Diferenças entre edições de "Plataforma continental"

405 bytes adicionados ,  01h47min de 27 de março de 2020
Adição de extremas largura e profundidade na Topografia
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 83.223.227.183, com Reversão e avisos)
(Adição de extremas largura e profundidade na Topografia)
[[Imagem:Plataforma continental1.jpg|thumb|right|400px|Localização da '''plataforma continental'''.]]
Uma '''plataforma continental''' é uma plataforma submarina pouco profunda, localizada nas margens de um continente, que se inclina para o mar com um pendor suave que, em média, apresenta um ângulo de 0,1°<ref>Plummer & McGeary (1996). Physical Geology. ''WCB Publishers'', Dubuque (IA), 539p. ISBN 0-697-26676-1</ref>. Em direcção aos fundos oceânicos, a plataforma termina no [[talude continental]], uma zona de acentuado pendor que marca a transição entre a [[crusta continental]] e a [[crusta oceânica]]. <br>
A plataforma continental é relativamente larga, tendo em média (70 a 80 km emde médialargura, emboramas porpodendo vezesvariar atingindode váriasalgumas centenasdezenas de quilómetros)metros a 1500 km nas costas da Sibéria e América do Norte no [[Oceano Ártico]].<ref name=":0">{{Citar livro|url=https://www.worldcat.org/oclc/922836203|título=Essentials of oceanography|ultimo=Trujillo|primeiro=Alan P.|editora=Pearson|ano=2016|edicao=Twelth edition|local=Boston, masMassachusetts|página=88|páginas=|oclc=922836203}}</ref> Em geral, é pouco profunda (de 0 a -130 ou -180 m)<ref>Boillot, G. (1984)- ''Geología de los Márgenes Continentales'' - tradução espanhola do original francês (1984) para Masson S.A., Barcelona ISBN 84-311-0340-X</ref>, podendo atingir 350m na [[Antártida]].<ref name=":0" />
A área de plataforma é normalmente subdividida em '''plataforma continental proximal''', '''plataforma continental média''' e '''plataforma continental distal''', cada uma delas com as suas especificidades nos domínios da [[geomorfologia]], da [[sedimentologia]] e da [[biologia marinha]].
 
24

edições