Masnavi Espiritual: diferenças entre revisões

25 bytes adicionados ,  14h56min de 7 de dezembro de 2019
Adicionada ligação
m (ajustes usando script)
(Adicionada ligação)
O ''Masnavi'' foi iniciado pelo poeta Rumi nos últimos anos de sua vida. Ele começou por ditar o primeiro livro com cerca de cinquenta e quatro anos em 1258 e continuou a compor versículos até à sua morte em 1273. O sexto e último livro ficou incompleto.<ref>(Franklin Lewis, "Rumi, Past and Present, East and West: The Life, Teachings and Poetry of Jalâl al-Din Rumi," Oneworld Publications, Inglaterra, 2000.)</ref>
 
Está documentado que Rumi começou a ditar versos de Masnavi a pedido de seu discípulo favorito, Husam al-Din Chalabi, que observou que muitos dos seguidores de Rumi leram diligentemente as obras de [[Sanai]] e [[Attar de Nixapur|Farid al Din Attar]]. Portanto, Rumi começou a criar um trabalho no estilo didáctico de Sanai e Attar para complementar sua outra poesia. Dizem-se que esses homens se encontraram regularmente em reuniões onde Rumi entregaria os versos e seu discípulo Chalabi os escreveria e os recitaria.<ref>Jalāl, Al-Dīn Rūmī, and William C. Chittick. The Sufi Path of Love: the Spiritual Teachings of Rumi. Albany: State University of Nueva York, 1983. Print. pp. 5-6</ref>
 
Cada livro consiste em aproximadamente {{fmtn|4000}} versos e contém a sua própria prosa e prólogo. Alguns estudiosos sugerem que, além do sexto livro incompleto, poderia haver um sétimo volume.<ref>Rumi, Jalal Al-Din. Rumi The Masnavi Book One. Trans. Jawid Mojaddedi. Oxford UP, 2004. Print. p. xxii</ref>