Diferenças entre edições de "Oxum Opará"

295 bytes removidos ,  18h47min de 30 de janeiro de 2020
Ver PD; autoria demonstra estar provada
(Ver PD; autoria demonstra estar provada)
{{ER|13|3=Violação de direitos autorais do Facebook (??): https://es-la.facebook.com/umbandarg/posts/2174621096124356|2=[[Usuário:Érico|<b style="color:#15759e;">Érico</b>]] [[Usuário discussão:Érico|<small style="color:gray;">(disc.)</small>]] 15h32min de 30 de janeiro de 2020 (UTC)}}
'''''Òpárá''''', ou '''''Opará/Apará'''''<ref>[https://books.google.com.br/books?id=0e7rpd-Rwg0C&pg=PA107&dq=%27%27Oxum+%C3%92p%C3%A1r%C3%A1%27%27&hl=pt-BR&sa=X&ved=0ahUKEwjq8dnYpavnAhXAHbkGHVV0BQ0Q6AEIMzAB#v=onepage&q&f=false Guerreiras De Natureza:Mulher negra, religiosidade e ambiente, por Elisa Larkin Nascimento, página 107]</ref> é a divindade dos rios e cachoeiras, por vezes confundida como uma qualidade da Orixá [[Oxum]], mas para o povo [[Yorubá]] se trata de uma divindade própria, muito guerreira.<ref>[http://omidewa.com.br/public_html/arquivos/1838 Opará – A Guerreira do Ouro]</ref>