Diferenças entre edições de "Solaris (romance)"

330 bytes adicionados ,  00h35min de 29 de dezembro de 2019
#WikiFontes
(Resgatando 0 fontes e marcando 1 como inativas. #IABot (v2.0beta14))
(#WikiFontes)
}}
[[File:Solaris, various editions.jpg|250 px|thumb|right|Edições de ''Solaris'' em diversas línguas]]
'''''Solaris''''' é um [[romance]] de [[ficção científica]] escrito em [[1961]] pelo autor [[Polônia|polonês]] [[Stanisław Lem]].<ref name=":0" /> O romance inspirou dois filmes: o filme [[Andrei Tarkovski|Solaris produzido por Andrei Tarkovski]], e o [[Solaris (2002)|produzido por]] [[Steven Soderbergh]].
 
== Trama ==
O livro traz a história do cientista Kris Kelvin, psicólogo que vai ao planeta Solaris para estudar um oceano vivo – e possivelmente inteligente – que cobre a sua superfície. Mas ao chegar na estação espacial, Kelvin encontra colegas de trabalho hostis e amedrontados. Logo ele descobre que esses respeitados cientistas estão sendo perturbados por estranhas aparições, que também começam a afetar sua própria percepção. O que ele vê são suas memórias mais obscuras e reprimidas, materializadas por obra de alguma misteriosa força atuante no planeta.<ref name=":0">{{Citar web|titulo=Solaris {{!}} Editora Aleph - editoraaleph|url=https://www.editoraaleph.com.br/solaris/p|obra=www.editoraaleph.com.br|acessodata=2019-12-29}}</ref>
Um planeta é constituído de um imenso oceano inteligente. Exploradores tentam entrar em contato com essa inteligência "não humana". O oceano envia a cada explorador um "visitante", réplica de uma pessoa que ele conheceu no passado. O livro relata o fracasso dessas tentativas de comunicação.
 
== Filmes ==
Este romance de ficção científica inspirou dois filmes (veja [[Solaris (filme)]]).
 
{{Referências}}
== Ligações externas ==
{{Commons|Solaris}}
* [http://e-nigma.com.pt/criticas/solaris.html Solaris, por Stanislaw Lem]{{Ligação inativa|1=data=maio de 2019 }}uma crítica de Alexandre Beluco em [http://e-nigma.com.pt E-nigma]. Acessado em 2 de agosto de 2007.
 
{{Portal3|Literatura}}
4 453

edições