Diferenças entre edições de "Walter von Reichenau"

567 bytes adicionados ,  10h00min de 22 de abril de 2007
+ref, +link, +interwiki
(+ref, +link, +interwiki)
Em [[1935]], Reichenau foi promovido a [[tenente-general]] e recebeu um comando em [[Munique]]. Três anos depois, quando Blomberg foi demitido por Hitler da chefia do exército, ele era a primeira escolha do [[Führer]], mas seu nome foi vetado por oficiais mais antigos como [[Gerd von Rundstedt]] , que se recusou a servir sobre o comando de Reichenau e seu entusiasmado discurso politizado nacional-socialista.
 
Reichenau foi promovido a marechal-de-campo em [[1940]], após comandar com sucesso dois exércitos diferentes durante as invasões da [[Polônia]], [[França]] e [[Bélgica]]. Em [[1941]], ele comandou o 6° Exército alemão – que seria destruído em [[Stalingrado]] em [[1943]] sob outro comandante - durante a [[Operação Barbarossa]], conquistando as cidades russas de [[Kiev]] e [[Kharkov]]. Seu [[anti-semitismo]] exacerbado era demonstrado em seu apoio total aos [[Einsatzgruppen|SS Einsatzgruppen]], os grupos de extermínio das [[SS]] que atuavam nos [[território]]s [[soviético]]s ocupados contra [[judeu]]s e civis [[russo]]s. Reichenau encorajava as atrocidades contra os judeus, dizendoordenando a seus soldados: “nesta''"nesta frente oriental, o [[soldado]] alemão não é apenas um homem que luta de acordo com as regras da arte da [[guerra]] (..........) por esta razão o soldado precisa aprender a necessidade das severas mas justas retribuições que precisam ser distribuídas às diferentes espécies sub humanas do [[Judaísmo]]"'' <ref name="ns-archiv01">NS-Archiv: [http://www.ns-archiv.de/krieg/untermenschen/reichenau-befehl.php ''Ordem de Reichenau'', em [[Língua alemã|alemão]]]</ref>. Entre outras ordens, Reichenau deteminou a seus soldados que executassem qualquer civil russo encontrado em viagem pelos territórios ocupados sem salvo conduto e distante de sua cidade ou [[aldeia]] natal.
 
Por estes motivos ele era um dos favoritos de Hitler, que tentou colocá-lo como comandante em chefe da [[Wehrmacht]] em [[novembro]] de 1941, quando o general [[Walther von Brauchitsch]] foi exonerado do cargo, mas mais uma vez os oficiais mais antigos se rebelaram por consideraram Reichenau “muito político” e ao invés disso o próprio Hitler assumiu o posto, que manteria até a derrota final.
 
Em [[janeiro]] de [[1942]], durante os combates de[[ inverno]] da frente russa, '''Walter von Reichenau''' sofreu um [[derrame]] e foi removido para a Alemanha para melhor tratamento, mas nunca chegou ao destino. Sua morte tem duas versões: a de que teria morrido na queda do avião em [[solo]] russo ou que o avião teria feito apenas um pouso de emergência e ele morrido de um ataque cardíaco em conseqüência.
 
==Notas e referências==
<references/>
 
=={{Ligações externas}}==
* {{link|en|http://www.ess.uwe.ac.uk/genocide/USSR2.htm|''Ordem de Reichenau''}}
 
[[Categoria:Pessoas da Segunda Guerra Mundial (Alemanha)]]
[[Categoria:Militares da Alemanha]]
[[Categoria:Oficiais nazistas]]
 
[[de:Walter von Reichenau]]
[[en:Walther von Reichenau]]
[[es:Walter von Reichenau]]
[[fr:Walther von Reichenau]]
[[it:Walter von Reichenau]]
[[no:Walter von Reichenau]]
[[pl:Walter von Reichenau]]
[[sl:Walther von Reichenau]]
[[sv:Walter von Reichenau]]
87 349

edições