Fato mental: diferenças entre revisões

33 bytes adicionados ,  17h37min de 28 de dezembro de 2019
m
Correcção ortográfica FACTO
(Foram revertidas as edições de 189.24.34.23 por fazer testes nos artigos (usando Huggle) (3.1.20))
m (Correcção ortográfica FACTO)
{{portal-filosofia}}
O conceito de {{PBPE|fato mental|facto mental}} inclui coisas tais como percepções, [[sentimento]]s e [[julgamento]]s. FatosFactos mentais são, em última análise causados ​​por fatosfactos físicos, em que os fatosfactos mentais dependem das funções físicas e biológicas que são necessários para a [[consciência]].
 
Os processos físicos e biológicos que são necessários para a consciência permitam que indivíduos conscientes reconheçam fatosfactos físicos e mentais. Assim, os fatosfactos mentais são baseadas em fatosfactos físicos, e os fatosfactos físicos e mentais são necessários para a construção de uma [[realidade]] [[social]].
 
De acordo com [[John Searle]], fatosfactos mentais podem ser [[fato institucional|intencionais]] ou [[fato bruto|não-intencionais]], dependendo se são ou não dirigidos a algo.<ref>John Searle, The Construction of Social Reality (New York: The Free Press: 1995), p.7.</ref><ref>''O Sítio da Mente: Pensamento, Emoção e Vontade no Cérebro Humano'' por Henrique Schützer Del Nero CAPÍTULO 7 - (1997 [http://www.lsi.usp.br/~hdelnero/Resumossitiodamente.html]</ref><ref>''CAUSAS EXCLUDENTES'' por ANDRÉ FUHRMANN (Universitat Konstanz) e WILSON MENDONÇA (Universidade Federal do Rio de Janeiro) pg. 272 [http://www.cfh.ufsc.br/~principi/p42-4.PDF]</ref><ref>''A Dilemma for Searle's Argument for the Connection Principle.'' by Kirk Ludwig (Department of Philosophy of University of Florida) page 5</ref><ref>''Consciousness, explanatory inversion, and cognitive science.'' Behavioral and Brain Sciences 13: 585-596 - por Searle, John R. (1990) - Nocao baisca de fato mental</ref><ref>''Solving the Mind-Body Problem: Dualism vs. Searle'' por Bryan Caplan (1992) - [http://econfaculty.gmu.edu/bcaplan/Searle]</ref><ref>''Elementos para uma crítica aos fundamentos da Teoria dos Atos de Fala'' por Luiza Naome Suguimatti em sua dissertação apresentada no Curso de PósGraduação em Letras: Lingüística de Língua Portuguesa, do Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes da Universidade Federal do Paraná, para obtenção do grau de Mestre em Letras.</ref>
 
{{Referências}}
== {{Ver também}} ==
* [[Elizabeth Anscombe]]
* [[Fato bruto|Facto bruto]]
* [[Direção-de-ajuste]]
* [[Fato social|Facto social]]
* [[John Searle]]
 
37

edições