Diferenças entre edições de "Papa Formoso"

7 bytes removidos ,  02h11min de 16 de janeiro de 2020
sem resumo de edição
m (Página marcada que carece de mais fontes)
Nove meses após a sua morte, o cadáver de Formoso foi exumado da cripta papal para ser julgado perante um [[Sínodo do Cadáver]], presidido por [[papa Estêvão VI|Estêvão VI]] (que era o papa 113º e o que estava no poder). O papa falecido foi acusado de excessiva ambição pelo cargo papal, e todos os seus atos foram declarados nulos. O cadáver foi despido das vestes pontifícias, e os dedos da mão direita foram amputados. Foi então enterrado em cemitério para estrangeiros, como forma de desonra. Depois, foi novamente exumado, tendo seu corpo esquartejado e jogado no [[Rio Tibre]].
 
Seu corpo fôra recuperado mais tarde, e, por fim, enterrado na Basílica de São Pedro,como com vestes papais, junto a outros pontífices mortos.
 
{{Referências}}
Utilizador anónimo