Diferenças entre edições de "Sigtuna"

sem resumo de edição
 
|longEW = E
|região = [[Suelândia]]
|província = [[UpplandUplândia]]
|condado = [[Estocolmo (condado)|Estocolmo]]
|comuna = [[Sigtuna (comuna)|Sigtuna]]
|sítio = {{URL|http://www.sigtuna.se/}}
}}
'''Sigtuna''' é uma [[cidade]] da [[Suécia]] situada na [[províncias históricas da Suécia|província]] da [[UpplandUplândia]], no [[condados da Suécia|condado]] de [[Estocolmo (condado)|Estocolmo]], na [[comunas da Suécia|comuna]] de [[Sigtuna (comuna)|Sigtuna]], onde é capital, e está num pequeno [[fiorde]] do [[lago MälarenMalar]]. Foi fundada pelo [[rei da Suécia|rei]] {{lknb|Érico|VI|da Suécia}} {{nwrap|r.|970|995}} em 970 e no {{séc|XI}} era a maior cidade do país. Ela está a 48 quilômetros da capital [[Estocolmo]].{{sfn|Hadenius|1996|p=72}}{{sfn|name=ENS|Enciclopédia Nacional Sueca}} É um importante centro de ensino, contando com a [[Universidade popular|escola superior popular]] ({{lang|sv|''Sigtuna Folkhögskola''}}), a escola secundária Escola de Humanidades de Sigtuna ({{lang|sv|''Sigtunaskolan Humanistiska Läroverket''}}) e o [[Museu de Sigtuna]].{{sfn|Ottosson|2008|p=374}}{{sfn|name=Th251|Thaning|1983|p=251}}
 
==História==
 
Ao mesmo tempo que a cidade [[viquingues|viquingue]] de [[BirkaBirca]] entrou em decadência, surgiu Sigtuna, quiçá planeada e fundada em 970 por iniciativa do [[rei da Suécia|rei]] {{lknb|Érico|VI|da Suécia}} {{nwrap|r.|970|995}}. Apesar de BirkaBirca foi a primeira cidade do país, Sigtuna é a cidade sueca mais antiga ainda existente. Com o fim da missão cristã em BirkaBirca, os missionários cristãos estabeleceram uma base em Sigtuna, tendo aí residido um bispo {{nwrap|ca.|1060|1130}}, antes de este mudar para [[Velha UppsalaUpsália]]. Foi aqui que pela primeira vez se cunhou moeda na Suécia, no reinado de [[Olavo da Suécia]] {{nwrap|r.|995|1022}}.<ref name=ENS />{{sfn|Harrison|2016}}
 
Nos dois primeiros séculos de sua existência, prosperou como residência temporária da coroa (''kungsgård'') e grandes senhores aliados e importante centro comercial, portuário e religioso. Foi atacada e pilhada em 1187 por guerreiros talvez procedentes da [[Estónia]], [[Íngria]], e [[Carélia]], sob ordens da [[República de Novogárdia]] (hoje na [[Rússia]]).<ref name=Th251 />{{sfn|Jönsson|2018}}{{sfn|Enciclopédia Norstedts|2008|p=1161}}{{sfn|Harrison|2007}}