Diferenças entre edições de "Instituto de Virologia de Wuhan"

212 bytes adicionados ,  17h45min de 18 de abril de 2020
m
sem resumo de edição
m
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel Edição móvel avançada
m
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel Edição móvel avançada
 
Durante uma entrevista coletiva na Casa Branca em 15 de abril de 2020, o presidente norte-americano [[Donald Trump]] disse que o governo dos EUA está tentando determinar se o vírus COVID-19 emanou do Instituto. O presidente disse que estava ciente dos relatórios e disse: "Estamos fazendo um exame muito minucioso dessa situação horrível que aconteceu". Também em uma entrevista à [[Fox News]], o secretário de Estado [[Mike Pompeo]] disse: "sabemos que esse vírus se originou em Wuhan, na China" e que o Instituto de Virologia de Wuhan fica a apenas alguns quilômetros do mercado de animais suspeito de ter sido onde se originou o [[Coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2|vírus SARS-CoV-2]].<ref>{{Citar periódico|ultimo=Steve Holland|titulo=Trump says U.S. investigating whether virus came from Wuhan lab|url=https://www.reuters.com/article/us-health-coronavirus-trump-china/trump-says-us-investigating-whether-virus-came-from-wuhan-lab-idUSKCN21Y01B|jornal=U.S.|lingua=en-US}}</ref>
 
Também em abril de 2020, o descobridor do HIV e ganhador do Prêmio Nobel de Medicina de 2008, [[Luc Montagnier]] afirmou que o novo coronavírus foi fabricado acidentalmente no laboratório chinês de Wuhan.
 
== Centros de investigação ==
O Instituto possui os seguintes centros de investigação:
4 560

edições