Diferenças entre edições de "Assis Chateaubriand"

1 646 bytes removidos ,  18h56min de 23 de dezembro de 2019
m
Foram revertidas as edições de 2804:14C:4A:83D7:3CE1:D232:F470:8C5C para a última revisão de Conde Edmond Dantès, de 05h18min de 23 de dezembro de 2019 (UTC)
(faltava um nome)
m (Foram revertidas as edições de 2804:14C:4A:83D7:3CE1:D232:F470:8C5C para a última revisão de Conde Edmond Dantès, de 05h18min de 23 de dezembro de 2019 (UTC))
Etiqueta: Reversão
Filho de Francisco José Bandeira de Melo e de Maria Carmem Guedes Gondim, foi batizado [[Francisco de Assis]] por ter nascido no dia dedicado ao santo, a quem a mãe era devota. O nome "Chateaubriand" tem origem na admiração do pai pelo [[poeta]] e [[pensador]] [[França|francês]] [[François-René de Chateaubriand]], a ponto de comprar uma escola em meados do [[século XIX]], na região de [[São João do Cariri]], dando-lhe o nome do pensador francês. Logo, Francisco José passou a ser conhecido na região como "seu José do Chateaubriand", que, por [[corruptela]], derivou para "José Chateaubriand". O nome ficou tão vinculado a Francisco José que ele batizou seus filhos com o sobrenome francês.<ref>Morais, p. 30-1</ref>
 
Chateaubriand casou-se uma vez apenas, com Maria Henriqueta Barroso do Amaral, filha do juiz Zózimo Barroso do Amaral. Teve três filhos: Fernando, Gilberto e Teresa.<ref>[http://www.museudatv.com.br/biografias/Assis%20Chateaubriand.htm Chateaubriand:casamento]</ref> Em 1934, desquitou-se e uniu-se a uma jovem de nome Corita, com quem teve uma filha, Teresa, que decidida a deixar Chatô, levou a filha com ela. Chatô consegue sequestrar a própria filha, assumindo a paternidade e, com o apoio de Getúlio Vargas, obtém o [[Poder familiar|pátrio poder]].
 
Teve três filhos com três senhoras diferentes:
 
Com dona Maria Henriqueta Barroso do Amaral teve Fernando Antônio Chateaubriand Bandeira de Melo- fonte Leão Gondim de Oliveira, primo de dr. Assis, portanto a fonte é a Família;
 
Com madame Jeanne Paulette Marguerite Allard ; diplomata Gilberto Francisco Renato Allard Chateaubriand Bandeira de Melo, ou simplesmente Gilberto Chateaubriand, importante mecenas brasileiro. Fonte Leão Gondim de Oliveira, primo de dr. Assis, portanto a fonte é a Família;
 
Com doña Cora Acuña. Corita, teve Teresa "Teresoca" Chateaubriand Acunha Bandeira de Mello, hoje senhora  Leonardo Fonseca Alkmin, filho do celebre politico José Maria Alkmin e Maria das Dores Kubitschek da Fonseca, prima do presidente JK. onte Leão Gondim de Oliveira, primo de dr. Assis, portanto a fonte é a Família;
 
Doña Corita abandonou dr. Assis para casar com o senhor Clito Barbosa Bokel e levou Teresoca. Com ajuda do primo e e amigo Leão Gondim de Oliveira, o dr. Assis recuperou a filha, conseguido o que ficou conhecido como lei Teresoca, ou seja, o dr. Getúlio assinou Decreto-Lei nº 4.737, de 24 de setembro de 1942, que permitia o reconhecimento, depois do desquite, de filhos havidos fora do matrimônio, depois o dr. Getúlio complementou com o Decreto-Lei nº 5.213, de 21 de janeiro de 1943, modificando o artigo 16 do Decreto-Lei nº 3.200/41, dando-lhe nova redação: “o filho natural, enquanto menor, ficará sob o poder do progenitor que o reconheceu e, se ambos o reconheceram, sob o do pai, salvo se o juiz entender doutro modo, no interesse do menor”. Fonte: próprio jornalista Leão Gondim de Oliveira, portanto a fonte é a Família;
 
As relações de Chatô, especialmente com os filhos, são conturbadas e repletas de grandes conflitos e separações radicais.<ref>[http://www.obcom.nap.usp.br/?q=biografia/13162 Biografia]</ref>
Em 10 de agosto de 1967, Assis Chateaubriand entregou ao reitor da Fundação Universidade Regional do Nordeste (hoje [[Universidade Estadual da Paraíba]] – UEPB), Edvaldo de Souza do Ó, o primeiro acervo do Museu Regional de Campina Grande, localizado em [[Campina Grande]], Paraíba. O acervo foi chamado de "Coleção Assis Chateaubriand", com cento e vinte peças. A partir de então, o museu passou a ser chamado de "[[Museu de Artes Assis Chateaubriand]]".
 
A Ordem do Jagunço, uma uma condecoração criada para homenagear aqueles que, segundo sua percepção, mereciam destaque. Conferida tanto a nacionais quanto a estrangeiros, vicejou apenas durante a vida do polêmico jornalista, primeiro e único grão-mestre da ordem. Fonte Wikipedia e Revista O Cruzeiro. E Leão Gondim de Oliveira primo de dr. Assis, logo a fonte é a Família.
 
<br />
===Morte===
Em fevereiro de 1960 Assis Chateaubriand foi acometido de uma trombose. Morreu em [[4 de abril]] de 1968, em São Paulo, depois da pertinaz doença, a que ele resistiu por longos anos, continuando, mesmo paraplégico e impossibilitado de falar, a escrever seus artigos. Foi velado ao lado de duas pinturas dos grandes mestres: um cardeal de [[Ticiano]]<ref>