Fraternidade: diferenças entre revisões

3 bytes adicionados ,  11 de maio de 2020
sem resumo de edição
A '''fraternidade''' é um conceito [[filosofia|filosófico]] profundamente ligado às ideias de [[Liberdade]] e [[Igualdade]] e com as quais forma o tripé que caracterizou grande parte do pensamento revolucionário francês : "Liberdade, Igualdade e fraternidade". Este conceito é inseparável também do princípio de [[Solidariedade]] em geral, da [[Solidariedade social]] em particular e ainda da [[Felicidade]].
 
A ideia de fraternidade estabelece que o [[Homem]], como animal [[Política|político]] (definição com origem no pensamento de [[Aristóteles]]), fez uma escolha consciente pela vida em sociedade e para tal estabelece com os seus semelhantes uma relação de igualdade, visto que no essencial nada há que hierarquicamente os diferencie : são [[amizade|amigos]], são como irmãos, são ''fraternos''. Este conceito é a peça-chave para a plena configuração da [[cidadania]] entre os homens, pois, por princípio, todos os homens são iguais. De certa forma, a fraternidade não é independente da liberdade e da igualdade, dado que para que todas se manifestem terão de ser válidas sempre que se manifestem .
 
A fraternidade tem registo no primeiro artigo da [[Declaração universal dos direitos do homem]] quando esta postula que "...''Todos os homens nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e de consciência e devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade.''"