Diferenças entre edições de "Deus Nos Acuda"

4 583 bytes adicionados ,  22h06min de 29 de dezembro de 2019
Produção_
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
(Produção_)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
|imagem = Novela Deus Nos Acuda 1992.JPG
|img-tam = 260px
|descr = logotipo da novela
|formato = Telenovela
|gênero = [[comédia romântica]]
 
Contou com as participações de <!--OITO atores ordenados conforme <http://web.archive.org/web/20190417031843/http://teledramaturgia.com.br/deus-nos-acuda/> NÃO alterar-->[[Glória Menezes]], [[Francisco Cuoco]], [[Marieta Severo]], [[Cláudia Raia]], [[Edson Celulari]], [[Dercy Gonçalves]], [[Cláudio Correia e Castro]] e [[Jorge Dória]].<ref name= TD/>
 
==Produção==
Após ''[[Rainha da Sucata]]'', [[Sílvio de Abreu]] retornava ao horário das 19 horas para manter os bons índices de audiência, ofuscados por programas de outras emissoras, como o jornalístico ''[[Aqui Agora]]'', do [[SBT]]. A trama iria estrear em janeiro de 1992, mas foi adiada devido a questões de produção, estreando em agosto do mesmo ano. As cenas externas do cruzeiro onde os protagonistas Maria e Ricardo se conheceram foram gravadas no navio
Norway no [[Caribe]].
 
Para compor a trama, Sílvio de Abreu se inspirou nos problemas que o Brasil vivia na época, com [[Fernando Collor]] como presidente. A idéia de colocar o céu como elemento, ora dramático, ora cômico, mas que interferia nas vidas das pessoas da Terra partiu do filme ''[[A Felicidade Não Se Compra]]'', de [[Frank Capra]]. Já a redenção da mocinha Maria, uma "trambiqueira de pai e mãe", teve inspiração no filme ''[[O Segredo das Jóias]]'', de [[John Huston]].
 
A comediante [[Dercy Gonçalves]], com 86 anos na época, contou com a ajuda dos atores Luís Carlos e Luci Fontes nas gravações. Eles liam as falas para ela num [[ponto eletrônico]]. Silvio de Abreu afirma que, como já havia assistido a muitas peças estreladas por Dercy, conseguia escrever exatamente como ela falava, isto é, intercalando assuntos e fazendo piadas.
 
A atriz [[Maria Cláudia]] retornava à TV após 9 anos afastada. No meio da trama, o ator [[Francisco Cuoco]] se afastou da trama após sofrer uma [[crise de úlcera]], fazendo Sílvio de Abreu reescrever doze capítulos da trama. A explicação dada para o sumiço do personagem Otto foi uma viagem inesperada.
 
Depois de protagonizarem o romance de Maria Escandalosa e Ricardo Bismark na novela, [[Claudia Raia]] e [[Edson Celulari]] oficializaram sua união na vida real. Os dois foram casados entre 1993 e 2010, e tiveram dois filhos: Enzo e Sophia.
 
===Cenografia===
Criado por Luiz Carlos Caligiuri, o cenário do céu era totalmente branco, cercado de luzes, transparências e cheios de objetos metálicos e brilhantes.Celestina ficava instalada no corredor do Terceiro Mundo e tinha uma sala bagunçada, repleta de aparelhos de televisão velhos e danificados. O visual lembrava uma repartição pública, um deboche com o atraso tecnológico dos países mais pobres. Gabriel, por sua vez, ficava no corredor do Primeiro Mundo, e assistia a tudo o que acontecia na Terra através de sofisticados equipamentos, repletos de comandos e controles de última geração. Para dar a impressão de que o cenário estava sobre nuvens, a produção usou [[gelo seco]]. Foram necessários mais de 600 quilos nos primeiros dias de gravação.
 
A cidade cenográfica reproduziu os arredores do [[Porto de Santos]]. Construída em [[Jacarepaguá]], ocupou uma área de aproximadamente 18 mil metros quadrados.
 
===Abertura===
A abertura de ''Deus nos Acuda'' era uma sátira e ao mesmo tempo uma denúncia à corrupção no Brasil, mostrando um mar de [[lama]] invadindo o salão em que se realizava uma festa da alta saciedade. O set de gravação foi construído como uma gaiola suspensa sobre uma piscina, com o chão feito de arame vazado para permitir que a lama – [[isopor]] ralado, [[anilina]] e álcool – cobrisse os convidados à medida que o cenário era mergulhado na piscina. Em seguida, por [[computação gráfica]], um rodamoinho misturava o salão a outros elementos, como aviões, iates e lanchas, e tudo ia sendo escoado por um ralo, que, ao final, transformava-se no contorno do mapa do Brasil. O país que desce pelo ralo, na realidade, é um tanque em forma de Brasil, com água marrom descendo até o fundo.<ref name="abertura">{{citar web|url=https://noticiasdatv.uol.com.br/mobile/noticia/televisao/ha-25-anos-brasil-afundava-em-lama-de-isopor-em-abertura-de-deus-nos-acuda--16592|titulo=Há 25 anos, Brasil afundava em lama de isopor na abertura de Deus nos Acuda|publicado=Notícias da TV|autor=Redação|data=31 de agosto de 2017|acessodata=29 de dezembro de 2019}}</ref>
 
Com duração de 75 segundos, a abertura exigiu um trabalho minucioso de [[Hans Donner]] e sua equipe. Foram utilizadas cinco câmeras na gravação: três presas nas paredes do cenário, para descerem junto com ele; uma no teto, registrando a cena de cima para baixo; e outra sobre uma plataforma de isopor, que passeava entre os convidados da festa. Cada descida da gaiola na piscina durava 17 segundos, e a cena só podia ser rodada uma vez ao dia, já que as roupas dos modelos tinham que ser lavadas a cada gravação.<ref name="abertura"/>
 
== Enredo ==
1 939

edições