata=1 de março de 2010 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20100211093510/http://swisscharts.com/showitem.asp?interpret=Backstreet+Boys&titel=Backstreet+Boys&cat=a |arquivodata=11 de fevereiro de 2010 |urlmorta=sim}}</ref> excluindo Estados Unidos e Canadá; no entanto, mais tarde foi lançado neste último em outubro de 1996.<ref name="Hits of the World: Canada's albums (November 4, 1996)">{{citar livro|url=https://books.google.com/?id=ygkEAAAAMBAJ&lpg=PA1&pg=PA50#v=onepage|título=Hits of the World: Canada's albums (November 4, 1996)|publicado=Billboard Magazine|data=9 de novembro de 1996|acessodata=29 de março de 2010|obra=Nielsen Business Media, Inc}}</ref> Sua popularidade cresceu na Europa. O ''single'' "[[I'll Never Break Your Heart]]" alcançou a certificação ouro na Alemanha por vender 250.000 cópias<ref name="Gold/Platin-Datenbank">{{citar certificação|país=Alemanha|artista=Backstreet Boys|acessodata=24 de janeiro de 2010}}</ref> levando o quinteto a ser eleito o grupo internacional número um em 1996. Eles também conquistaram sua primeira platina na Alemanha por vendagem de 500.000 cópias de seu álbum. Com o lançamento de seu álbum homônimo, o grupo iniciou uma [[Backstreet Boys: Live in Concert Tour|turnê]] pela [[Ásia]] e Canadá.<ref name="Gold/Platin-Datenbank"/> O Backstreet Boys também se tornou um dos artistas estreantes mais bem-sucedidos do mundo, colecionando prêmios como o alemão Durchstarter (Melhor Recém-chegado) no Viva Comet Awards em 1996.<ref name="Backstreet Boys at Viva Comet Awards">{{citar web|url=http://www.viva.tv/Events/ArticleDetail/id/1321460|arquivourl=https://web.archive.org/web/20070322204648/http://www.viva.tv/Events/ArticleDetail/id/1321460|arquivodata=22 de março de 2007|título=COMET 2007: History – Die Gewinner|acessodata=10 de junho de 2012}}</ref> O ''single'' "[[Quit Playing Games (with My Heart)]]", foi lançado em 10 de junho do mesmo ano como o terceiro ''single'' de seu álbum de estreia, que também gerou seu quarto e último ''single'' "[[Anywhere for You]]" em 24 de fevereiro de 1997.<ref name="Backstreet Boys - Anywhere For You">{{citar web|url=http://swisscharts.com/showitem.asp?interpret=Backstreet+Boys&titel=Anywhere+For+You&cat=s|título=Backstreet Boys-Anywhere For You |publicado=swisscharts.com |acessodata=3 de março de 2010|arquivourl=https://web.archive.org/web/20100211134725/http://swisscharts.com/showitem.asp?interpret=Backstreet+Boys&titel=Anywhere+For+You&cat=s |arquivodata=11 de fevereiro de 2010}}</ref> Além disso, a canção "Quit Playing Games (with My Heart)", lançada previamente em junho de 1996, foi re-lançada desta vez nos Estados Unidos, para o álbum de estreia estadunidense do grupo, sendo enviada as rádios em 19 de maio de 1997. A mesma atingiu a segunda colocação pela ''[[Billboard Hot 100]]'', o que a levou a receber a certificação platina por vendas de mais de um milhão de cópias no país.<ref name="Backstreet Boys View Their Teen Act Origins As the Start of their Career">{{Citar livro|url=https://books.google.com/?id=jQ4EAAAAMBAJ&pg=PA84&dq=backstreet+boys%22+may+1997%22#v=onepage&q=backstreet%20boys%22%20may%201997%22|título=Backstreet Boys View Their Teen Act Origins As the Start of their Career|publicado=Billboard Magazine|acessodata=4 de agosto de 2010|data=23 de maio de 1998|obra=Nielsen Business Media, Inc}}</ref><ref name="Backstreet Boys US certifications on Quit Playing Games">{{citar web|url=https://www.riaa.com/goldandplatinumdata.php?resultpage=1&table=SEARCH_RESULTS&action=&title=(WITH%20MY%20HEART)&artist=Backstreet%20Boys&format=&debutLP=&category=&sex=&releaseDate=&requestNo=&type=&level=&label=&company=&certificationDate=&awardDescription=&catalogNo=&aSex=&rec_id=&charField=&gold=&platinum=&multiPlat=&level2=&certDate=&album=&id=&after=&before=&startMonth=1&endMonth=1&startYear=1958&endYear=2010&sort=Artist&perPage=25|título=Backstreet Boys US certifications on Quit Playing Games|publicado=[[RIAA]]|acessodata=3 de março de 2010}}</ref>
 
 
===1998–1999: ''Millennium'' e reconhecimento mundial===
{{Artigo principal|Millennium (álbum de Backstreet Boys){{!}}Millennium|Into the Millennium Tour}}
 
Littrell iniciou uma ação contra Lou Pearlman e a Trans Continental em 1998, alegando que Pearlman não havia sido sincero sobre os ganhos obtidos pelo grupo.<ref>{{citar web|título=Backstreet Boys: Local manager milked millions|url=http://www.bizjournals.com/orlando/stories/1998/09/14/story2.html|publicado=Orlando Business Journals|acessodata=13 de agosto de 2012|data=14 de setembro de 1998}}</ref> De 1993 a 1997, Pearlman e sua empresa receberam cerca de US$ 10 milhões em receita, enquanto a banda recebeu apenas US$ 300.000 mil.<ref>{{Citar web|título= THE MUSIC MACHINE: 'Big Poppa' Pearlman Takes Kids and Turns Them Into Stars. Then They Sue Him|último= Carlson|primeiro=Peter|data= 6 de novembro de 1999|publicado= [[The Washington Post]] (1707922510)}}</ref> No ano seguinte, McLean, Richardson e Dorough entraram na ação que resultou em diversos acordos.<ref name="Backstreet Boys Sue Pearlman, Trans Continental">{{citar web|url=http://www.billboard.com/articles/news/60808/backstreet-boys-sue-pearlman-trans-continental|título=Backstreet Boys Sue Pearlman, Trans Continental|publicado=Billboard|acessodata=10 de fevereiro de 2010}}</ref>
 
Em 2 de junho de 1999, o Backstreet Boys embarcou na turnê [[Into the Millennium Tour]], que incluiu 115 concertos esgotados em 84 cidades, o qual algumas datas adicionais foram inseridas devido à alta demanda.<ref name="worldbeat">{{citar web|título=Backstreet Boys Wrap Up Sold-out World Tour |url=http://www.nyrock.com/worldbeat/03_2000/032400.asp |publicado=World Beat |obra=NYRock |data=24 de março de 2000 |acessodata=18 de maio de 2008 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20080905021755/http://www.nyrock.com/worldbeat/03_2000/032400.asp |arquivodata=5 de setembro de 2008 |urlmorta=sim}}</ref> Sua segunda etapa, patrocinada pela rede de lojas [[Sears, Roebuck and Company|Sears]], foi toda vendida em seu primeiro dia em 14 de agosto, quebrando recordes de vendagem.<ref name="SaltLake">{{citar web|primeiro= Dan|último= Nailen|título= Backstreet Boys Take Success 'Into the Millennium'|url = http://www.backstreet.net/www.cgi?x=show&d=news&i=991023-0857-01&c=1&b=8|publicado= The Salt Lake Tribune|data= 23 de outubro de 1999|acessodata=18 de maio de 2008}}</ref><ref name="Unorthodox">{{citar web|primeiro= Rob|último= Evans|título= Backstreet Boys Cash In On Unorthodox Ticket Sales Plan|url = http://www.livedaily.com/news/22.html|publicado= LiveDaily|data= 19 de agosto de 1999|arquivourl=https://web.archive.org/web/20100211075201/http://livedaily.com/news/22.html|arquivodata=11 de fevereiro de 2010|acessodata=18 de maio de 2008}}</ref> O concerto realizado em Atlanta, se estabeleceu como o mais assistido de um artista ''pop''.<ref>{{citar web|último=Bob|primeiro=By|url=http://www.billboard.biz/bbbiz/content_display/industry/e3i26911e62ce1ee0f751bafaf4df6fffdf|título=U2's Rose Bowl Show Breaks Attendance Record|publicado=Billboard.biz|data=30 de outubro de 2009|acessodata=10 de junho de 2012}}</ref> Em outubro do mesmo ano, o Backstreet Boys declarou nulo e sem efeito seu contrato vigente pela Jive Records, o que levou o grupo a um acordo de parceria, onde reassinou novamente com a Jive por um contrato de US$ 60 milhões para cinco gravações, além de possuir maior controle sobre como sua música seria comercializada e licenciada.<ref>{{citar web|último=Lewis|primeiro=Mark|título=Backstreet Boys Pave Golden Road In New Deal With JIVE Records|url=http://www.soundspike.com/story2/421/backstreet-boys-pave-golden-road-in-new-deal-with-JIVE-records/|acessodata=18 de junho de 2012|data=11 de novembro de 1999}}</ref>
 
=== 20002000–2003: ''Black & Blue'', ''The Hits – Chapter One'' e conflitos com a Jive Records===
=== 2001:{{Artigo principal|Black & Blue|Black Tour& eBlue Tour|The Hits: Chapter One ===}}
[[Ficheiro:BSB-Rio-2000.jpg|thumb|right|250px|Apresentação relâmpago da banda no [[Rio de Janeiro]], [[Brasil]].]]
No dia 15 de novembro, para promover o álbum recém lançado ''[[Black & Blue]]'', os Backstreet Boys fizeram uma turnê de 100 horas passando por 6 países: [[Suécia]], [[Japão]], [[Austrália]], [[África do Sul]], [[Brasil]] e [[Estados Unidos]]. Várias equipes de rádio e TV acompanharam a banda, inclusive a [[MTV]] que depois fez um programa especial com as imagens da viagem.
De todos os países visitados, a banda toda concorda que o Brasil foi o que mais impressionou: no dia 20 de novembro os Backstreet Boys pousaram no [[Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro]] para divulgar o álbum e ficarem 11 horas em terra, a passagem da banda levou 15 horas (de muito tumulto e caos) que terminaram num show de 20 minutos improvisado para 100 mil fãs que estavam na frente do hotel para vê-los. Espantados com a recepção das fãs, prometeram voltar em 2001 para fazer o show completo.
 
=== 2001: Black & Blue Tour e The Hits: Chapter One ===
[[Ficheiro:BSB Rio 2001.jpg|thumb|left|250px|Performance dos Backstreet Boys no [[Maracanã]] em maio de 2001.]]
Em maio de 2001, o grupo fez sua segunda visita ao Brasil com a turnê Black & Blue Tour onde fizeram três apresentações, uma no [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]], em [[3 de maio]] de 2001 e duas em [[São Paulo (cidade)|São Paulo]], nos dias [[5 de maio|5]] e [[6 de maio]]. Os fãs ficaram cerca de 15 dias acampados na porta do Maracanã e da [[Arena Anhembi]] para assistir ao show em ambas as metrópoles. Cerca de 75 mil fãs lotaram o Maracanã para ve-los no Rio e em São Paulo, o público total foi de cerca de 60 mil pessoas (30 mil por show).
 
Em maio de 2000, o Backstreet Boys realizou uma viagem às [[Bahamas]] a fim de se concentrar na composição de canções para seu quarto álbum de estúdio.<ref name="Backstreet Bahama Boys">{{cite news|url=http://www.cbsnews.com/stories/2000/05/16/entertainment/main195864.shtml|title=Backstreet Bahama Boys|publisher=CBS News|accessdate=5 de março de 2010| date=16 de maio de 2000}}</ref> Suas sessões de gravação iniciaram em 1 de julho em Estocolmo, Suécia, e se encerraram em setembro do mesmo ano.<ref name="Backstreet's Kevin Gets Hitched">{{cite web|último=Johnson|primeiro=Tina|url=http://www.mtv.com/news/articles/1425154/20000621/backstreet_boys.jhtml|title=Backstreet's Kevin Gets Hitched|publisher=MTV|data=21 de junho de 2000|accessdate=4 de março de 2010}}</ref><ref name="Backstreet Boys Set Up Studio Time">{{cite web|último=Manning|primeiro=Kara|url=http://www.mtv.com/news/articles/1425155/20000621/backstreet_boys.jhtml|title=Backstreet Boys Set Up Studio Time|publisher=MTV|data=21 de junho de 2000|accessdate=4 de março de 2010}}</ref><ref name="BackstreetLPMTV">{{cite web|url=http://www.mtv.com/news/articles/1425143/20000919/backstreet_boys.jhtml|title=Backstreet Boys Get To Get "Black and Blue"On New LP|publisher=MTV|data=19 de setembro de 2000|accessdate=4 de março de 2010}}</ref> Uma canção concluída durante as sessões de gravação de julho intitulada "It's True", foi lançada em 28 de agosto de 2000, em um [[álbum de compilação]] nomeado como ''For the Fans'', vendido exclusivamente nos restaurantes [[Burger King]].<ref name="Backstreet BK">{{cite web|último=Saidman|primeiro=Sorelle|url=http://www.mtv.com/news/articles/1425149/20000821/backstreet_boys.jhtml|title=Backstreet Boys Say "It's True" On Burger CDs|publisher=MTV|accessdate=4 de março de 2010|date=21 de agosto de 2000}}</ref>
Em agosto, o grupo parou a turnê por três meses para que [[Alexander James McLean|AJ McLean]] pudesse se internar em uma clínica de reabilitação de drogas e álcool. AJ vinha sofrendo com o abuso de álcool a algum tempo e coube aos outros membros da banda dar a notícia às fãs enquanto AJ ia para a clínica no [[Arizona]]. A banda optou por dar a notícia em uma entrevista pela [[MTV]], o grupo se mostrava muito emocionados, em especial [[Nick Carter|Nick]] e [[Kevin Richardson|Kevin]].<ref>{{citar web |url=http://www.mtv.com/bands/archive/b/bsb01_3/index3.jhtml |publicado=[[MTV]].com |autor= |título=We Want to Be Honest|data=|acessodata=7 de maio de 2012|língua=inglês}}</ref> Em Outubro, a gravadora lançou o álbum [[The Hits: Chapter One]], uma compilação que reúne os grandes sucessos do grupo além da música "[[Drowning (single de Backstreet Boys)|Drowning]]", o último ''[[single]]'' inédito até o retorno da banda em 2005. Em novembro a banda retomou a turnê pelos [[Estados Unidos]] e no meio de uma apresentação em [[Houston]], AJ agradeceu publicamente aos fãs pelo apoio que recebeu de todos.<ref>{{citar web |url=http://www.vh1.com/shows/dyn/behind_the_music/88747/episode.jhtml |publicado=Vh1.com |autor= |título=VH1 Behind The Music|data= |acessodata= |língua= |ligação inativa=sim}}</ref> Nesse ano, eles também se uniram a outros artistas como [[Bono]], [[Britney Spears]], [[Christina Aguilera]] e [[Destiny's Child]] para regravar o single "[[What's Going On]]", em prol das vítimas dos [[Ataques de 11 de Setembro de 2001]] e depois pela [[AIDS]] na [[África]].
 
Seu quarto álbum de estúdio, ''[[Black & Blue]]'', foi lançado em 21 de novembro de 2000.<ref name="Backstreet Boys album Black & Blue">{{cite web|url=http://www.mtv.com/music/artist/backstreet_boys/albums.jhtml?albumId=265158|title=Backstreet Boys album Black & Blue|publisher=MTV|accessdate=3 de março de 2010}}</ref> Para a sua promoção, o grupo viajou ao redor do mundo por cem horas, visitando Estocolmo, [[Tóquio]], [[Sydney]], [[Cidade do Cabo]], [[Rio de Janeiro]] e [[Nova York]]. Cerca de 55 horas foram gastas nas viagens e 45 em aparições públicas.<ref name="Backstreet Boys Launch Black & Blue Tour">{{cite web|último=Lee|primeiro=Kevin|url=http://abcnews.go.com/Entertainment/story?id=112814&page=1|title=Backstreet Boys Launch Black & Blue Tour|publisher=[[ABC News]]|urlmorta=sim|arquivourl=https://web.archive.org/web/20110604142150/http://abcnews.go.com/Entertainment/story?id=112814&page=1| data=21 de novembro de 2001|arquivodata=4 de junho de 2011|acessodata=22 de maio de 2017}}</ref> Um [[DVD]] da curta turnê, além de um jogo de tabuleiro, foi lançado em 2001, intitulado ''Around the World''. Em uma semana, o álbum ''Black & Blue'' registrou as melhores vendas internacionais de um álbum da história, vendendo mais de cinco milhões de cópias em sua primeira semana de vendagem.<ref name="Backstreet Boys: Biography on Rolling stone">{{cite web|url=https://www.rollingstone.com/music/artists/backstreet-boys/biography|title=Backstreet Boys: Biography on Rolling stone|work=Rolling Stone|accessdate=22 de maio de 2017|archive-url=https://www.webcitation.org/6CLearyH8?url=http://www.rollingstone.com/music/artists/backstreet-boys/biography|archive-date=21 de novembro de 2012|urlmorta=sim}}</ref><ref name="Charts: Backstreet Boys score another No. 1 with Black & Blue">{{cite web|url=http://www.soundspike.com/story2/2251/charts-backstreet-boys-score-another-no-1-with-/|title=Charts: Backstreet Boys score another No. 1 with Black & Blue|publisher=SoundSpike|accessdate=9 de fevereiro de 2010|date=29 de novembro de 2000}}</ref> Nos Estados Unidos, o álbum atingiu vendas de 1,6 milhão de cópias na primeira semana, tornando o Backstreet Boys, o primeiro artista desde os [[Beatles]], a atingir mais de um milhão de cópias consecutivas na primeira semana.<ref name="Backstreet's Back in Action">{{cite book|url=https://books.google.com/?id=PhQEAAAAMBAJ&pg=PA13&dq=Backstreet+Boys+to+promote+Black+%26+Blue+around+the+world&cd=3#v=onepage&q=Backstreet%20Boys%20to%20promote%20Black%20%26%20Blue%20around%20the%20world|title=Backstreet's Back in Action|work=Billboard Magazine|accessdate=3 de março de 2010|date=5 de março de 2005|publisher=Nielsen Business Media, Inc}}</ref> Três ''singles'' foram lançados de ''Black & Blue'': "[[Shape of My Heart]]", "[[The Call (canção de Backstreet Boys)|The Call]]" e "[[More than That]]".
=== 2002-2004: Álbum solo de Nick e hiato do grupo ===
Em 2002, Nick lançou seu álbum solo, ''[[Now or Never (álbum)|Now or Never]]''. O álbum, apesar de ter sido bastante apreciado pelas fãs, teve o efeito contrário na mídia, teve as vendas mais baixas do que o esperado. Conta-se que a baixa média do álbum esteve associado ao fato de Nick não ter tido o apoio necessário da gravadora, que sempre se mostrou mais empenhada na carreira de [[Justin Timberlake]], que lançou seu primeiro álbum solo (após o fim do [['N Sync]]) apenas um mês antes de Nick.<ref>{{citar web|url=http://www.ew.com/ew/article/0,,394547,00.html|publicado=Entertaiment Weekly|autor=|título=Nick of Time|data=17 de novembro de 2002|acessodata=7 de maio de 2012|língua=inglês}}</ref>
 
Em 28 de janeiro de 2001, o grupo cantou o hino nacional americano durante o [[Super Bowl XXXV]] em Tampa, Flórida.<ref>{{cite web|url=http://www.super-bowl-history.us/superbowl-history35.html|title=2001 Super Bowl XXXV|publisher=Super-bowl-history.us|date=28 de janeiro de 2001|accessdate=4 de abril de 2012|urlmorta=sim|archiveurl=https://web.archive.org/web/20120304022351/http://www.super-bowl-history.us/superbowl-history35.html|archivedate=4 de março de 2012}}</ref> Uma semana antes, iniciou a [[Black & Blue Tour]], que apresentou concertos em cinco continentes. A turnê foi paralisada em julho, quando foi relatado que McLean havia entrado em um tratamento de reabilitação para combater o [[alcoolismo]] e a [[Transtorno depressivo maior|depressão]], tendo sido auxiliado por Richardson.<ref>{{cite web|title=The Oprah Winfrey Show – Transcript|url=http://backstreetmedia.net/transcripts/AJ%20on%20Oprah.pdf|publisher=Harpo Productions Inc|accessdate=18 de junho de 2012|archive-url=https://web.archive.org/web/20130417215747/http://backstreetmedia.net/transcripts/AJ%20on%20Oprah.pdf|archive-date=17 de abril de 2013|urlmorta=sim}}</ref> A turnê recomeçou em 24 de agosto do mesmo ano e encerrou-se em novembro. Previamente em 23 de outubro, o Backstreet Boys lançou seu primeiro [[álbum de compilação]], intitulado ''[[The Hits – Chapter One]]'',<ref>{{cite web|url=http://www.allmusic.com/album/the-hits-chapter-one-mw0000657000|title=Allmusic: The Hits: Chapter One|work=[[AllMusic]]|accessdate=14 de março de 2013}}</ref> que incluiu a canção inédita utilizada como ''single'': "[[Drowning (canção de Backstreet Boys)|Drowning]]".<ref>{{cite web|url=http://www.allmusic.com/album/the-hits-chapter-one-mw0000657000|title=Allmusic: The Hits: Chapter One|work=AllMusic|accessdate=14 de março de 2013}}</ref> O álbum figurou no top 5 dos Estados Unidos,<ref name="Backstreet Boys' US albums chart-positions" /> Reino Unido,<ref name="Backstreet Boys' UK chart-positions">{{cite web|url=https://www.officialcharts.com/artists/|title=Backstreet Boys' UK chart-positions|publisher=Official Charts Company|accessdate=9 de fevereiro de 2010}}</ref> Alemanha<ref name="Backstreet Boys' German albums chart-positions" /> e Canadá,<ref name="Backstreet Boys' Canadian albums chart-positions">{{cite web|url=https://www.billboard.com/music/backstreet-boys/chart-history/canadian-albums |title=Backstreet Boys - Canadian Albums chart-positions |work=Billboard Magazine |accessdate=11 de novembro de 2017|archiveurl=https://web.archive.org/web/20171110233941/https://www.billboard.com/music/backstreet-boys/chart-history/canadian-albums|archivedate=10 de novembro de 2017|urlmorta=sim}}</ref> além de se estabelecer no top 10 da Suíça, Áustria, Holanda e Nova Zelândia.<ref name="Backstreet Boys' European and Australasian chart-positions on The Hits: Chapter One">{{cite web|url=http://www.swisscharts.com/showitem.asp?interpret=Backstreet+Boys&titel=Greatest+Hits+%2D+Chapter+One&cat=a|title=Backstreet Boys' European and Australasian chart-positions on The Hits: Chapter One|publisher=swisscharts.com|accessdate=9 de fevereiro de 2010}}</ref> Adicionalmente, ''The Hits: Chapter One'' foi certificado como platina nos Estados Unidos por vender mais de um milhão de cópias<ref name="Backstreet Boys' US certifications">{{cite web|url=https://www.riaa.com/goldandplatinumdata.php?resultpage=3&table=SEARCH_RESULTS&action=&title=&artist=Backstreet%20Boys&format=&debutLP=&category=&sex=&releaseDate=&requestNo=&type=&level=&label=&company=&certificationDate=&awardDescription=&catalogNo=&aSex=&rec_id=&charField=&gold=&platinum=&multiPlat=&level2=&certDate=&album=&id=&after=&before=&startMonth=1&endMonth=1&startYear=1958&endYear=2010&sort=Artist&perPage=25|title=Backstreet Boys' US certifications|publisher=[[RIAA]]|accessdate=9 de fevereiro de 2010}}</ref> e também recebeu certificação platina pela [[IFPI]] devido sua vendagem de mais de um milhão de cópias na Europa.<ref name="IFPI Platinum Europe Awards - 2002">{{cite web|url=http://www.ifpi.org/content/section_news/plat2002.html |title=IFPI Platinum Europe Awards – 2002 |publisher=IFPI |accessdate=9 de fevereiro de 2010 |archiveurl=https://web.archive.org/web/20100210152839/http://www.ifpi.org/content/section_news/plat2002.html |archivedate=10 de fevereiro de 2010|urlmorta=sim}}</ref> O ''single'' "Drowning" foi igualmente exitoso alcançando o top 10 em diversos países. Em 2002, ''The Hits: Chapter One'' já havia vendido quase seis milhões de cópias em todo o mundo.<ref name=NYTimes2002 />
Em 26 de Novembro de 2002, nasceu o primeiro filho de Brian e Leighanne, Baylee Thomas Wylee Littrell. No dia seguinte foi anunciado que o grupo desfez o contrato de US$ 75 milhões que tinha com a Zomba alegando quebra de contrato. Segundo informações a gravadora focou as atenções no álbum solo de Nick e atrasou os planos da banda de lançar um novo álbum.<ref>{{citar web |url=http://www.cbsnews.com/stories/2002/11/27/entertainment/main531121.shtml |publicado=CBS News Entertaiment|autor=|título=Backstreet Boys' Backs Are Up|data=11 de fevereiro de 2009|acessodata=7 de maio de 2012|língua=inglês}}</ref>
 
Em 2002, o grupo expressou um forte desejo de deixar sua empresa de administração, The Firm.<ref name=NYTimes2002>{{cite news|last=Strauss|first=Neil|url=https://www.nytimes.com/2002/08/18/arts/music-the-lost-boys-how-a-pop-sensation-came-undone.html|title=Music; The Lost Boys: How a Pop Sensation Came Undone|publicado=New York Times|date=18 de agosto de 2002|accessdate=24 de agosto de 2012}}</ref> No entanto, Carter optou por permanecer no The Firm para gerenciar sua carreira solo. Logo depois, o restante do grupo começou a gravar o próximo álbum do Backstreet Boys sem ele.<ref name=NYTimes2002 /> O relacionamento do grupo com a Jive Records piorou quando entraram com um processo estimado em US$ 100 milhões de dólares, contra a Zomba Music Group (empresa controladora da Jive Records), alegando quebra de contrato.<ref>{{cite web|url=http://www.cbsnews.com/stories/2002/11/27/entertainment/main531121.shtml|title=Backstreet Boys' Backs Are Up|publisher=Cbsnews.com|date=27 de novembro de 2002|accessdate=22 de maio de 2017}}</ref> Os membros alegaram que a gravadora bloqueou o lançamento de um novo álbum do grupo para promover ''[[Now or Never (álbum)|Now or Never]]'', primeiro álbum solo de Carter, promovendo-o às custas do grupo.<ref>{{citar web|último=Hiatt |primeiro=Brian|url=https://ew.com/article/2002/11/27/backstreet-boys-sue-zomba-allegedly-blocking-album-release/|título=Backstreet Boys sue Zomba for allegedly blocking album release|data=27 de novembro de 2002|acessodata=22 de maio de 2017|publicado=Entertainment Weekly}}</ref>
Em dezembro de 2003, [[AJ McLean]] foi ao programa ''[[The Oprah Winfrey Show]]'', onde ele falou, pela primeira vez, sobre seu vício por álcool e drogas. Os outros membros do grupo apareceram de surpresa no meio do programa para demonstrar seu apoio a AJ, essa foi a primeira aparição em público da banda toda reunida em quase dois anos, e eles decidiram então reunir-se novamente para gravar um álbum novo.<ref>{{citar web |url=http://www.oprah.com/tows/pastshows/200312/tows_past_20031210.jhtml |publicado=Oprah.com |autor= |título=Oprah Website]|acessodata= |língua=inglês|ligação inativa=sim}}</ref>
 
Em novembro de 2003, McLean apareceu no programa ''[[The Oprah Winfrey Show]]'' para falar sobre seu vício em álcool e drogas pela primeira vez em público.<ref name="Backstreet Boys Inspired By Oprah To Hit Studio Again">{{cite web|último=Moss|primeiro=Corey|url=http://www.mtv.com/news/articles/1480910/20031203/backstreet_boys.jhtml |title=Backstreet Boys Inspired By Oprah To Hit Studio Again |publisher=MTV|date=4 de dezembro de 2003 |accessdate=5 de março de 2010 |archiveurl=https://web.archive.org/web/20100212063017/http://www.mtv.com/news/articles/1480910/20031203/backstreet_boys.jhtml |archivedate=12 de fevereiro de 2010}}</ref> O restante dos membros do Backstreet Boys, o surpreendeu ao aparecer pessoalmente no programa para demonstrar seu apoio, marcando a primeira aparição pública do grupo como um quinteto em quase dois anos.<ref name="Backstreet Boys Inspired By Oprah To Hit Studio Again"/> O grupo iniciou um processo de reestruturação e de reconciliar suas diferenças, planejando também começar a gravar um álbum de retorno no início do ano seguinte.<ref name="Everybody, Backstreet's back">{{cite news|url=http://www.boston.com/ae/celebrity/articles/2003/12/20/everybody_backstreets_back/|title=Everybody, Backstreet's back|publicado=The Boston Globe|accessdate=5 de março de 2010| date=20 de dezembro de 2003}}</ref>
Em 2004, voltaram a apresentar-se juntos para promover seu retorno ao cenário musical. Em setembro, eles iniciaram uma pequena turnê pela Ásia, em [[Pequim]] e [[Xangai]], assim como em [[Tóquio]]. Eles também foram para o [[México]] e Estados Unidos.
 
=== 2005-20062004–2006: ''Never Gone, o álbum solo de Brian'' e a saída de Kevin Richardson===
{{Artigo principal|Never Gone|Never Gone Tour}}
Após uma pausa de cinco anos sem lançar álbuns inéditos, lançaram o ''[[single]]'' "[[Incomplete]]", que rapidamente ficou em primeiro lugar tanto nos Estados Unidos quanto no resto do mundo. No dia 14 de junho, o álbum ''[[Never Gone]]'' foi lançado e estreou em terceiro lugar nos Estados Unidos com 291.000 cópias vendidas na primeira semana e 2,1 milhões ao redor do mundo. Foi número 1 no [[Japão]], [[Alemanha]], [[Índia]], [[Chile]], [[Brasil]], [[Austrália]] e [[Coreia do Sul]]. Os Backstreet Boys iniciaram a Never Gone Tour em Julho de 2005, na [[Flórida]]. O segundo ''single'' foi "[[Just Want You to Know]]" e o terceiro foi "[[I Still...]]", que foi divulgado por todo o mundo, menos nos Estados Unidos, onde o ''single'' trabalhado foi "[[Crawling Back to You]]".
 
Em janeiro de 2004, o Backstreet Boys iniciou a gravação de seu próximo álbum de estúdio.<ref name="Justin Timberlake Gets Debut Movie Role">{{cite news|url=http://www.foxnews.com/story/0,2933,110867,00.html|title=Justin Timberlake Gets Debut Movie Role|publisher=Fox News|accessdate=5 de março de 2010|first=Roger|last=Friedman|date=9 de fevereiro de 2004|archive-url=https://web.archive.org/web/20090913130642/http://www.foxnews.com/story/0,2933,110867,00.html|archive-date=13 de setembro de 2009|urlmorta=sim}}</ref> Além disso, o grupo também começou a se apresentar junto para promover seu retorno ao cenário musical. Em setembro, eles iniciaram uma pequena turnê asiática, visitando cidades que incluíram Pequim, Xangai, Tóquio e Manila. Devido ao êxito desta turnê, eles acrescentaram apresentações nas cidades mexicanas, Cidade do México e Monterrey. Em 28 de março de 2005, antecedendo o lançamento de seu próximo álbum de estúdio, o grupo lançou o ''single'' "[[Incomplete]]" através das estações de rádio. Posteriormente, embarcou em sua turnê [[Up Close & Personal Tour]] no mesmo mês, que serviu como uma turnê de pré-lançamento. "Incomplete" atingiu a posição de número treze pela ''Billboard Hot 100'' nos Estados Unidos e alcançou o topo nas paradas da República Tcheca e Austrália, onde neste último, tornou-se seu primeiro êxito número um no país. Além disso, a canção figurou dentro do top 10 em treze países.
Em Abril de 2005, foram homenageados com o [[National Academy of Recording Arts and Sciences|Recording Academy Award]], em [[Miami Beach]], [[Flórida]], que marcou seu sucesso na indústria da música. Eles cantaram a música "Weird World" e foram lembrados como a banda que lançou os maiores ''hits'' do mercado musical pop dos [[Década de 1990|anos 1990]].
 
Depois de passar mais de um ano em sessões de gravação, o Backstreet Boys lançou o seu álbum de retorno intitulado ''[[Never Gone]]'', em 14 de junho de 2005. O álbum estreou em terceiro lugar na parada estadunidense com vendas de 291.000 cópias em sua primeira semana. A mudança drástica de estilo do grupo, que introduziu o ''rock'' as suas canções, atraiu criticas negativas da ''[[Rolling Stone]]''.<ref>{{cite news| url=https://www.rollingstone.com/music/albumreviews/never-gone-20050616|publicado=Rolling Stone|title=Backstreet Boys 'Never Gone'|date=16 de junho de 2005}}</ref><ref>{{cite news| url=http://www.cbsnews.com/stories/2005/06/14/earlyshow/series/summer_concerts/main701852.shtml|publicado=CBS News|title=Backstreet Boys 'Never Gone'|date=14 de junho de 2005}}</ref> Comercialmente, ''Never Gone'' foi certificado com platina nos Estados Unidos e quatro ''singles'' foram lançados do álbum. Seu segundo ''single'', "[[Just Want You to Know]]", alcançou o top 10 no Reino Unido. Como terceiro ''single'', foram lançados "[[Crawling Back to You]]" para os Estados Unidos e "[[I Still...]]" para o restante do mundo. ''Never Gone'' vendeu aproximadamente dez milhões de cópias em todo o mundo desde 2008.<ref>{{cite web|url=http://www.singeruniverse.com/backstreetboys123.htm|title=SingerUniverse Magazine – Backstreet Boys article|publisher=singeruniverse.com|accessdate=18 de junho de 2012}}</ref>
Em 11 de novembro de 2005, passaram por [[Portugal]] e realizaram um mega concerto na sua turnê Never Gone Tour. Cerca de 12 mil pessoas foram ver de perto a energia dos cinco rapazes. Um concerto que mostrou que o grupo, mesmo após quatro anos separados, estava em plena forma e que o tempo trouxe amadurecimento.
 
A fim de promover ''Never Gone'', o Backstreet Boys iniciou a primeira etapa de sua turnê [[Never Gone Tour]], em 22 de julho de 2005 na Flórida, Estados Unidos. Esta primeira etapa ocorreu até novembro de 2005 na Europa. Em janeiro de 2006 a segunda etapa iniciou-se em Tóquio, Japão. A turnê encerrou-se em 2 de fevereiro de 2006 em Melbourne, Austrália, composto de 81 concertos.
[[Brian Littrell]] lançou no dia 2 de maio de 2006, seu primeiro álbum solo, ''[[Welcome Home]]''<ref>{{citar web|url=http://www.territoriodamusica.com/resenhas/?c=1325|publicado=Território da Música|autor=Aaron M.|título=Brian Littrell: Welcome Home|data=15 de junho de 2006|acessodata=26 de novembro de 2012}}</ref>, um álbum estilo gospel. Ele conseguiu emplacar sua carreira nos Estados Unidos e em outras partes do mundo, porém, no Brasil, o seu videoclipe ficou poucas semanas nas paradas nacionais. O álbum também foi bem conceituado e premiado nos eventos de música gospel.
 
Em 23 de junho de 2006, foi anunciado que Richardson havia deixado o Backstreet Boys para buscar outros interesses.<ref>{{cite web|último=Kaufman|primeiro=Gil|url=http://www.mtv.com/news/articles/1535035/20060626/backstreet_boys.jhtml|title= Kevin Richardson Quits Backstreet Boys|publisher=MTV|date=26 de junho de 2006|accessdate=4 de março de 2010| archiveurl= https://web.archive.org/web/20100212025029/http://www.mtv.com/news/articles/1535035/20060626/backstreet_boys.jhtml| archivedate= 12 de fevereiro de 2010}}</ref> Tanto ele quanto o restante do grupo, divulgaram um comunicado em seu ''website'' oficial, afirmando que Richardson partia amigavelmente e que a porta estava sempre aberta caso ele quisesse retornar.<ref name=statement>{{cite web|title=Statement to our fans from the Backstreet Boys regarding Kevin Richardson departure from the group|url=http://www.backstreetboys.com/news.html?n=1387|publisher=Backstreet Boys|archiveurl=https://web.archive.org/web/20060625212554/http://www.backstreetboys.com/news.html?n=1387|archivedate=25 de junho de 2006|date=23 de junho de 2006}}</ref> Após a partida de Richardson, foi sugerido que o grupo mudasse seu nome para Backstreet, o que não foi aceito pelos membros.<ref name=Reuter2007>{{cite news|title=Backstreet Boys hope to restore fading fortunes|url=https://www.reuters.com/article/2007/10/13/music-backstreet-dc-idUSN1225797620071013|publicado=Reuters|accessdate=4 de setembro de 2012|date=12 de outubro de 2007}}</ref> Eles também recusaram uma oferta para estrelar um ''[[reality show]]'' para encontrar um novo membro.<ref name=Reuter2007 />
Em 26 de junho de 2006, [[Kevin Richardson]] anunciou com uma pequena nota no site oficial que estava deixando os Backstreet Boys para se dedicar mais à família e a projetos solo. Na nota ele disse dar seu apoio para que a banda continuasse e que sua saída foi amigável, não havendo brigas. Os outros integrantes também escreveram uma nota dizendo que respeitavam a decisão de Kevin e que se ele quisesse voltar as portas estariam sempre abertas e que eles se apoiariam sempre.<ref>{{citar web|url=http://www.people.com/people/article/0,,1207890,00.html|título=Kevin Richardson Leaving Backstreet Boys|autor=Stephan M. Silverman|data=26 de junho de 2006|publicado=[[People (revista)|People]]|acessodata=|língua=inglês}}</ref>
 
=== 2007-2008: Unbreakable ===
* Backstreet Boys: Larger than Life (2017-2019)
 
{{referências|col=3}}
 
== Ver também ==
944

edições