Diferenças entre edições de "Filipe de Sousa Holstein"

1 072 bytes adicionados ,  18h05min de 4 de abril de 2020
sem resumo de edição
 
[[Ficheiro:Jazigo de Filipe de Sousa Holstein 2017-02-13.png|thumb|left|Jazigo de D. Filipe de Sousa Holstein, [[Cemitério dos Prazeres]], [[Lisboa]]]]
O título de 1.º [[Marquês]] de [[Monfalim]] foi-lhe concedido por Decreto de D. [[Luís I de Portugal]] de 9 de Agosto de 1861. Era já Marquês Honorário por Decreto de D. [[Pedro V de Portugal]] de 8 de Agosto de 1860, concessão feita aos filhos mais novos dos 1.ºs Duques de Palmela, a exemplo do que era uso em certas Casas Ducais, e usou as [[Brasão|Armas]] dos Duques de Palmela: de Sousa dos Senhores de Arronches; [[timbre]]: de Sousa dos Senhores de Arronches; Coroa de Marquês.<ref>"Nobreza de Portugal e Brasil", Direcção de Afonso Eduardo Martins Zúquete, Editorial Enciclopédia, 2.ª Edição, Lisboa, 1989, Volume Terceiro, p. 13</ref>
 
== Casamento ==
Casou a 29 de Julho de 1861, em oratório privado da casa de seus sogros, freguesia de [[Massarelos]], no [[Porto]], com sua sobrinha materna Eugénia Maria Filomena Brandão de Melo Cogominho Correia de Sá Pereira de Lacerda do Lago Bezerra e Figueiroa ([[Lisboa]], [[Encarnação (Lisboa)|Encarnação]], 21 de Maio de 1840 - [[Lisboa]], [[Lumiar]], Quinta das Camélias, 30 de Junho de 1900), 4.ª [[Condessa de Terena|Condessa]] e 3.ª [[Marquesa de Terena]] e 3.ª [[Viscondessa de São Gil de Perre]] por direito próprio como filha herdeira dos 3.ºs Condes e 2.ºs Marqueses de Terena e 2.ºs Viscondes de São Gil de Perre, sem geração. Não tiveram sucessão, pelo que a Representação do título de Marquês de Monfalim se incorporou na Casa Palmela, seguindo a Representação dos pessoais da Marquesa para a Casa dos Condes de Bertiandos, seus imediatos sucessores neles.<ref>"Nobreza de Portugal e Brasil", Direcção de Afonso Eduardo Martins Zúquete, Editorial Enciclopédia, 2.ª Edição, Lisboa, 1989, Volume Terceiro, p. 13</ref>
 
== Morte ==
{{Referências}}
D. Filipe morreu com apenas 42 anos vítima de tuberculose, no lugar do Caminho do Monte, freguesia de [[Santa Luzia (Funchal)|Santa Luzia]], do [[Funchal]]<ref>{{citar web|url=https://arquivo-abm.madeira.gov.pt/viewer?id=38266&FileID=468513|titulo=Livro de registo de óbitos de Santa Luzia do ano de 1884|data=|acessodata=4 de abril de 2020|publicado=Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira|ultimo=|primeiro=|pagina=p. 2 verso}}</ref>, onde se encontrava em decorrência de tratamentos para a doença. Foi trasladado do Cemitério das Angústias para jazigo pessoal no [[Cemitério dos Prazeres]], não se encontrando no jazigo do pai, dos Duques de Palmela.<ref>{{citar web|url=https://run.unl.pt/bitstream/10362/63682/1/Tese_de_mestrado%20A%20Casa%20Palmela.pdf|titulo=A Casa Palmela e o desafio Liberal: Estratégias de afirmação|data=dezembro de 2005|acessodata=4 de abril de 2020|publicado=|ultimo=da Gama Machuqueiro|primeiro=Pedro Urbano}}</ref>{{Referências}}
 
{{NF|1841|1884|Filipe Sousa Holstein}}
796

edições