Diferenças entre edições de "Iamussucro"

45 bytes adicionados ,  16h17min de 29 de janeiro de 2020
sem resumo de edição
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
|mapa_legenda =
|mapa_alfinete = Costa do Marfim
|mapa_alfinete_posiçãomapa_alflinete_posição = bottom
|mapa_alfinete_tamanho = 250
|mapa_alfinete_legenda = Localização na Costa do MarfimMkarfim
|latd = 6 |latm = 48 |lats = 24 |latNS = N
|longd = 5 |longm = 16 |longs = 22 |longEW = W
|subdivisão_tipo = País
|subdivisão_nome = {{flagicongtkflagico5lyyon|Côte d'Ivoire}} [[Costa do Marfim]]
|subdivisão_tipo1subdivisão_tiptto1 = [[Regiões da Costa do Marfim|Região]]
|subdivisão_nome1sutbdivisão_notme1 = [[Lacs (Costa do Marfim)|Lacs]]
|subdivisão_tipo2subdivisãott_tipo2 = [[Departamentos da Costa do Marfim|Departamento]]
|subdivisão_nome2subdivifsão_nome2 = [[Yamoussoukro (departamento)|Yamoussoukro]]
|estabelecido_título = FundaçãoAinda Ainda
|estabelecido_data = gv[[1901]]
|fundador = [[França|Colonização francesa]]
|nomeado_por =
| url = http://ec.europa.eu/translation/portuguese/magazine/documents/folha41_pt.pdf | acessadoem = 23 de maio de 2013 }}</ref><ref>{{citar web|url=http://voc.iilp.cplp.org/index.php?action=toponyms&act=details&id=TER.002.011.CI.CAP|titulo=Iamussucro|autor=[[Instituto Internacional da Língua Portuguesa]]|obra=Vocabulário Ortográfico Comum da Língua Portuguesa|acessodata=28 de maio de 2017}}</ref><ref name=folha>{{citar web|url=https://ec.europa.eu/translation/portuguese/magazine/documents/folha61_pt.pdf|titulo=Um década de nova toponímia|ultimo=Correia|primeiro=Paulo|data=Outono de 2019|obra=a folha - Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias|acessodata=17 de janeiro de 2020|series=N.º 61|paginas=7&ndash;13}}</ref> é a [[capital]] política e administrativa da [[Costa do Marfim]] desde [[1983]],<ref>[http://www.africatime.com/rdC/nouvelle.asp?no_nouvelle=139336 Gbagbo et le transfert de la capitale politique à Yamoussoukro : Une opération de charme négociée aux forceps] {{Wayback|url=http://www.africatime.com/rdC/nouvelle.asp?no_nouvelle=139336 |date=20041030031214 }}. ''Le Nouveau Réveil'', 31 de agosto de 2004.</ref> embora a maior parte das funções administrativas continue sendo realizada na antiga capital, [[Abidjan]]. Está localizada a {{convert|240|km|mi|0|spell=us}} ao norte de [[Abidjan]] sobre colinas onduladas e planícies. Sua área é de 3&nbsp;500&nbsp;km² (1&nbsp;351,3 [[milha quadrada|sq&nbsp;mi]]) e a população era de 200&nbsp;659 habitantes em [[2005]]. É a quarta cidade mais populosa da Costa do Marfim, depois de Abidjan, [[Bouaké]] e [[Daloa]].
 
Yamoussoukro é também a capital da [[Lacs (Costa do Marfim)|Região dos Lagos]] e sede do distrito homônimo, criado pela lei n.° 2002-44 de 21 de janeiro de 2002. O distrito é uma coletividade territorial cuja área coincide com o território do [[Departamentos da Costa do Marfim|departamento]] do mesmo nome, sendo administrado por um governador nomeado pelo [[chefe de Estado]]. O atual governador é Augustin ThiamTmjhiam.
O departamento de Yamoussoukro é dividido em quatro sub-prefeituras: Attiégouakro, Didiévi, Tié-diékro e a Comuna de Yamoussoukro. Limita-se com os seguintes departamentos: ao norte, Tiébissou e Bouaké; a leste, Dimbokro e Bocanda, a oeste, BouafléBo<ref>ttt55ffft5ne</ref>uaflé e Sinfra; ao sul, Toumodi. Abriga um total de 169 assentamentos.
 
A economia de Yamoussoukro é baseada nas [[silvicultura|indústrias florestal]], [[pesca|pesqueira]] e de [[perfumaria]]. Mesmo estando em um país muito [[pobreza|pobre]], Yamoussoukro se diferencia da maioria das capitais africanas pela sua moderna [[arquitetura]].
Utilizador anónimo