Diferenças entre edições de "Copa do Mundo FIFA de 1994"

6 bytes removidos ,  14h08min de 18 de dezembro de 2019
sem resumo de edição
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel Edição móvel avançada
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel Edição móvel avançada
|goleada_local = [[Stanford Stadium]]
|goleada_cidade = [[Palo Alto]]
|goleada_data = 28 de junho, [[#Grupo B|Grupo B]]
|público = 3587538
|público_jogos = 52
|campeonato_depois= [[Copa do Mundo FIFA de 1998|1998]] {{FRAb}}
}}
A '''[[Copa do Mundo FIFA]] de [[1994]]''' foi a 15ª edição sediada nos [[Estados Unidos]], sendo ao 1ª Copa do Mundo deº FutebolMundial a ser realizadarealizado neste país. Apesar da pouca tradição [[Estados Unidos|norte-americana]] no [[futebol]], foi oeste mundial do país que bateu todos os recordes de público, mantidos até os dias de hoje. Com um futebol extremamente eficiente e com um grupo muito unido liderado pelo polêmico craque [[Romário]], a [[Seleção Brasileira de Futebol|Seleção brasileira]] conquistou o quarto título mundial ao bater a [[Seleção Italiana de Futebol|Itália]] na final. O titulo do Brasil foi comemorado também como uma homenagem ao tricampeão mundial de fórmula 1 [[Ayrton Senna]], falecido em [[1 de maio]] daquele ano.
 
A Copaedição foi aberta no estádio [[Soldier Field]], em [[Chicago]], no dia 17 de junho, com direito a performance de [[Diana Ross]]. No mesmo dia, aconteceu o jogo de abertura entre a Alemanha (sua primeira Copa reunificada) contra a Bolívia. A seleção venceu o jogo por um magro 1–0, gol do atacante [[Jürgen Klinsmann]]. Nesse jogo, o craque boliviano [[Marco Etcheverry]], que tinha tudo para se destacar, recebeu o primeiro cartão vermelho desta Copa ao agredir [[Lothar Matthäus]],<ref>{{Citar web|titulo = Folha de S.Paulo - Erros da arbitragem fazem os momentos mais lamentáveis - 12/7/1994|url = http://www1.folha.uol.com.br/fsp/1994/7/12/esporte/31.html|website = www1.folha.uol.com.br|acessodata = 2016-02-13}}</ref> fazendo jus ao apelido de "''El Diablo''". Estreante em copas, a [[Seleção Saudita de Futebol|Arábia Saudita]] mostrou ao mundo do futebol a que veio no terceiro jogo contra a Bélgica. Após receber a bola do campo de sua equipe, [[Saeed Al-Owairan]] decidiu partir para cima dos belgas e após driblar meio time, tocou na saída do experiente goleiro [[Michel Preud'homme]], um dos melhores do mundo na época e que seria eleito o melhor daquela Copa,<ref>{{Citar web|titulo = O artilheiro e os destaques da Copa de 1994, nos Estados Unidos - UOL Copa do Mundo|url = http://copadomundo.uol.com.br/2010/historia-das-copas/1994-estados-unidos/voce-sabia/|website = copadomundo.uol.com.br|acessodata = 2016-02-13}}</ref> marcando o mais belo gol do Mundial.
 
O Brasil fez a seguinte campanha: duas vitórias e um empate na fase de grupos: 2–0 contra a Rússia, 3–0 contra Camarões e 1–1 contra a Suécia; nas oitavas de final derrotou os Estados Unidos por 1–0; nas quartas de final eliminou os Países Baixos por 3–2; na semifinal, 1–0 frente à Suécia; na grande final, o Brasil jogou contra a Itália, o jogo terminou empatado em 0–0 nos 90 minutos do tempo normal e na prorrogação. O Brasil conquistou o título após ganhar a disputa por pênaltis pelo placar de 3–2 e se tornou a primeira seleção tetracampeã mundial de futebol. Foi uma Copa do Mundo de grandes surpresas. A [[Seleção Búlgara de Futebol|Bulgária]], que até ali em 6 participações anteriores jamais havia vencido um jogo de Copa do Mundo, superou grandes favoritos, sendo a 2.ª colocada em um grupo que tinha a [[Seleção Argentina de Futebol|Argentina]], além de eliminar em um jogo emocionante a [[Seleção Alemã de Futebol|Alemanha]], até então a Campeã mundial defensora, por 2–1 nas quartas de final. Chegou à semifinal e terminou em 4.º lugar.
7 571

edições