Diferenças entre edições de "Usuário:Porto Mineiro/Testes/3"

13 018 bytes removidos ,  13h36min de 12 de abril de 2020
m
texto trocado por ''''Página destinada à administração de edições de artigos pelo Usuário(a):Porto Mineiro. Favor não editar sem a devida permissão.''' : '''O que está sendo desen...'
m (texto trocado por ''''Página destinada à administração de edições de artigos pelo Usuário(a):Porto Mineiro. Favor não editar sem a devida permissão.''' : '''O que está sendo desen...')
Etiqueta: Substituição
 
'''Página destinada à administração de edições de artigos pelo [[Usuário(a):Porto Mineiro]]. Favor não editar sem a devida permissão.'''
 
: '''O que está sendo desenvolvido?'''<br />Artigo "Clarissa Garotinho"Nada.
 
<div style="text-align:center;"><span style="color:#D80202;"><big><big><big><ins>'''ÁREA DE TESTES NÃO UTILIZADA NO MOMENTO'''</ins></big></big></big></span></div>
{{Info/Político
|nome = Clarissa Garotinho
|nome_alt =
|imagem = Clarissa Garotinho (cropped).jpg
|legenda = Clarissa Garotinho em 2015.
|título = [[Deputado federal]] pelo [[Rio de Janeiro (estado)|Rio de Janeiro]]
|mandato = {{dtext|1º|2|2015}}<br />até a atualidade
|título2 = [[Secretário de Estado|Secretária]] municipal de [[Desenvolvimento humano|Desenvolvimento]], [[Relação de emprego|Emprego]] e [[Inovação]] do [[Rio de Janeiro]]
|mandato2 = {{dtext|1º|1|2017}}<ref>{{Citar web |url=https://www.jusbrasil.com.br/diarios/134023426/dom-rj-suplemento-01-01-2017-pg-22 |título=DOM-RJ 1/01/2017 - Pg. 22 - Suplemento <nowiki>|</nowiki> Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro <nowiki>|</nowiki> Diários Jusbrasil |publicado=Jusbrasil |acessodata=11 de abril de 2020}}</ref><ref>{{Citar web |url=https://oglobo.globo.com/rio/veja-quem-sao-os-secretarios-de-marcelo-crivella-20677512 |título=Veja quem são os secretários de Marcelo Crivella |publicado=[[O Globo]] |data=21 de dezembro de 2016 |acessodata=11 de abril de 2020}}</ref><br />a {{dtext|5|4|2018}}<ref>{{Citar web |url=http://doweb.rio.rj.gov.br/portal/visualizacoes/pdf/3721/#/p:3/e:3721 |título=Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro <nowiki>|</nowiki> Poder Executivo <nowiki>|</nowiki> Ano XXXII <nowiki>|</nowiki> Nº 15 <nowiki>|</nowiki> Sexta-feira, 06 de Abril de 2018 |formato=PDF |página=3 |publicado=[[Política e administração pública da cidade do Rio de Janeiro|Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro]] |acessodata=11 de abril de 2020}}</ref>
|vice_título2 = Prefeito
|vice2 = [[Marcelo Crivella]]
|título3 = [[Deputado estadual|Deputada estadual]] do [[Rio de Janeiro (estado)|Rio de Janeiro]]
|mandato3 = {{dtext|1º|2|2011}}<br />a {{dtext|31|1|2015}}
|título4 = [[Vereador|Vereadora]] do [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]]
|mandato4 = {{dtext|1º|1|2009}}<br />a {{dtext|31|1|2011}}
|nome_comp = Clarissa Garotinho Barros Assed Matheus de Oliveira
|nascimento_data = {{dni|2|7|1982}}
|nascimento_local = [[Campos dos Goytacazes]], [[Rio de Janeiro (estado)|RJ]]
|nacionalidade = {{BRAn|a}}
|nome_mãe = [[Rosinha Garotinho]]
|nome_pai = [[Anthony Garotinho]]
|alma_mater = [[Faculdades Integradas Hélio Alonso]] <small>(Jornalismo)</small>
|cônjuge-tipo =
|cônjuge =
|partido = [[Partido Democrático Trabalhista|PDT]] <small>(1999–2000)</small><br />[[Partido Socialista Brasileiro|PSB]] <small>(2001–2003)</small><br />[[Movimento Democrático Brasileiro (1980)|PMDB]] <small>(2003–2009)</small><br />[[Partido Liberal (2006)|PR]] <small>(2009–2016)</small><br />[[Republicanos (partido político)|PRB]] <small>(2016–2018)</small><br />[[Partido Republicano da Ordem Social|PROS]] <small>(2018–presente)</small>
|religião =
|profissão = [[Jornalista]]<br />[[Político|Política]]
|website = [http://clarissagarotinho.com.br/]
}}
'''Clarissa Garotinho Barros Assed Matheus de Oliveira''', conhecida como '''Clarissa Garotinho''', ([[Campos dos Goytacazes]], [[2 de julho]] de [[1982]]), é uma [[jornalista]] e [[política]] [[brasileira]], filiada ao [[Partido Republicano da Ordem Social]] (PROS). Atualmente exerce o cargo de [[deputada federal]] pelo estado do [[Rio de Janeiro (estado)|Rio de Janeiro]]. É filha dos políticos [[Anthony Garotinho|Anthony]] e [[Rosângela Barros Assed Matheus de Oliveira|Rosinha Garotinho]] e irmã do também deputado federal [[Wladimir Garotinho]].
 
== Biografia ==
Clarissa cresceu em um ambiente político. Ainda criança, acompanhava os pais em reuniões e comícios. Mais tarde, quando era aluna de [[Jornalismo]] na [[Faculdades Integradas Hélio Alonso]], entrou no movimento estudantil. Foi diretora da União Nacional dos Estudantes (UNE). Ao mesmo tempo, iniciava sua carreira de comunicadora na apresentação de programas na [[Rádio Melodia]] e na [[Rádio Manchete]], além de colaborar com a [[Rádio Jovem Pan]].
 
Clarissa começou a militar na política muito nova influenciada pelos pais. Seu 1º cargo político foi o de Presidente da PMDB Jovem, que ela assumiu em [[2004]]. Elegeu-se [[Vereadora]] pela cidade do [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]] em 2008. Após a saída de [[Anthony Garotinho|Garotinho]] do [[PMDB]], em [[2009]], Clarissa, algum tempo depois, filiou-se ao [[Partido da República|PR]], o que gerou-lhe um processo de cassação por [[infidelidade partidária]].<ref name="band">{{citar web |url=http://www.band.com.br/jornalismo/eleicoes2010/conteudo.asp?ID=100000337830 |titulo=TRE-RJ mantém mandato de Clarissa Garotinho |data=23-08-2010 |acessodata=19-01-2011 |autor=Band }}{{Ligação inativa|data=maio de 2019 }}</ref> No dia 4 de dezembro foi empossada como Coordenadora Nacional do ''PR Jovem''.
 
Em agosto de 2010, foi absolvida da acusação de infidelidade, pois o TRE-RJ entendeu que ela vinha sofrendo perseguições dentro do [[PMDB]], o que justificou, no entendimento do tribunal, sua saída do partido.<ref name="band"/>
 
Ainda em 2010, elegeu-se [[deputada estadual]], cargo que assumiu em 1 de fevereiro de [[2011]].<ref name="SRZD - 2010 pós eleição">{{citar web |url=http://www.sidneyrezende.com/noticia/103345+clarissa+garotinho+diz+que+ira+fiscalizar+acoes+do+governo+do+estado |titulo=Clarissa Garotinho diz que irá fiscalizar ações do governo do estado |data=05-10-2010 |acessodata=26-01-2011 |autor=SRZD}}</ref>
 
Em 2012 as famílias [[Anthony Garotinho|Garotinho]] e [[Cesar Maia|Maia]] se uniram em uma inesperada aliança, em prol de derrotar o então prefeito, [[Eduardo Paes]] que concorria a reeleição. A coligação "''Um Rio Melhor Pros Cariocas''" [[Partido da República|PR]]/[[Democratas (Brasil)|DEM]] foi encabeçada por [[Rodrigo Maia]], filho do ex-prefeito [[Cesar Maia]] e teve Clarissa como vice. A chapa causou surpresa, sendo amplamente debatida. Numa campanha polarizada entre o atual prefeito Eduardo Paes do PMDB e o deputado do PSOL [[Marcelo Freixo]], obteve apenas 95.328 votos (3% dos votos válidos), e Eduardo Paes foi reeleito com mais de 2 milhões de votos (64% dos votos válidos).
 
Após eleger-se deputada federal em 2014 com 335.061 votos<ref>{{citar web|url=http://www.eleicoes2014.com.br/clarissa-garotinho/|publicado=Eleições 2014|acessodata=21 de novembro de 2016|título=Clarissa Garotinho}}</ref>, chegou a ser cotada para ser a candidata do PSDB à Prefeitura do Rio em 2016. Em fins de 2015, anunciou sua gravidez do empresário Marcos Altive, de quem anunciou no início de 2016 estar noiva.<ref>{{citar web|url=http://extra.globo.com/noticias/extra-extra/deputada-clarissa-garotinho-esta-noiva-18396477.html|titulo=Deputada Clarissa Garotinho está noiva|data=01-01-2016 |acessodata=27-01-2016 |autor=Extra}}</ref>
 
No [[Votações no processo de impeachment de Dilma Rousseff#Na Câmara dos Deputados|processo de julgamento da admissibilidade do processo de impeachment na Câmara dos Deputados]], a deputada ausentou-se e alegou que sua gravidez a impedia de participar da votação.<ref>{{citar web|url=http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/impeachment/gravida-clarissa-garotinho-deve-se-ausentar-de-votacao/|titulo=Grávida, Clarissa Garotinho deve se ausentar de votação|data=14-04-2016|acessodata=2 de agosto de 2016|obra=|publicado=Veja|ultimo=Magalhães|primeiro=Vera}}</ref> A sua ausência significou um voto a favor da permanência de [[Dilma Rousseff]].<ref>{{citar web|url=http://noblat.oglobo.globo.com/meus-textos/noticia/2016/04/afinal-o-governo-ganha-mais-um-voto-contra-o-impeachment.html|titulo=Afinal, o governo ganha mais um voto contra o impeachment|data=15 de abril 2016|acessodata=2 de agosto de 2016|obra=|publicado=O Globo|ultimo=Noblat|primeiro=Ricardo}}</ref> A deputada poderia ter deixado seu suplente votar, como outros fizeram, mas preferiu ausentar-se para favorecer o governo petista. Coincidentemente, o pai da deputada, [[Anthony Garotinho]], passou a semana anterior em negociações com a ex-presidente Dilma Roussef.<ref>{{citar web|url=http://blogs.oglobo.globo.com/lauro-jardim/post/o-porque-da-subita-mudanca-de-clarissa-garotinho.html|titulo=O porquê da súbita mudança de Clarissa Garotinho sobre o impeachment|data=15 de abril de 2016|acessodata=19 de novembro de 2016|obra=|publicado=O Globo|ultimo=Amado|primeiro=Guilherme}}</ref><ref>{{citar web|url=http://epoca.globo.com/tempo/expresso/noticia/2016/04/garotinho-se-reuniu-com-berzoini-no-planalto.html|titulo=Garotinho se reuniu com Berzoini no Planalto|data=14 de abril de 2016|acessodata=19 de novembro de 2016|obra=|publicado=Época|ultimo=Della Coletta|primeiro=Ricardo}}</ref><ref>{{citar web|url=http://www.fmanha.com.br/blogs/opinioes/2016/04/15/garotinho-negociou-venda-do-futuro-de-campos-pelo-voto-de-clarissa/|titulo=Garotinho negociou “venda do futuro” pelo voto de Clarissa no impeachment?|data=15-04-2016|acessodata=19 de novembro de 2016|obra=|publicado=Folha da Manhã|ultimo=Abreu Barbosa|primeiro=Aluysio}}</ref>
 
Em 17 de novembro de 2016, a deputada entrou em evidência após dar um ataque histérico em frente às câmeras de televisão no momento em que o seu pai era transferido de ambulância até o [[Complexo Penitenciário de Gericinó]], conhecido como presídio de Bangu.<ref>{{citar web|url=http://oglobo.globo.com/brasil/aos-berros-garotinho-vai-para-complexo-penitenciario-de-bangu-onde-esta-cabral-20485196|titulo=Aos berros, Garotinho vai para complexo penitenciário de Bangu onde está Cabral|data=17 de novembro de 2016|acessodata=19 de novembro de 2016|obra=O Globo|publicado=Globo.com|ultimo=Castro|primeiro=Juliana}}</ref><ref>{{citar web|url=http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica-brasil-economia/63,65,63,14/2016/11/18/internas_polbraeco,557667/anthony-garotinho-e-transferido-aos-gritos-para-presidio-em-bangu.shtml|titulo=Sob protesto e aos gritos, Garotinho é levado para complexo de Bangu|data=18 de novembro de 2016|acessodata=19 de novembro de 2016|obra=|publicado=Correio Braziliense|ultimo=|primeiro=}}</ref><ref>{{citar web|url=http://www.infomoney.com.br/mercados/politica/noticia/5849319/sob-protestos-gritos-familia-garotinho-transferido-para-complexo-bangu-veja|titulo=Sob protestos e gritos da família, Garotinho é transferido para Complexo de Bangu|data=18 de novembro de 2016|acessodata=19 de novembro de 2016|obra=|publicado=InfoMoney|ultimo=Rizério|primeiro=Lara}}</ref>
 
Em 21 de novembro de 2016, foi expulsa do PR, por ter votado contra a [[PEC 241]], conhecida por PEC do Teto. O partido havia fechado questão pelo voto favorável e a deputada contrariou seu próprio partido na votação. Em 6 de dezembro de 2016, ela se filiou ao PRB a convite do prefeito eleito do Rio de Janeiro, [[Marcelo Crivella]]. Dias depois, Clarissa foi anunciada como a nova titular da Secretaria de Desenvolvimento, Emprego e Inovação (SMDEI) do município do [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]].<ref>{{citar web |url=https://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/marcelo-crivella-divulga-nomes-de-secretarios-da-prefeitura-do-rio.ghtml |título=Marcelo Crivella divulga nomes de secretários da Prefeitura do Rio |publicado=[[G1]] |data=20 de dezembro de 2016 |acessodata=23 de março de 2018}}</ref> No dia 22 de março de 2018, Clarissa Garotinho anunciou que iria filiar-se ao [[Partido Republicano da Ordem Social]] (PROS), partido pelo qual tentará a reeleição como deputada federal.<ref>{{citar web |url=https://www.brasil247.com/pt/247/rio247/348336/Garotinho-anuncia-candidatura-ao-governo-do-Rio.htm |título=Garotinho anuncia candidatura ao governo do Rio |publicado=[[Brasil 247]] |data=23 de março de 2018 |acessodata=23 de março de 2018}}</ref>
 
== Ver também ==
* [[Câmara dos Deputados do Brasil]]
* [[Anthony Garotinho]]
* [[Rosinha Garotinho]]
* [[Wladimir Garotinho]]
 
{{Referências}}
 
== Ligações externas ==
{{Commonscat}}
* {{Link |1= |2=http://clarissagarotinho.com.br/ |3=Home - Clarissa Garotinho}}
* {{Link |1= |2=https://www.camara.leg.br/ |3=Portal da Câmara dos Deputados}}
 
{{Atuais parlamentares do Rio de Janeiro no Congresso Nacional do Brasil}}
{{Portal3|Biografias|Política|Rio de Janeiro}}
 
<nowiki>
[[Categoria:Vereadores do Rio de Janeiro (cidade)]]
[[Categoria:Deputados estaduais do Rio de Janeiro]]
[[Categoria:Membros do Partido Republicano da Ordem Social]]
[[Categoria:Naturais de Campos dos Goytacazes]]
[[Categoria:Mulheres do Rio de Janeiro na política]]
[[Categoria:Deputados federais do Brasil pelo Rio de Janeiro]]
[[Categoria:Membros do Republicanos (partido político)]]
[[Categoria:Membros do Partido Liberal (2006)]]
[[Categoria:Membros do Movimento Democrático Brasileiro (1980)]]
[[Categoria:Membros do Partido Socialista Brasileiro]]
[[Categoria:Membros do Partido Democrático Trabalhista]]
[[Categoria:Família Matheus]]
</nowiki>