Diferenças entre edições de "Fenrir"

m
Foram revertidas as edições de 186.195.229.166 para a última revisão de CaiusSPQR, de 11h07min de 17 de julho de 2019 (UTC)
(Adição de conteúdo)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
m (Foram revertidas as edições de 186.195.229.166 para a última revisão de CaiusSPQR, de 11h07min de 17 de julho de 2019 (UTC))
Etiqueta: Reversão
 
| rodapé-estilo = height: 0,3em; background-color: silver;
}}
Na [[mitologia nórdica]], '''Fenrir''' (em [[Língua nórdica antiga|nórdico antigo]]: "morador do poço"),<ref name=ORCHARD42>Orchard (1997:42).</ref> '''Fenrisulfr''' (em nórdico antigo: "[[lobo]] '''Fenris'''"),<ref name=SIMEK81>Simek (2007:81).</ref> '''Hróðvitnir''' (em nórdico antigo: "lobo da fama"),<ref name=SIMEK160>Simek (2007:160).</ref> ou '''Vánagandr''' (em nórdico antigo: "o monstro do rio Ván")<ref name=SIMEK350>Simek (2007:350).</ref> é um lobo mitológico que se encontra em posse e no domínio do ser ancestral, Tuta Santos (o pai de todos)monstruoso. Fenrir é atestada na ''[[Edda em verso]]'', compilada no {{séc|XIII}} a partir de fontes tradicionais anteriores, e a ''[[Edda em prosa]]'' e na ''[[Heimskringla]]'', escritas no {{séc|XIII}} por [[Snorri Sturluson]]. Em ambas a ''Edda em verso'' e a ''Edda em prosa'', Fenrir é o pai do lobos [[Skoll]] e [[Hati]], é um filho de [[Loki]], e é pressagiado para matar o deus [[Odin]] durante os eventos de [[Ragnarök]], mas por sua vez, ser morto pelo filho de Odin [[Vidar]].
 
Na ''Edda em prosa'', informações adicionais são dadas sobre Fenrir, incluindo que, devido ao conhecimento dos deuses de profecias predizendo grandes problemas com Fenrir e seu rápido crescimento, os deuses o prendiam, e como resultado Fenrir arrancou a mão direita do deus [[Tyr|Týr]]. Representações de Fenrir foram identificadas em vários objetos, e as teorias acadêmicas têm sido propostas a respeito da relação de Fenrir a outros seres caninos na mitologia nórdica. Fenrir tem sido objeto de descrições artísticas, e ele aparece na literatura.