Diferenças entre edições de "Guiné Equatorial"

sem resumo de edição
|localização = Location Equatorial Guinea AU Africa.svg
|mapa =Mapa_da_Guiné_Equatorial_(OCHA).svg
|gentílico = [[guineense]], [[guinéu-equatoriano(a)]],<ref>[http://www.portaldalinguaportuguesa.org/index.php?action=gentilicos&id=540 Portal da Língua Portuguesa, Dicionário de Gentílicos e Topónimos da Guiné Equatorial]</ref> equato-guineense<ref>{{citar web |url=http://publications.europa.eu/code/pt/pt-5000500.htm |título=Anexo A5: Lista dos Estados, territórios e moedas |acessodata=26 de junho de 2014 | autor=Serviço das Publicações da União Europeia |obra=Código de Redação Interinstitucional}}</ref>
|fronteira = [[Camarões]] (N), [[Gabão]] (E, S)
|capital = [[Malabo]]<br /><small>{{coor dm|3|21|N|8|40|E|}}</small>
O presidente da Guiné Equatorial, [[Teodoro Obiang Nguema Mbasogo]], decretou que o [[Língua portuguesa|português]] seria uma das línguas oficiais,<ref>[http://www.infoescola.com/geografia/comunidade-dos-paises-de-lingua-portuguesa-cplp/ Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)]</ref><ref>{{Citar web |url=http://observatorio-lp.sapo.pt/pt/noticias/guine-equatorial-da-mais-um-passo-para-se-tornar-membro-de-pleno-de-direito-da-cplp |titulo=Guiné Equatorial dá mais um passo para se tornar membro de pleno de direito da CPLP |acessodata=22 de Novembro de 2011 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20130429064239/http://observatorio-lp.sapo.pt/pt/noticias/guine-equatorial-da-mais-um-passo-para-se-tornar-membro-de-pleno-de-direito-da-cplp |arquivodata=29 de Abril de 2013 |urlmorta=yes }}</ref><ref>{{Citar web |url=http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1622890 |titulo=Guiné Equatorial oficializa português |acessodata=22 de Novembro de 2011 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20110819184519/http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1622890 |arquivodata=19 de Agosto de 2011 |urlmorta=yes }}</ref> ao lado do [[Língua espanhola|espanhol]] e do [[Língua francesa|francês]]. O país deseja ainda o apoio dos oito países membros da [[Comunidade dos Países de Língua Portuguesa]] (CPLP) ([[Angola]], [[Brasil]], [[Cabo Verde]], [[Guiné-Bissau]], [[Moçambique]], [[Portugal]], [[São Tomé e Príncipe]] e [[Timor-Leste]]) para difundir o ensino da língua portuguesa no país, para [[formação profissional]] e acolhimento dos seus estudantes pelos países da comunidade lusófona.<ref>{{Citar web |url=http://www.africa21digital.com/noticia.kmf?cod=10390803&canal=401 |titulo=Guiné-Equatorial anuncia o português como língua oficial do país |acessodata=22 de Novembro de 2011 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20120112091918/http://www.africa21digital.com/noticia.kmf?cod=10390803&canal=401 |arquivodata=12 de Janeiro de 2012 |urlmorta=yes }}</ref><ref>[http://www.tvi24.iol.pt/portal-iol/guine-equatorial-guine-equatorial-portugues-cplp-africa-tvi24/1179059-5281.html Guiné Equatorial decreta português como terceira língua oficial]</ref> Essa proposta ainda não foi, no entanto, validada pelo parlamento, como se pode ver no sítio oficial do governo.<ref>{{citar web|url=http://www.guineaecuatorialpress.com/noticia.php?id=703&lang=es|título=El portugués será el tercer idioma oficial de la República de Guinea Ecuatorial|língua=espanhol| publicado =Página Oficial del Gobierno de la República de Guinea Ecuatorial| acessodata=6 de julho de 2011}}</ref>
 
Em Julho de 2012, a CPLP recusou o pedido da Guiné Equatorial de ser aceitaaceite como membro de pleno direito desta comunidade; a razão foram menos os progressos insuficientes na introdução do português, e mais as constantes violações dos [[direitos humanos]] no país.<ref>''Público'' (Lisboa), 20-07-2012</ref> No entanto, em 2014, na X Cimeira da CPLP em [[Díli]], em Timor-Leste, através de um [[consenso]], Guiné Equatorial foi aceitaaceite como um membro de pleno direito: no entanto, terá de abolir a [[pena de morte]].
 
=== Cidades mais populosas ===