Diferenças entre edições de "Águia-imperial-ibérica"

1 byte removido ,  08h59min de 12 de fevereiro de 2020
escrevi existem em vez de existiam pois atualmente existem aves ibericas em portugal
(escrevi existem em vez de existiam pois atualmente existem aves ibericas em portugal)
A '''águia-imperial-ibérica''' (''Aquila adalberti'') é uma [[espécie]] de [[águia]] [[endemismo|endémica]] do sudoeste da [[Península Ibérica]] e norte de [[Marrocos]]. Até pouco tempo era considerada uma [[subespécie]] da [[águia-imperial-oriental]] (''Aquila heliaca''), porém os estudos do [[ADN]] de ambas as [[aves]] demonstraram que estavam suficientemente separados para cada uma constituir uma espécie válida. A águia-imperial-ibérica encontra-se actualmente em perigo de [[extinção]].
 
É a ave de rapina mais ameaçada da Europa e uma das espécies mais sensíveis às perturbações provocadas pelo homem. Em 2013 existiam 407 casais reprodutores em toda a Península Ibérica. Esta contagem representa um aumento de 275 casais desde 1999. Em [[Portugal]] existiamexistem 11 casais e os restantes estavam distribuídos pelas [[Comunidades autónomas da Espanha|regiões autónomas espanholas]]: 150 em [[Castela-Mancha]], 91 na [[Andaluzia]], 56 em [[Castela e Leão]], 50 na [[Estremadura (Espanha)|Estremadura]] e 49 na [[Comunidade autónoma de Madrid|Comunidade de Madrid]]<ref>{{citar web|url=http://www.publico.pt/ciencia/noticia/aguiaimperial-esta-a-caminho-dos-500-casais-na-peninsula-iberica-1609449|título=Águia-imperial está a caminho dos 500 casais na Península Ibérica}}</ref>.
 
== Descrição ==
Utilizador anónimo