Diferenças entre edições de "Marcelo Álvaro Antônio"

sem resumo de edição
(+ nomeação de blogueira para coordenação do Instituto do Patrimônio Histórico)
 
Em abril de 2020, utilizando-se de suas atribuições como Ministro do Turismol, Marcelo Álvaro Antônio nomeou Monique Baptista Aguiar para o cargo de coordenação no [[Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional]] (IPHAN) no Rio de Janeiro. Monique Aguiar é responsável por manter um blog e turismo e se define como "digital influencer" e "turismóloga".<ref name="Época REF 1">{{citar web| titulo=Ministro do Turismo nomeia blogueira para IPHAN no Rio| publicado = Época| url=https://epoca.globo.com/guilherme-amado/ministro-do-turismo-nomeia-blogueira-para-iphan-no-rio-24378146| acessodata=18 de abril de 2020}}</ref> Nas redes sociais, em postagens acompanhadas de erros de português, a nomeada defendeu o presidente Jair Bolsonaro, atacou as pessoas que solicitaram o auxílio emergencial pago pelo governo durante a [[Pandemia de COVID-19 no Brasil|pandemia do coronavírus]], chamando-as de "pobres e espírito que não gostam de trabalhar", além de defender o fim do isolamento social.<ref name="Época REF 2">{{citar web| titulo=Blogueira nomeada no IPHAN chamou beneficiários de auxílio de 'pobre de espírito que não gosta de trabalhar| publicado = Época| url=https://epoca.globo.com/guilherme-amado/blogueira-nomeada-no-iphan-chamou-beneficiarios-de-auxilio-depobre-de-espirito-que-nao-gosta-de-trabalhar-24380680| acessodata=18 de abril de 2020}}</ref>
 
A nomeação de Monique para o cargo - historicamente ocupado por arquitetos e urbanistas - foi extremamente criticada e considerada "um equívoco temerário" por profissionais da área de preservação do patrimônio cultural. A arquiteta Noemia Barrada, integrante do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro (CAU-RJ), notou que a nomeação era particularmente preocupante por se tratar da superintendência do IPHAN no Rio de Janeiro, estado que concentra o maior acervo de bens culturais protegidos, seja de natureza material (tombados e valorados) ou imaterial (registrados). Além do CAU-RJ, manifestaram repúdio à nomeação o Instituto de Arquitetos do Brasil, o Sindicato dos Arquitetos e Urbanistas no Estado do Rio de Janeiro (SARJ), a Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas (ABAP), a Associação Brasileira de Ensino de Arquitetura e Urbanismo (ABEA), a Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (AsBEA), o Conselho Internacional de Monumentos e Sítios Rio de Janeiro (Icomos) e o Comitê Internacional de Documentação e Conservação de Edifícios, Sítios e Bairros do Movimento Moderno (Docomomo).<ref name="CAU RJ">{{citar web| titulo=Nomeação de turismóloga para o cargo de coordenadora técnica do Iphan-RJ é criticada por especialistas do patrimônio | publicado = CAU-RJ| url=https://www.caurj.gov.br/nomeacao-de-turismologa-para-o-cargo-de-coordenadora-tecnica-do-iphan-rj-e-criticada-por-especialistas-do-patrimonio/| acessodata=18 de abril de 2020}}</ref>
 
{{referências}}