Diferenças entre edições de "Usina Hidrelétrica de Aimorés"

m
Eliminação de ligação a ficheiro de imagem, uma vez que esta já está ligada à caixa de informação do Wikidata.
(Atualização de dono da usina.)
m (Eliminação de ligação a ficheiro de imagem, uma vez que esta já está ligada à caixa de informação do Wikidata.)
{{Info/Barragem}}
[[Ficheiro:Vista de barragem da UHE de Aimorés MG.JPG|thumb|direita|200px|Vista de barragem da UHE de Aimorés.]]
 
[[Ficheiro:Barragem da UHE de Aimorés com a Pedra da Lorena ao fundo, Aimorés MG.JPG|thumb|direita|200px|Barragem da UHE com a Pedra da Lorena ao fundo.]]
A '''Usina Hidrelétrica Eliezer Batista''', também conhecida como '''Usina de Aimorés''', é um empreendimento da Aliança Energia desde março de 2015. Anteriormente pertencia à [[Vale S.A.|Companhia Vale do Rio Doce]] (com 51% de participação), em associação com a [[Cemig]] (49%).<ref name="alianca">{{citar web|publicado=Aliança Energia|url=https://aliancaenergia.com.br/br/nossas-usinas/usina-de-aimores/|titulo=Usina de Aimorés|acessodata=7 de outubro de 2019|data=|ultimo=|primeiro=}}</ref> Ela está localizada no [[rio Doce]], município de [[Aimorés (Minas Gerais)|Aimorés]], [[Minas Gerais]], na divisa com o [[Espírito Santo (estado)|Espírito Santo]]. Com seus 330 MW de potência instalada, Aimorés passará a ser o maior empreendimento hidrelétrico da Vale em operação. Energia suficiente para abastecer um milhão de consumidores. É a primeira hidrelétrica de porte da região Leste de Minas Gerais.
1 559

edições