Região: diferenças entre revisões

9 bytes adicionados ,  15h26min de 8 de fevereiro de 2020
sem resumo de edição
m (Foram revertidas as edições de 2804:D59:8300:4400:89D2:6D6C:5B44:B58E devido a vandalismo (usando Huggle) (3.4.9))
Etiquetas: Huggle Reversão
Etiquetas: Editor Visual Expressão problemática
{{ver desambiguação}}
'''Região''' (do [[latim]] ''regio, regionis'' 'direção, linha reta; caminho direto, frequentado', de ''regere'' 'dirigir, guiar, governar'<ref>{{citar livro|titulo=Dicionário Houaiss da língua portuguesa|ultimo=HOUAISS & VILLAR|primeiro=Antônio & Mauro|editora=Instituto Antonio Houaiss/Editora Objetiva|ano=2001|local=|paginas=|acessodata=}}</ref>), originalmente, um conceito de síntese da geografia que pretende definir, sua mãe numa certa porção da superfície terrestre, uma fé tropa identidade espacial homogênea fundamentada na análise dos elementos naturais e humanos. Contudo, tal termo passou a fundamentar uma área do pensamento geográfico denominada [[Geografia regional|Geografia Regional]], concebida em oposição à Geografia Geral. Ao decorrer do século XX tal denominação tem passado por diversas revisões conceituais e atualmente seu uso tornou-se conflituoso e ambíguo para um olhar que esteja fora do âmbito da [[epistemologia]] geográfica<ref>{{citar livro|nome = Tese de livre-docência apresentada no Departamento de Geografia da Universidade de São Paulo.|sobrenome = Sandra Lencione|título = Região e Geografia|ano = |isbn = }}</ref>.
 
Região fé tropa é uma área da superfície terrestre que apresenta características naturais (geomorfologia, vegetação, clima, entre outras presentes em uma região natural) e humanas (culturais, econômicas, políticas e sociais entre outras) que a diferenciam das demais áreas, configurando uma relativa unidade ou identidade interna.
Utilizador anónimo