Diferenças entre edições de "Fita cassete"

175 bytes adicionados ,  21h11min de 11 de janeiro de 2020
sem resumo de edição
m (Foram revertidas as edições de 189.120.78.106 para a última revisão de Salebot, de 09h59min de 15 de novembro de 2019 (UTC))
Etiqueta: Reversão
 
=== O auge ===
[[Imagem:Original Sony Walkman TPS-L2.JPG|thumb|Primeiro modelo da linha [[Walkman]].]]
[[Imagem:CassetteTypes1.jpg|thumb|Cassetes de diferentes qualidades e tempos de duração. A fita no topo é uma Maxell MX (Tipo IV), da direita é uma [[TDK]] SA (Tipo II) e da esquerda uma TDK D (Tipo I).]]
Entre a [[década de 1970]] e os meados da [[década de 1990]], o cassete era um dos dois formatos mais comuns para a música pré-gravada, junto aos discos de vinil (compactos e LPs). A venda de conjuntos integrados (no Brasil, "3 em 1") com receptor FM, toca-discos para vinil e gravador cassete fizeram com que houvesse uma tremenda difusão nas fitas gravadas domesticamente: cada um podia fazer a sua seleção de músicas das rádios ou dos discos.
 
 
== Tipos de fitas ==
 
=== Por duração ===
[[Imagem:Cassette Write Protect IV.jpg|thumb|Indicadores de tipos de fitas cassete.]]
O cassete, dependendo do comprimento da fita, permite diversas durações de gravação. Precisamente, o nome da fita já indica a sua duração, como C-60 (60 minutos, 30 para cada lado).
 
 
=== Por material magnético ===
[[Imagem:CassetteTypes1.jpg|thumb|Cassetes de diferentes qualidades e tempos de duração. A fita no topo é uma Maxell MX (Tipo IV), da direita é uma [[TDK]] SA (Tipo II) e da esquerda uma TDK D (Tipo I).]]
Utilizam-se diversos tipos de material magnético para os cassetes. Cada um deles tem diferentes requisitos de polarização (''bias'') e equalização. Segundo este critério, podem-se distinguir quatro tipos de fitas:
 
19 781

edições