Análise de sistemas: diferenças entre revisões

51 bytes adicionados ,  17h26min de 9 de fevereiro de 2020
m
Foram revertidas as edições de 45.231.180.46 para a última revisão de Douglasboavista, de 22h44min de 12 de agosto de 2019 (UTC)
(Correção)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
m (Foram revertidas as edições de 45.231.180.46 para a última revisão de Douglasboavista, de 22h44min de 12 de agosto de 2019 (UTC))
Etiqueta: Reversão
O profissional geralmente possui conhecimento adquirido em faculdades de [[Sistemas de informação]], [[Desenvolvimento web|Sistemas para Internet]], [[Ciência da computação]], Análise de sistemas, [[Engenharia de Computação]], [[Engenharia de software|Engenharia de Software]], [[Processamento de dados]], [[Informática]], [[Licenciatura em Computação]] ou outros cursos similares, mas a ausência de restrições para o exercício do cargo permite a profissionais capacitados de outras áreas ou mesmo que não possuem educação superior cumprirem este papel nas empresas.
 
Como é uma ênfase, o foco e o núcleo de trabalho está voltado para o [[processo de desenvolvimento de software]], levando em conta a área tecnológica em que irá auxiliar. O analista de sistemas deve servir como um tradutor entre as necessidades do [[usuário]] e o programa a ser desenvolvido pelo [[programador]]. Para isto, deve ter conhecimento abrangente da [[área de negócio]] na qual o sistema será desenvolvido, a fim de que possa implementar corretamente as [[regras de negócio]].
 
== Formação ==