Diferenças entre edições de "Efeito de Bohr"

142 bytes adicionados ,  16h13min de 28 de novembro de 2019
m
sem resumo de edição
(Hemoglobina estava escrita de forma incorreta (Hemoboglina))
m
 
{{mais-notas|data=Março de 2011}}
 
O '''efeito de Bohr''' é caracterizado pelo estímulo à dissociação entre o oxigênio e a hemoglobina (Hb), causando liberação de oxigênio para o sangue, quando ocorre um aumento na concentração de gás carbônico, ou pela promoção da ligação do oxigênio à hemoglobina quando ocorre um aumento no pH sanguíneo, facilitando, consequentemente, a expulsão do gás carbônico pelos pulmões. Esse efeito foi identificado em 1904 pelo [[Fisiologia|fisiologista]] dinamarquês [[Christian Bohr]], pai do físico [[Niels Bohr]].
 
A reação de ligação entre a hemoglobina e o oxigênio é descrita da seguinte forma:
Hb(O<sub>2</sub>)<sub>n</sub> + O<sub>2</sub> ↔ Hb (O<sub>2</sub>)<sub>n+1</sub> + xH<sup>+</sup>
 
Ou seja, a ligação entre a Hb e o O<sub>2</sub> resulta em uma liberação de prótons que diminui o pH. Portanto, um aumento do pH (redução de H<sup>+</sup>) resulta em uma dissociação entre o oxigênio e a hemoglobina. Devido ao efeito Bohr, a Hb auxilia também no transporte de CO<sub>2</sub>. &nbsp;
 
Para que ocorra o transporte de gás carbônico pelo sangue, a seguinte reação é catalisada pela enzima anidrase carbônica:
O gás carbônico, portanto, é transportado pelo sangue na forma de bicarbonato. Quando há uma produção de CO<sub>2</sub> nos tecidos, devido ao processo de respiração celular, ocorre a formação de bicarbonato e um aumento na concentração de H<sup>+</sup> que leva a dissociação da Hb e do O<sub>2</sub> e, portanto, a um aumento da concentração de O<sub>2</sub> disponível. Nos pulmões, a alta concentração de O<sub>2</sub> induz a captação do mesmo pela Hb, resultando na liberação de H<sup>+</sup>, que irá promover a conversão de HCO<sup>-</sup><sub>3</sub> para CO<sub>2</sub>, permitindo que esse gás seja liberado para o exterior do corpo.
 
O efeito Bohr, portanto, contribui para que haja uma razão adequada entre as concentrações de CO<sub>2</sub> e O<sub>2</sub>  &nbsp;disponíveis no sangue, devido ao acoplamento das reações entre a ligação do oxigênio e a hemoglobina e a formação de bicarbonato.
 
== Referências ==