Diferenças entre edições de "Nascimento Fernandes"

415 bytes adicionados ,  06h06min de 1 de março de 2020
|outros_prémios =
}} -->
'''Nascimento Fernandes''', nome artístico de '''Manuel Fernandes do Nascimento''' ([[São Pedro (Faro)|São Pedro]], [[Faro]], [[6 de Novembro]] de [[1881]] — [[São Sebastião da Pedreira]], [[Lisboa]], [[15 de Agosto]] de [[1955]]) foi um [[actor]] [[português]].
 
== Biografia ==
A atracção pela nova arte, levá-lo-ia a realizar três curtas-metragens &mdash; ''Vida Nova'', ''Nascimento, Músico'' e ''Nascimento, Sapateiro'', todos de [[1919]]. Coleccionou outros sucessos no teatro, em peças como ''Vem Vem Cá, Não Tenhas Medo'' e ''O Chapéu de Coco'', em [[1925]]; ''O Rei do Ouro'', em [[1928]]; ''O Doutor Sovina'' e ''Dona Formiga'', em [[1932]]; ''Seja Feita a Tua Vontade'', em [[1933]]; ''As Três Helenas'' e ''Pimpinela'', ambas em [[1938]]; e nas revistas ''Chá de Parreira'', em [[1929]]; ''Nobre Povo'', de [[1935]]; ''O Liró'', em [[1937]], entre outras. Outra vez no cinema, salientem-se as personagens do lojista em ''Aniki-Bobó'' ([[1942]]), de [[Manoel de Oliveira]], e do professor Plácido Mesquita em ''A Vizinha do Lado'' ([[1945]]), de [[António Lopes Ribeiro]]. Segundo contavam os seus amigos pessoais, era uma pessoa de extrema bondade e acabou por empobrecer na velhice, no entanto, estas amizades proporcionaram-lhe um fim de vida ostensivo, vestindo camisas de seda e comendo em restaurantes de luxo.<ref>{{citar web|url=https://arquivos.rtp.pt/conteudos/nascimento-fernandes/|titulo=Nascimento Fernandes - Enciclopédias do Espectáculo|data=6 de Março de 2018|acessodata=1 de Março de 2020|publicado=RTP|ultimo=RTP|primeiro=RTP Memória}}</ref> O seu nome foi atribuído a uma rua em [[Lisboa]], em [[Faro]], e na [[Ramada]] (concelho de Odivelas).
 
Nascimento Fernandes residiu na Avenida Fontes Pereira de Melo, no número 7, primeiro andar. No último ano de vida adoeceu de cancro, mas faleceu de uma trombose cerebral no [[Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil|IPO]], freguesia de [[São Sebastião da Pedreira]], em Lisboa, aos 73 anos. Encontra-se sepultado no [[Cemitério do Alto de São João]].
 
====== Vida familiar ======
Nascimento Fernandes nasceu na antiga Rua Direita de Faro e era filho de Manuel do Nascimento, um músico de primeira classe farense que morreu cedo, e de Mariana Rosa do Nascimento, doméstica, natural de [[Tavira]]. Pouco se sabe sobre a sua infância, apenas que cresceu num seio de família modesto.
 
Casou ainda jovem com Maria da Assunção, também de origens humildes, que faleceu muito jovem, a 20 de Janeiro de 1914, em Lisboa. Posteriormente, a 28 de Dezembro de 1916, casou com a também actriz, Amélia da Luz Pereira, natural de Lisboa e oito anos mais velha que o actor. O casamento acaba em divórcio, no ano de 1922. Mais tarde, casa com Maria Celestina Reis, de quem também se divorcia em 1942. Nunca teve filhos.
 
== Referências ==
[[Categoria:Naturais de Faro]]
[[Categoria:Atores do distrito de Faro]]
796

edições