Diferenças entre edições de "Antônio Ezequiel Feliciano da Silva"

m
corrs., replaced: Assembléia Nacional Constituinte → Assembleia Nacional Constituinte
m (Atualizei o texto sobre o deputado Antônio Ezequiel Feliciano da Silva)
m (corrs., replaced: Assembléia Nacional Constituinte → Assembleia Nacional Constituinte)
 
{{Info/Biografia/Wikidata}}
'''Antônio Ezequiel Feliciano da Silva''' ([[Paraibuna]], [[22 de abril]] de [[1899]] — [[Santos (São Paulo)]], [[22 de julho]] de [[1986]]) foi um [[político]] [[brasil]]eiro. Exerceu o mandato de [[deputado federal]] [[constituinte]] por [[São Paulo (estado)|São Paulo]] em [[1946]].<ref name=":0">{{citar web|url=http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/dicionarios/verbete-biografico/antonio-ezequiel-feliciano-da-silva|título=Antônio Ezequiel Feliciano da Silva - CPDOC|publicado=CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil|acessodata=31 de outubro de 2017}}</ref> Formou-se em direito na Faculdade de Direito de São Paulo e especializou-se na área penal. <ref name=":0" />
 
== Trajetória política ==
Foi vereador da cidade de [[Santos]], no litoral de [[São Paulo]], em [[1926]], encerrando seu mandato dois anos depois, em 1928. Elegeu-se então deputado estadual na cidade de São Paulo. <ref name=":0" />
 
A Revolução de [[1930]] resultou na deposição do presidente [[Washington Luís]] em 24 de outubro e na entrega do poder a [[Getúlio Vargas]] em 3 de novembro e, por conta disso, Feliciano da Silva foi nomeado para integrar a junta governativa provisória de Santos.<ref name=":0" />
 
Ele era membro do Partido Democrático (PD) e durante o seu sétimo congresso de agremiação, foi eleito para integrar o diretório do partido, em fevereiro de 1931. <ref name=":0" />
 
Em outubro de 1934, durante a reestruturação do Brasil, Antônio Ezequiel foi eleito novamente vereador de Santos, assumindo a cadeira oito meses depois, em 1935. Ele exerceu sua legislatura até novembro de 1937 pois, quando foi instaurado o [[Estado Novo]] de Getúlio Vargas, órgãos legislativos foram descontinuados no Brasil. <ref name=":0" />
 
Durante 1941 e 1945 foi membro do Conselho Administrativo de estado de São Paulo. No último ano de trabalho no Conselho, Getúlio Vargas foi deposto por um golpe de Estado liderado pelos generais Pedro Aurélio de Góis Monteiro e [[Eurico Gaspar Dutra]]. No mesmo ano, no pleito, Feliciano foi eleito deputado de São Paulo na [[AssembléiaAssembleia Nacional Constituinte]] pelo Partido Social Democrático (PSD). Começou os trabalhos na câmara em 1946 e após a outorga da nova constituição, passou a exercer mandato ordinário. <ref name=":0" />
 
Na Câmara Federal votou contra a cassação dos mandatos dos parlamentares comunistas em 1948, além de ter sido eleito em maio membro da Comissão Permanente de Constituição e Justiça da Câmara e da comissão especial de resgate da São Paulo Railway.<ref name=":0" />
217 405

edições