Diferenças entre edições de "Naná Vasconcelos"

12 bytes adicionados ,  19h54min de 28 de dezembro de 2019
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
No início da década de 1970, formou o [[Trio do Bagaço]], com [[Nélson Angelo]] e [[Maurício Maestro]], apresentando-se, com o grupo, no México, a convite de [[Luis Eça]]. Foi nesta mesma época que [[Gato Barbieri]], saxofonista argentino, o convidou para fazer parte do seu grupo, ajudando o percussionista a ganhar projeção internacional, começando uma longa carreira fora do Brasil. Com o músico argentino, ele se apresentou em Nova York e Europa, com destaque para o festival de Montreaux, na Suíça, onde o percussionista encantou público e crítica.<ref>{{citar web |url=https://www.nexojornal.com.br/expresso/2019/01/18/As-iniciativas-para-manter-vivo-o-legado-de-Nan%C3%A1-Vasconcelos |título=As iniciativas para manter vivo o legado de Naná Vasconcelos |autor=Rocha, Camilo |data=16 de janeiro de 2019 |acessodata=20 de janeiro de 2019 |publicado=Nexo Jornal}}</ref>
 
Sua discografia é tão extensa quanto os projetos ligados à música nos quais ele esteve envolvido.<ref>[http://tvbrasil.ebc.com.br/segueosom/episodio/o-som-do-percussionista-nana-vasconcelos tvbrasil.ebc.com.br/] ''O som do percussionista Naná Vasconcelos''</ref> Ele atuou como percussionista ao lado de diversos artistas internacionais como [[B. B. King]], [[Jean-Luc Ponty]], [[David Byrne]], [[Jon Hassell]], [[Egberto Gismonti]], [[Pat Metheny]], [[Björk]], [[Evelyn Glennie]] e [[Jan Garbarek]]. Formou, entre os anos de 1978 e 1982, ao lado de [[Don Cherry]] e [[Collin Walcott]], o trio de ''[[jazz]]'' [[Codona|CoDoNa]], com o qual lançou 3 álbuns, num estilo musical definido como ''world jazz''. Em 1981, tocou no [[Woodstock Jazz Festival]], em comemoração ao décimo aniversário do Creative Music Studio. Em 1998, Vasconcelos contribuiu com a música "Luz de Candeeiro" para o álbum ''Onda Sonora: Red Hot + Lisbon'', compilação beneficente em prol do combate à AIDS, produzida pela Red Hot Organization.
 
Em 2013, o músico fez a trilha sonora da animação ''[[O Menino e o Mundo]]'', que concorreu ao [[Oscar de melhor filme de animação]] em [[Oscar 2016|2016]].<ref>{{Citar web|url=http://tvuol.uol.com.br/video/nana-vasconcelos-faz-trilha-para-a-animacao-o-menino-e-o-mundo-04020E1B3072C4B94326/|título=Naná Vasconcelos faz trilha para a animação "O Menino e o Mundo"|publicado=UOL|acessodata=9 de março de 2016}}</ref>
14

edições