Diferenças entre edições de "Wish You Were Here (álbum de Pink Floyd)"

326 bytes adicionados ,  12h08min de 10 de dezembro de 2019
Resgatando 2 fontes e marcando 0 como inativas.) #IABot (v2.0
m (→‎Equipe: removendo categoria eliminada)
(Resgatando 2 fontes e marcando 0 como inativas.) #IABot (v2.0)
}}}}
'''''Wish You Were Here''''' é o [[Discografia de Pink Floyd|nono]] [[álbum de estúdio]] da [[banda musical|banda]] britânica de [[rock progressivo]] [[Pink Floyd]], lançado em setembro de [[1975 na música|1975]].<ref name="Slip">{{citar web
|url=http://www.floydianslip.com/pink-floyd/albums/album.php?id=10|título=Pink Floyd's Wish You Were Here|língua=inglês|acessodata=23 de julho de 2011|publicado=FloydianSlip.com}}</ref><ref name="Hyperbase">{{citar web|url=http://pinkfloydhyperbase.dk/albums/wish.htm|título=Wish You Were Here|língua=inglês|acessodata=23 de julho de 2011|publicado=PinkFloydHyperBase.dk}}</ref> Inspirado por material composto pelo grupo enquanto se apresentava pela Europa, ele foi gravado após numerosas sessões nos [[Abbey Road Studios|Estúdios Abbey Road]], em Londres. O disco explora temas como ausência, indústria musical e a deterioração mental de [[Syd Barrett]], um dos fundadores do conjunto.<ref name="Slip" /> As primeiras sessões se constituíram em um processo difícil e árduo, sendo iniciadas com a ideia de Waters de dividir a peça central do álbum, "[[Shine On You Crazy Diamond]]", em duas partes, unindo-as com novas composições. "Shine On" é um [[tributo]] à Barrett,<ref name="Slip" /><ref name="SDPF">{{citar web|url=http://www.sydbarrettpinkfloyd.com/2009/06/wish-you-were-here-pink-floyd.html|título=Wish You Were Here Pink Floyd|data=19 de junho de 2009|acessodata=23 de julho de 2011|língua=inglês|publicado=SydBarretPinkFloyd.com|arquivourl=https://web.archive.org/web/20120814172203/http://www.sydbarrettpinkfloyd.com/2009/06/wish-you-were-here-pink-floyd.html|arquivodata=14 de agosto de 2012|urlmorta=sim}}</ref><ref name="WatersEntrevista">{{citar web
|url=http://www.pink-floyd.org/artint/wtbang0402.htm|título=Roger Waters talks about the happy 'Syd Barrett' years|data=Abril de 2002|acessodata=23 de julho de 2011|língua=inglês|publicado=pink-floyd.org}}</ref> que, coincidentemente, fez uma visita ao estúdio enquanto ela estava sendo gravada. A banda não conseguiu reconhecê-lo imediatamente, uma vez que ele havia ganhado peso e sofrido alterações em sua aparência.<ref name="DVD">{{citar vídeo |ano = 2000 |título = The Pink Floyd and Syd Barrett Story|tipo = DVD|publicado = [[BBC]]|língua = inglês}}</ref>
 
== Gravação ==
[[Imagem:Abbey road studios.jpg|thumb|Abbey Road Studios.]]
[[Alan Parsons]] fora o [[engenheiro de som]] da EMI designado para o ''The Dark Side of the Moon'', o álbum anterior do Pink Floyd. Todavia, após seu lançamento, ele rejeitou a oferta de continuar a trabalhar com a banda (em vez disso, ele obteve sucesso com o seu grupo [[The Alan Parsons Project]]).<ref name="Mason" /> O grupo havia trabalhado com Brian Humphries em ''[[Music from the Film More|More]]'' — gravado nos Estúdios Pye<ref name="Mason" /> — e, novamente, em 1974, quando ele substituiu um inexperiente engenheiro contratado a curto prazo.<ref name="Mason" /> Ele era, portanto, a escolha natural para trabalhar no novo material do conjunto, embora fosse um estranho para a equipe da Abbey Road, encontrando algumas dificuldades iniciais, incluindo uma situação em que ele, sem querer, foi responsável por estragar as faixas de fundo de "Shine On" — uma parte que Waters e Mason tinham levado horas para aperfeiçoar. Todo esse trecho, corrompido com [[eco]], teve de ser regravado.<ref name="Schaffner" /><ref name="Mason" /><ref name="Redbeard">{{citar web | url=http://www.inthestudio.net | título="In the Studio with Redbeard" | acessodata=2019-12-10 | arquivourl=https://web.archive.org/web/20140208014251/http://www.inthestudio.net/ | arquivodata=2014-02-08 | urlmorta=sim }} Barbarosa Ltd. Productions, 1992.</ref>
 
Trabalhando no Estúdio Três de Abbey Road,<ref name="Mason" /> a banda achou difícil, em primeira instância, compor quaisquer novos materiais, especialmente porque o sucesso de ''The Dark Side of the Moon'' deixou todos física e emocionalmente esgotados. [[Richard William Wright|Richard Wright]] descreveu as sessões iniciais como "um período difícil", e Roger Waters, como "tortuoso".<ref name="Schaffner" /> O baterista [[Nick Mason]] achou o processo de gravação em múltiplas faixas tedioso,<ref name="Mason" /> e [[David Gilmour]] estava mais interessado em aprimorar o material já existente. Ele também passou a se frustrar com o comportamento Mason, cujo casamento malogrado havia provocado indisposição e apatia ao baterista, o que afetava sua performance.<ref name="Schaffner" /> Mason admitiu, também, que a crítica de Nick Kent à ''NME'' talvez tenha tido alguma influência, ainda que tenha mantido a banda unida.<ref name="Mason" /><ref name="Blake">{{citar livro
226 962

edições