Diferenças entre edições de "Francisco José Rufino de Sousa Lobato"

sem resumo de edição
[[Imagem:2.º Visconde de Santarém e Viscondes de Vila Nova da Rainha - pormenor do Retrato da Família do 1.º Visconde de Santarém (1816), por Domingos Sequeira.png|thumb|right|250px|Francisco José Rufino de Sousa Lobato (ao centro), com [[Manuela sua esposa, Mariana Leocádia Bárbara Francisco de Barros e Sousa de Mesquita de Macedo Leitão e Carvalhosa|o seue o sobrinho epaterno futurodesta Visconde[[Manuel Francisco de Santarém]],Barros e comSousa aMesquita suaMacedo esposa,Leitão D.e MariaCarvalhosa]], Leocádiafuturo Barbosa2.º Visconde de SousaSantarém.]]
'''Francisco José Rufino de Sousa Lobato''' ([[Azambuja]], [[Vila Nova da Rainha (Azambuja)|Vila Nova da Rainha]], [[30 de julho]] de [[1773]] – [[6 de maio]] de [[1830]]), primeiro '''[[Barão de Vila Nova da Rainha]]''' e primeiro '''[[Visconde de Vila Nova da Rainha]]''',<ref>{{citar web|url=http://www.arqnet.pt/dicionario/vnrainha1v.html|titulo=Decreto Regulamentar nº 82/2007 Portugal – Dicionário histórico |publicado=Arqnet|acessodata= 7 de Setembro de 2013}}</ref> foi um aristocrata e político português.
 
Filho de José Joaquim de Sousa Lobato e de sua mulher Maria Joana von Henring, filha de Bernardo José da Silveira e de sua mulher [[Alemães|Alemã]] a Hochwohlgeboren Joanna Maria Christina Herrin von Henring; neto paterno de Luís António de Araújo e de sua mulher Maria Luísa Antónia Raimunda ([[Lisboa]], [[Santa Justa (Lisboa)|Santa Justa]]), filha de Gregório Raimundo Vieira e de sua mulher Luísa Maria da Cunha (Lisboa, [[São José (Lisboa)|São José]]); e bisneto de Matias de Sousa Lobato e de sua mulher Isabel Maria de Almeida, ambos de Lisboa.
 
Era irmão do 1.º [[Barão de MajéMagé]] e 1.º [[Visconde de MajéMagé]] e do novo2.º Barão e novo 2.º Visconde deste título no [[Império do Brasil]].
 
Casou a [[5 de fevereiro]] de [[1800]] com Mariana Leocádia Bárbara de Barros e Sousa Mesquita Macedo Leitão e Carvalhosa (9 de dezembro de 1759 - 7 de fevereiro de 1835), irmã de [[João Diogo de Barros e Sousa Mesquita Macedo Leitão dee Carvalhosa]], 1.º [[Visconde de Santarém]]. Teve um filho com ela, Evaristo José de Sousa Lobato, e outro com sua criada de quarto Maria da Conceição Alves, aldeã pobre de 19 anos, [[Francisco Gomes da Silva, o Chalaça]].
 
Recebeu o Baronato por Decreto de [[5 de junho]] de [[1809]] de D. [[Maria I de Portugal]], e o Viscondado por Decreto da mesma Rainha de [[21 de maio]] de [[1810]], ambos quando já se encontrava no [[Colonização do Brasil|Brasil]] junto com o [[João VI de Portugal|Príncipe Regente]] e a Família Real, refugiada da Europa, invadida por [[Napoleão]].
Utilizador anónimo