Diferenças entre edições de "Bate-Seba"

34 bytes adicionados ,  12h46min de 11 de abril de 2020
sem resumo de edição
Enquanto os soldados lutavam contra os [[amonitas]], Davi ficou impressionado com a beleza de Bate-Seba ao vê-la banhar-se. Mandou chamá-la, e deitou-se com ela, embora fosse uma transgressão perante a lei mosaica e um pecado segundo os olhos do Deus de Israel.
 
Para tentar encobrir sua transgressão, Davi chegou a cometer outro pecado, expondo Urias à morte em uma batalha, reduzindo suas chances de sobreviver ({{Citar bíblia|livro=II Samuel |capítulo=11}}). Bate-Seba estava grávida de Davi e, após a morte de seu marido Urias, ela tornou-se uma de suas esposas.
 
Devido ao fato, Davi foi repreendido por Deus através do [[profeta]] [[Natã]] , reconheceu seu pecado (II Samuel 12:13), e pediu perdão a Deus (salmo 51). No entanto, o menino que nasceu dessa gravidez adulterina morreu por juízo divino (II Samuel 12:15-18), o que deixou Davi profundamente abatido, porém em grande estado de adoração ao Deus Eterno, pela sua justiça.
Utilizador anónimo