Diferenças entre edições de "Liampó"

1 byte adicionado ,  15h08min de 2 de dezembro de 2019
m
m (→‎Liampó: inserçao de espaços)
A cidade de Ningbo era conhecida durante muito tempo na Europa com o nome de Liampó. Esta era a ortografia usual utilizada na historiografia Portuguesa, apesar de [[João de Barros]] explicar que Liampó era uma adaptação portuguesa para o nome ''Nimpó''<ref name=barros1.9.7>[[João de Barros]],''Décadas da Ásia''; primeira Década, livro IX, Capítulo VII. Lisboa, [[1552]]</ref>. ''Liampó'' também aparece na ''[[Peregrinação]]'' de [[Fernão Mendes Pinto]]. No meio do [[século XVI]], os portugueses se referiam a região como o "Cabo de Liampó" a partir da "ilustre cidade" e também como a parte cidade mais oriental da Ásia,até então. <ref Name=barros1.9.7/> Os portugueses começaram a negociar em Ningbo em torno de [[1522]]. Por volta de [[1540]], os portugueses tinham uma comunidade considerável em Ningbo (ou, mais provavelmente, em pequenas ilhas próximas). A cidade era base de inúmeras atividades comerciais portuguesas nas ilhas da região.. No final de [[1540]], a população da cidade tinha mais de 3 mil pessoas,sendo que por volta de 1,2 mil eram portuguesas.<ref>Sergeĭ Leonidovich Tikhvinskiĭ (1983). Modern history of China. Progress Publishers. p. 57.</ref>.
 
Em [[1542]], os portugueses foram autorizados a se estabelecer ali, mas, para isso acontecer as autoridades chinesas foram corrompidas e assim, rapidamente, um entreposto comercial nasceu ali. Ao ter conhecimento destes casos, a comunidade portuguesa foi massacrada em Ningbo quando mais de 60 mil soldados da [[Dinastia Ming]], massacraram mais de 800 pessoas,juntamente a isto a esquadra portuguesa com 25 navios e 42 juncos foi destruída. A este episódio se dá ao nome de [[Massacre de Ningbo]]<ref>Ernest S. Dodge (1976). Islands and Empires: Western Impact on the Pacific and East Asia. Volume 7 of Europe and the World in Age of Expansion. U of Minnesota Press. p. 226. ISBN 0816608539. Retrieved 18 October 2011.</ref><ref>A.J. Johnson Company (1895). Charles Kendall Adams. ed. Johnson's universal cyclopedia: a new edition. Volume 6 of Johnson's Universal Cyclopædia. NEW YORK: D. Appleton, A.J. Johnson. p. 202. Retrieved 18 July 2011.</ref>.
 
== Geografia e Clima ==
9

edições