Diferenças entre edições de "Arquitetura de São Carlos (São Paulo)"

m
* Predomínio do Ecletismo europeu, em especial o francês.<ref name=borto_92_93>BORTOLUCCI, 1991, p. 92-93.</ref>
* Resquícios da arquitetura tradicional: edifícios erguidos no alinhamento da rua.<ref name=borto_92_93/>
* Dois tipos de programas de moradia. Primeiro, o francasfrancês, que proporcionava independência na circulação entre as três zonas da residência (estar, repouso e serviço), por meio de um novo cômodo, o vestíbulo. Foi comum nas residências de classes ricas ou em ascensão. Segundo, o tradicional, no qual, para se atingir as áreas de estar ou repouso, era preciso atravessar a de serviço. Foi comum entre as classes média e proletária.<ref name=borto_92_93/>
* Novas exigências visando a higiene introduziram ambientes insolados e ventilados, por meio de recuos laterais e frontais.<ref name=borto_92_93/>
* A entrada passou a ser feita por um corredor lateral, solução comum nas "casas de italianos".<ref name=italia/>
4 542

edições