Diferenças entre edições de "Drácula"

m
m (Protegeu "Drácula": Vandalismo excessivo (progressivo) ([Editar=Permitir apenas utilizadores autoconfirmados] (expira a 15h53min de 1 de março de 2020 (UTC)) [Mover=Permitir apenas utilizadores autoconfirmados] (expira a 15h53min de 1 de março de 2020 (UTC))))
Quando descobrem as várias propriedades que Drácula havia comprado, os protagonistas masculinos juntam-se para invadi-las e confrontar Drácula. Ao descobrirem os túmulos do Conde espalhados por toda Londres, eles os selam com [[hóstia]]s. Esse ato torna as caixas de terra completamente inúteis para Drácula, porque ele é incapaz de abrir, entrar ou transportá-las. Em Piccadilly, região importante de Londres, acontece o primeiro embate direto entre os protagonistas e o vilão. Harker avança com o objetivo de golpear o Conde, mas apenas rasga um pedaço de sua roupa, de onde saem algumas moedas. O vampiro consegue fugir pela janela e promete vingança.
 
Drácula ataca Mina em três ocasiões e a alimenta de seu próprio sangue para controlá-la. Isso amaldiçoa a moça com vampirismo e opera uma transformação gradual nela. Van Helsing tenta ajudá-la colocando-lhe sobre a testa uma hóstia, mas isso deixa uma terrível cicatriz. Sob essa maldição, Mina oscila da consciência a um semitransesemi-transe durante o qual percebe os entornos e ações de Drácula. O grupo obtém esse conhecimento através das habilidades de Van Helsing em hipnotizar Mina.
 
Após os protagonistas descobrirem e esterilizarem as 49 caixas espalhadas por Londres, intuem que Drácula fugiu com a caixa 50º de volta para seu castelo na Transilvânia. Mina, com medo da ligação com o vampiro, insta a equipe a não contar diante dela os planos de perseguição ao Conde, por medo de que ele os ouça; mas essa ponderação dura pouco, porque a própria Mina chega à conclusão de que, sob hipnose, pode ser usada, ao contrário, para coletar informações preciosas sobre o paradeiro do monstro. O Conde embarca num navio em direção ao continente e, já na Transilvânia, sobe, também de barco, um rio.
 
Os amigos se separaram em equipes quando chegam à [[Europa continental]]. Van Helsing e Mina localizam o [[Castelo de Bran|castelo de Drácula]] enquanto os outros tentam emboscar seu barco. Van Helsing invade o castelo e destrói as irmãs vampiras, perfurando-lhes o coração, cortando-lhes a cabeça e enchendo-lhes a boca com alho. Ao descobrir que Drácula está sendo transportado já em terra firme por [[ciganos]], Harker, Quincey, Dr. Seward e Lord Godalming os seguem e os obrigam a parar a carruagem que levava o Conde. Harker consegue furar o bloqueio, abre a arca onde ele está e corta-lhe a garganta enquanto Quincey, mortalmente ferido pelos ciganos, apunhala-o no coração. Drácula se desintegra ao pó, e Mina é libertadolibertada do vampirismo.
 
O livro termina com uma nota deixada por Jonathan Harker, sete anos após os acontecimentos do romance, detalhando a vida de casado com Mina e o nascimento do filho, a quem eles nomearam como "Quincey". Quincey é retratado sentado no joelho de Van Helsing enquanto ele conta suas aventuras.
Uma longa lista de filmes coloca Drácula como um dos personagens mais representados na história do cinema.<ref>[http://www.mydracula.com/dracula_movies.html My Dracula: Dracula Movies (site especializado)]</ref>
 
Muitos destes filmes são comédias que usam personagens do livro, sobretudo o personagem-título; outros são filmes do tipo "super-herói" (exemplos: ''Van Helsing'' e ''Blade: Trinity'', ambos de 2004). Outros filmes criaram personagens não-existentes no livro, como filho, filha, esposa, discípulos de Drácula, etc. Outros confrontam o personagem Conde Drácula contra outros personagens, reais ou fictícios, tais como [[Batman]], [[Frankenstein]], [[Lobisomem]] ou [[Billy The Kid]]. Outros filmes se passam não contemporaneamente à história de Stoker (1897), mas sim no século XX ou XXI, por exemplo os 3três filmes de Drácula produzidos por [[Wes Craven]].<ref name="Site My Dacula">[http://www.mydracula.com/dracula_movies.html Site My Dacula.]</ref> O filme ''Dracula Untold'' (2014) (no Brasil, chamado de ''Drácula- A História Nunca Contada'') elabora uma história sobre Drácula antes dele tornar-se vampiro, e que não consta na história original do livro de Stoker. Todos estes filmes têm muito pouco, ou nada, a ver com a história original do livro de Bram Stoker.
 
Assim, entre os diversos filmes de Drácula já feitos, apenas uma pequena minoria de fato se propôs a representar, com alguma fidelidade, o livro original de Bram Stoker.
1 046

edições