Pesadelo: diferenças entre revisões

51 bytes removidos ,  24 de maio de 2020
correção de dados
(correção de dados)
[[File:Capricho 43, El sueño de la razón produce monstruos.jpg|thumb|[[O sono da razão produz monstros]]]]
[[Ficheiro:Johann Heinrich Füssli 053.jpg|thumb|direita|<center>''O Pesadelo''<center> ([[Henry Fuseli]], [[1802]], Frankfurter Goethe-Museum, [[Frankfurt]]).]]
'''Pesadelo''' é um [[sonho]] penoso, ás vezes com sensação de opressão [[Tórax|torácica]] e [[dispneia]], terminando por um despertar sobressaltado ou agitado e com [[ansiedade]].
 
É uma perturbação qualitativa do [[sono]], ou seja, um distúrbio que se passa na nossa cabeça enquanto dormimos (''[[Parassonia|parasónia]]''), na maior parte das vezes de origem psicoafetiva, embora não seja de excluir a sua [[etiologia]] comicial. Acontece quando seu cérebro cria uma situação e faz com que nós achemos uma solução.
 
A [[palavra]] ''nightmare'', que em [[língua inglesa]] significa "pesadelo" dizia respeito, nos anos de 1600, exatamente a um [[Demónio|demônio]] (o ''[[incubus_(demônio)|incubus]] e [[Súcubo|sucubus]] '') que vinha e sufocava as pessoas enquanto dormiam.
 
A fonte dos pesadelos são uma serie de pensamentos negativos que quando armazenados em grande escala tomam conta dos pensamentos enquanto se dorme em forma de imagens e sons criados pelo cérebro.{{carece de fontes|data=junho de 2017}}
Utilizador anónimo