Meia-vida: diferenças entre revisões

1 byte removido ,  16 de abril de 2020
Para uma cinética de primeira ordem, como o decaimento é exponencial, vem que o tempo de meia-vida independe da concentração inicial.
 
<math>t_{1/2}=\frac{\ln2}{2kk}</math>
 
Onde k é a constante de velocidade. Esta equação é utilizada na determinação do tempo de meia-vida de processos envolvendo decaimentos radioativos, uma vez que estes seguem uma cinética de primeira ordem<ref>{{citar web|url=https://www.profpc.com.br/Cin%C3%A9tica%20Qu%C3%ADmica/Ordens_rea%C3%A7%C3%A3o.htm|titulo=Ordens da reação|data=12/11/2011|acessodata=16/12/2019|publicado=|ultimo=|primeiro=Paulo César}}</ref>.
Utilizador anónimo