Diferenças entre edições de "Lúcifer"

sem resumo de edição
Etiquetas: Editor Visual Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
A religião [[Judaísmo|judaica]] não possui um ser todo malévolo, que combata contra o criador. Por outro lado, o nome ''hilel ben shachar'' ({{lang|he|הילל בן שחר}}, filho d'alva), achado nos livros dos profetas [[Isaías|Isaías e Ezequiel]] a quem muitos ligam o Diabo, não tem importância no contexto judaico pois trata-se de uma referência ao [[Império Neobabilônico|rei da Babilônia]], [[Nabucodonosor II]], que assim era chamado. Atribui-se ao erro de interpretação, segundo a visão hebraica, a leitura da frase fora do contexto geral, pelo qual o profeta fazia uma exortação direta ao monarca.<ref>{{Citar livro|título=Enciclopédia da Bíblia|primeiro=John|último=Drane|local=São Paulo|editora=Loyola|ano=2009|página=285}}</ref><ref>{{Citar web|url=http://www.verdadesbiblicas.com.br/estudos/134-nabucodonosor-118|título=Nabucodonosor|acessodata=27.jun.2012|arquivourl=https://web.archive.org/web/20111231184618/http://www.verdadesbiblicas.com.br/estudos/134-nabucodonosor-118|arquivodata=2011-12-31|urlmorta=yes}}</ref><ref>{{Citar livro|título=Lucifer|subtítulo=the devil in the middle ages|primeiro=Jeffrey Burton|último=Russel|local=Nova Iorque|editora=CUP|ano=1984|página=192-193}}</ref>
 
=== CatolicismoCatolicism ===
De acordo com [[Jerônimo de Estridão|São Jerônimo]], Lúcifer era o nome do principal anjo caído, e seu nome em hebraico, ''helel'', é derivado do verbo ''lamentar'', pois ele lamenta a sua queda e a perda do seu brilho. Esta visão prevaleceu entre os [[Padres da Igreja]], de forma que Lúcifer não fosse o nome próprio do Diabo, mas apenas o seu estado anterior à queda.{{carece de fontes}}
 
Utilizador anónimo