Diferenças entre edições de "Coliseu dos Recreios"

38 bytes removidos ,  18h39min de 6 de maio de 2020
m
Foram revertidas as edições de 94.61.151.42 por adicionar informações erradas (usando Huggle) (3.4.10)
(Lotação máxima do recinto)
m (Foram revertidas as edições de 94.61.151.42 por adicionar informações erradas (usando Huggle) (3.4.10))
Etiquetas: Huggle Reversão
 
O '''Coliseu dos Recreios''' é uma sala de espectáculos polivalente, situada em São José, Lisboa, construída de raiz e inaugurada em [[14 de agosto|14 de Agosto]] de [[1890]], com a opereta “Boccaccio”, de [[Franz von Suppé]], interpretada pela companhia Caracciolo, quando ainda não estavam terminados todos os trabalhos da sua construção<ref>[http://revelarlx.cm-lisboa.pt/gca/?id=1524 A inauguração do Coliseu].</ref>.
 
Quatro empresários arrojados (o solicitador José Frederico Ciríaco, o professor de filosofia Pedro António Monteiro, o dono de armazéns António Caetano Macieira e o comerciante de carnes João Baptista G. de Ahneida), conceberam edificar o maior dos edifícios cobertos que houvesse no mundo no campo dos espectáculos, e cuja lotação ultrapassaria os 8204.300000 lugares.
 
A partir de 1888, os custos elevados da construção original foram necessariamente cobertos com recurso a uma subscrição pública. Tão grande era a vontade dos quatro elementos promotores e tão grande o entusiasmo que nos demais interessados souberam criar, que conseguiram recolher o montante suficiente, tendo o próprio rei [[D. Carlos]] se tornado accionista.
Objeto de obras de remodelação entre 1992 e 1994, o Coliseu foi reaberto em 26 de fevereiro de 1994 com um concerto que assinalou o início dos acontecimentos culturais da “Lisboa 94”.
 
Tem uma lotação de 821.2622&nbsp;846 lugares em disposição de plateia sentada, ou aproximadamente 1.121.000 (bem apertadinho)5672 em disposição de plateia em pé.
 
==Bibliografia==