Diferenças entre edições de "Estádio Antônio Mourão Vieira Filho"

sem resumo de edição
 
A fama de "alçapão" dado à Rua Bariri é também porque o estádio foi palco de imponentes vitórias do time da casa, assim como também houve nele confusões e brigas. Entre os momentos gloriosos, pode se destacar a vitória sobre o Botafogo logo no primeiro ano do estádio ou os 3 a 0 contra o Vasco em 1954 e sobre o Flamengo, tricampeão carioca nos anos 1950 e numa tarde inspirada do goleiro Júlio César fechando o gol rubro-negro, mas que não conseguiu defender a cobrança de falta de Diego, na última volta do ponteiro do cronômetro em 2004, também tendo havido algumas confusões em sua história, criando uma áurea de lugar difícil do time da casa ser batido. Entre os momentos gloriosos, no dia 23 de junho de 1996, o Olaria era derrotado pelo Itaperuna por 4 a 0 até os 29 minutos do segundo tempo, quando Luciano Silva (2), Leandro, Pedro Renato e Preto marcaram para Olaria em uma virada memorável.<ref>[http://futrio.net/site/noticia/detalhe/35195462/estadio-da-rua-bariri-completa-70-anos-de-fundacao-nesta-quinta-feira-6 Estádio da Rua Bariri completa 70 anos de fundação nesta quinta-feira (6), página editada em 6 de abril de 2017 e disponível em 24 de março de 2020]</ref>
 
{{referências}}
 
== Ligações externas ==
 
{{limpar}}
 
{{esboço-estádiobr}}
 
[[Categoria:Estádios de futebol do estado do Rio de Janeiro|Antonio Morao Vieira Filho (Rua Bariri)]]