Cosmético: diferenças entre revisões

11 bytes removidos ,  30 de maio de 2020
m
Foram revertidas as edições de 187.36.173.28 para a última revisão de Douglasboavista, de 00h34min de 17 de setembro de 2019 (UTC)
m (Foram revertidas as edições de 187.36.173.28 para a última revisão de Douglasboavista, de 00h34min de 17 de setembro de 2019 (UTC))
Etiqueta: Reversão
No [[século XX]], massificaram-se a produção e o uso de cosméticos, sobretudo graças ao aperfeiçoamento das embalagens e à promoção publicitária desses produtos. Entre as inovações da indústria de cosméticos destacam-se: o tubo descartável, em fins do [[século XIX]], e os produtos químicos para ondulação dos cabelos, os [[xampu]]s sem [[sabão]], os [[laquê]]s em [[aerossol]], as tinturas de cabelo menos tóxicas, e a pasta de dentes com [[flúor]], no [[século XX]].
 
A fabricação de cosméticos e produtos de [[toalete]] não exige em geral vultoso investimento de capital, sendo alto o valor da mercadoria em relação ao custo de produção. Dentre os maiores produtores mundiais de cosméticos encontram-se os [[Estados Unidos]] e a [[França]]; esta se destaca sobretudo na produção de perfumes. Mary Key.
 
 
A legislação varia de país para país, mas como norma procura atender à segurança dos usuários. Os principais testes empregados são referentes à irritação de [[tecido]]s, danos à [[visão]], [[toxicidade]] aguda e crônica, sendo esta última mais difícil de avaliar.
33 026

edições