Diferenças entre edições de "Aragorn"

2 bytes adicionados ,  19h24min de 2 de março de 2020
m
uso inadequado de "onde". Corrigido.
m (Bot: Eliminação automática de afluentes - solicitado em Usuária:Aleth Bot/Unlink)
m (uso inadequado de "onde". Corrigido.)
|intérprete = [[Viggo Mortensen]]
}}
'''Aragorn II, filho de Arathorn''' é uma personagem fictícia criada pelo professor e filólogo britânico [[J. R. R. Tolkien]] na sua obra ''[[O Senhor dos Anéis]]'', ondede que é um dos protagonistas. Aragorn era um Guardião do Norte, introduzido pela primeira vez com o nome ''Strider''{{nota de rodapé|''Passo de Gigante'' (na edição de Portugal) e ''Passolargo'' (na publicação do livro no Brasil)}} em [[Bree (Tolkien)|Bree]], como os [[hobbit]]s continuaram a chamá-lo ao longo de ''O Senhor dos Anéis''. Acabou sendo descoberto como herdeiro de Isildur e pretendente legítimo aos tronos de [[Arnor]] e Gondor. Também era um confidente de [[Gandalf]] e parte integrante da missão para destruir o [[Anel de Sauron|Um Anel]] e derrotar o Senhor das Trevas [[Sauron]].
 
Ele liderou a [[Sociedade do Anel]] após a queda de Gandalf nas Minas de [[Moria]]. Quando a Sociedade foi quebrada, seguiu os hobbits Meriadoc Brandebuque e Peregrin Tûk com a ajuda de [[Legolas]], o elfo e [[Gimli]], o anão, para a [[Floresta de Fangorn]] e lutou na [[Abismo de Helm|batalha do Abismo de Helm]] e a [[batalha dos Campos do Pelennor]]. Depois de derrotar as forças de Sauron em Gondor ele liderou um exército de Gondor e [[Rohan (Terra-Média)|Rohan]] contra o Portão Negro de Mordor para distrair a atenção de Sauron para que [[Frodo Baggins|Frodo Bolseiro]] e [[Samwise Gamgee]] tivessem a chance de destruir o Um Anel. No final de ''O Senhor dos Anéis'', foi coroado '''Rei Elessar Telcontar''' ("Elessar, a Pedra Élfica") de Gondor. Casou-se com a filha de Elrond, [[Arwen Undómiel|Arwen]], e assumiu o Cetro de Annúminas como Rei de Arnor, unindo os dois reinos, pela primeira vez desde o reinado de Isildur.
1 968

edições